Crise não é Game Over

E-sports: uma tendência de crescimento e resiliência


Compartilhar:


A crise global causada pelo COVID-19 passará. Mas assim como nas bolsas de valores e como em um jogo de video-game, teremos vencedores e perdedores.

As mudanças estruturais em curso, que vinham convertendo cada vez mais jogadores e telespectadores de esportes presenciais, cinema, música e outros hobbies, para o mundo dos video-games, foram exponencializadas pelo isolamento forçado. A utilização e base de usuários de jogos eletrônicos passou a crescer em um ritmo ainda mais acelerado, e acreditamos que essa tendência veio para ficar.

Millennials se voltam para os games:

A chinesa Tencent, proprietária do League of Legends e Pokémon GO, anunciou taxa de downloads 30% superior mês contra mês, enquanto a Steam, distribuidora do Counter-Strike e DotA2, bateu seu recorde de acessos, alcançando 19,7 milhões de jogadores simultâneos.

Twitch, empresa de transmissão ao vivode jogos eletrônicos, comprada pela Amazon em 2014, por US$ 1bi, anunciou recorde de 1,1bi de horas assistidas nos últimos 30 dias. Verizon reportou que o fluxo de dados para jogos eletrônicos aumentou 75%, enquanto a T-Mobile viu fluxo 45% maior em 2 semanas.

Por falar em Amazon, a gigante americana também entrará mais forte na indústria de games com lançamento previsto para o terceiro trimestre deste ano de um título próprio de MMORPG chamado New World.

Activision Blizzard demonstra forte crescimento do recém-lançado Call of Duty Warzone, que passou de 6 milhões de jogadores no lançamento (10/03) para 25 milhões em 10 dias. O jogo é grátis e marca uma mudança de estratégia da empresa, após o relativo fracasso de Blackout (vendido por US$ 30) em 2008. O jogo poderá adicionar 4% de aumento de lucro por ação este ano.

Isolamento social e a migração dos esportes para os e-sports:

A arrecadação de US$ 1,6bi em anúncios de TV pode ser perdida com a suspensão da National Basketball Association, da National Hockey League, da Major League Baseball e da NCAA (liga juvenil).

Redes de TV, como ESPN (Disney) e Turner (AT&T), podem acelerar a queda do número de assinantes que já vem sofrendo com a competição da Netflix e Amazon Prime.

Já os e-sports, não necessitam de contato e podem preencher um vácuo criado na programação destes canais, beneficiando-se do isolamento social.

Alguns números da indústria:

Estimativas da Newzoo apontam para um crescimento anualizado de 9% a.a. da indústria de games, alcançando receita líquida de US$ 196bi até o final de 2022.

Fonte: Newzoo, XP Investimentos

O crescimento deve continuar: o tráfego global na internet hoje é mais de 20 vezes maior do que há 10 anos atrás e última década trouxe grande popularização dos eSports. São quase 4 mil campeonatos por ano, US$ 655 milhões em receitas, e mais de 150 milhões de telespectadores – público maior que de baseball e hockey no gelo.

Principais fontes de crescimento:

Consoles: jogos no formato tradicional, como Nintendo Switch, ainda representam quase metade do total do mercado, e serão beneficiados pelo fenômeno dos e-sports.

Plataformas: plataformas online como as de PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch não permitem partidas multiplayer entre elas. No futuro, espera-se maior compatibilidade.

Smartphones: a disseminação desses aparelhos na última década colocou vídeo games novamente em destaque, permitindo que se jogue em qualquer lugar, além de poder acompanhar mais de perto os campeonatos de e-sports. Um dos grandes motores de crescimento têm sido jogos para celular, que já detem 34% de fatia do mercado.

Posicionamento estratégico: A indústria de jogos está bem protegida contra impactos na cadeia global de suprimentos, dado que o faturamento das empresas hoje em dia é, em grande parte, proveniente de compras digitais:

Continue: 9…

Saiba como ter exposição a empresas de E-Sports.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Por conta da atividade de distribuição de COEs, a XP Investimentos recebe dos bancos emissores uma remuneração de no máximo 1,7% ao ano. Esta remuneração é recebida no momento da emissão do COE, independente do cliente manter o investimento até o vencimento.

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É DESTINADO A CLIENTES COM PERFIL DE INVESTIMENTO MODERADO (VALOR NOMINAL PROTEGIDO) E AGRESSIVO (VALOR NOMINAL EM RISCO), SENDO ESTE O PÚBLICO A QUE SE DESTINA O PRESENTE MATERIAL. O EMISSOR DO COE SE RESERVA AO DIREITO DE CANCELAR A EMISSÃO OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO, CASO O VALOR MÍNIMO NÃO SEJA ATINGIDO OU HAJA ALTERAÇÃO NAS CONDIÇÕES DE MERCADO. ESTE DOCUMENTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS MELHORES PRÁTICAS DE MERCADO PELO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DESTE CERTIFICADO ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR O COE É UM PRODUTO FINANCEIRO QUE NÃO CONTA COM GARANTIA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. A PRESENTE OFERTA FOI DISPENSADA DE REGISTRO PELA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS – CVM. A DISTRIBUIÇÃO DE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE NÃO IMPLICA, POR PARTE DOS ÓRGÃOS REGULADORES, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU DE ADEQUAÇÃO DO CERTIFICADO À LEGISLAÇÃO VIGENTE OU JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DO COE, DO SEU EMISSOR OU DA INSTITUIÇÃO INTERMEDIÁRIA. LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS ESTE CERTIFICADO. NÃO SE TRATA DE INVESTIMENTO DIRETO NO ATIVO SUBJACENTE. O CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE é um produto complexo. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. É obrigatória a leitura do Documento de Informações Essenciais – DIE previamente à aquisição do COE, com especial atenção aos fatores de risco. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM