XP Expert

Educação financeira: descubra como alcançar sua autonomia

A educação financeira é a base para um bom planejamento e resultados a longo prazo. Confira essas dicas e aplique-as no dia a dia.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Educação financeira: descubra como alcançar sua autonomia

Educação financeira são ações, metodologias e conceitos que ensinam como ter uma relação saudável com o dinheiro. É uma disciplina fundamental para garantir qualidade de vida e a independência financeira de qualquer pessoa. 

Muitos defendem a implantação da educação financeira nas escolas. Por isso, em 2020, o MEC modificou a BNCC – Base Nacional Comum Curricular que, entre outras mudanças, torna a Educação Financeira habilidade obrigatória no currículo educacional de ensino no Brasil. 

Porém, nunca é tarde para aprender, se você quer alcançar sua independência financeira e fugir do aperto das dívidas.  

A seguir, traremos algumas dicas fundamentais sobre educação financeira para você prosperar. Aproveite e compartilhe esse artigo com sua família e amigos! 

Nesse artigo, você vai entender: 

  • O que é educação financeira? 
  • O que é preciso para ter sucesso financeiro? 
  • 7 livros essenciais sobre educação financeira 
  • 15 dicas práticas de educação financeira 
  • Dúvidas frequentes sobre o assunto 

Boa leitura! 

Comece a planejar já sua aposentadoria. Conheça o Tesouro RendA+ aqui!

O que é educação financeira? 

A educação financeira é a gestão do seu dinheiro de forma inteligente e consciente, não sendo apenas uma questão de aprender a gastar menos do que se ganha, mas também a gerenciar seus investimentos. 

Apesar dessa ideia inicialmente envolver o consumo consciente do seu dinheiro, a educação financeira é um conceito muito mais amplo.  

Educar-se financeiramente significa aprender a fazer escolhas inteligentes na busca de um futuro próspero e seguro, o que envolve, também, a busca de maneiras de aumentar suas fontes de renda, com controle dos seus gastos. 

Da mesma forma, é papel da educação financeira: 

  • Incentivar o consumo consciente, controlando o desperdício e as compulsões; 
  • Promover uma relação saudável e transparente com o dinheiro, evitando autossabotagem; 
  • Conseguir interpretar o cenário financeiro e econômico
  • Prevenir fraudes ou golpes; 

Qual é o objetivo da educação financeira?  

O objetivo da educação financeira é preparar o indivíduo para vida, construindo uma sociedade mais desenvolvida financeiramente,  e, consequentemente, uma qualidade de vida melhor a todos. 

A educação financeira no Brasil  

A educação financeira no Brasil ainda é precária. Para entendermos os motivos da situação do nosso país é necessário avaliar diversas questões estruturais. Entre elas, citamos: 

  • Contexto histórico; 
  • Instabilidade monetária (constante troca de moedas); 
  • Aspectos da conjuntura econômica do país (ex. períodos de inflação elevada). 

Devido à inflação e à instabilidade econômica, alcançar uma boa educação financeira no Brasil acaba sendo um desafio. 

É preciso estar em dia com as notícias, entendendo quais são as discussões relevantes e sempre procurando entender quais os impactos das notícias no seu dia a dia e na sua carteira de investimentos

 Você já conversou com seus filhos sobre dinheiro? Descubra tudo sobre educação financeira infantil. 

Importância da educação financeira  

Basicamente, a educação financeira permite que as pessoas melhorem sua qualidade de vida

Já imaginou enfrentar um imprevisto (um acidente ou uma demissão, por exemplo) e não poder contar com nenhuma reserva de emergência

Infelizmente, essas situações são comuns e podem provocar estresse e ansiedade, prejudicando a saúde física e emocional das pessoas que as enfrentam. 

Entre outros exemplos poderíamos listar:  

1. obtenção de conforto na sua aposentadoria;  

2. capacidade financeira frente a um infortúnio familiar;  

3. capacidade de pagar a faculdade dos seus filhos entre muitos outros exemplos que podem comprometer a qualidade de vida do indivíduo e de seus familiares. 

 A educação financeira ajuda você a se preparar para situações adversas com mais calma e conforto. 

Esperamos que, a partir desse artigo, você reveja seus conceitos sobre sua vida financeira e seu comportamento de consumo. Não espere ter um “salário ideal” para começar a gerenciá-lo adequadamente. Esse salário não existe. 

O que existe é o controle ideal. E você aprende esse controle por meio da educação financeira. 

O que é preciso para ter sucesso financeiro? 

Muitas pessoas acreditam que a prosperidade é um direito unicamente de pessoas ricas. 

Pensam também que quem ganha um salário menor nunca conseguirá investir e aumentar sua renda. Esse é um pensamento envolto em inúmeros preconceitos e está longe de ser verdade. 

Qualquer pessoa tem condições de conquistar o seu próprio sucesso financeiro. 

Mas isso depende de dois fatores fundamentais: 

  1. Entender o que é sucesso financeiro: quando falamos que é possível conquistar o sucesso financeiro, estamos falando de independência. A independência financeira é a obtenção de renda passiva que seja suficiente para cobrir suas despesas pessoais, desfrutando de tranquilidade para viver da melhor forma possível. 
  1. Desenvolver sua educação financeira: para sair da bola de neve das contas e do consumo exagerado, primeiramente a pessoa precisa estar disposta a tomar decisões necessárias para mudar seu perfil financeiro. Isso envolve estar aberto a certas renúncias. 

Levando em consideração esses dois fatores, vamos entender por onde começar. 

XPInc CTA

Comece a investir em Crédito Privado! Conheça 5 opções para começar a investir na XP.

Faça sua renda crescer 

Se não é possível reduzir despesas, é necessário aumentar a renda e há diferentes formas para fazer isso. Não se esqueça que educação financeira é, ao mesmo tempo, manter e aumentar o que você já possui.  

Algumas dicas para isso, são: 

Peça um aumento

Parece óbvio, mas são poucas as pessoas que, realmente, pedem um aumento. 

Você não deve ter medo de pedir mais reconhecimento pelo seu trabalho se você acredita que merece. 

Pediu e não ganhou? Então, descubra por que é vá em busca do que falta para crescer profissionalmente no seu trabalho atual. 

Ou talvez seja um sinal que você deve procurar esse crescimento em outro local, mas analise se esse é o momento ideal para essa decisão. 

Fique de olho no mercado 

Se manter atualizado e ter uma boa rede de contatos, mesmo se você já estiver empregado, é muito importante. 

Sites como o LinkedIn, por exemplo, facilitam muito o networking constante, abrindo inúmeras portas ou te ajudando a evoluir como profissional. 

Busque uma renda extra 

Você pode utilizar seu tempo livre para buscar meios de conquistar uma renda extra

Existem diversas possibilidades, oferecidas por novos modelos de negócio. Hoje, você pode: 

  • Hospedar cachorros ou gatos em sua casa; 
  • Ser motorista de carro particular  ou de aplicativo; 
  • Comprar roupas baratas e revender em sua cidade; 
  • Dar aulas particulares; 
  • Fazer artesanato ou outros trabalhos manuais, para vender; 
  • Fazer pequenos reparos, como um “marido de aluguel”; 
  • Trabalhar com marketing digital, como afiliado; 
  • Revender produtos de beleza e maquiagem; 
  • Fazer alimentos em casa e vender; 
  • Trabalhar com entregas; 

Organize brechós 

De tempos em tempos, faça uma faxina nos seus armários e separe roupas, calçados e outros pertences em três grupos: guardar, doar e vender. 

Escolha os itens menos usados ou de maior valor e venda para brechós (físicos ou online). Ganhe um dinheiro extra com um produto que você não utiliza mais. 

Mas também não esqueça de separar roupas e calçados em boas condições para doar à sua comunidade. 

Lembre-se: analise sua realidade, sua casa, sua cidade, em busca de outras oportunidades, tanto para aumentar sua renda, quanto para diminuir suas despesas. 

Economize dinheiro  

Te mostramos alguns exemplos simples para fazer sua renda crescer. Porém, isso foi só o começo. Precisamos te ensinar a lição número dois, que vai te trazer um retorno financeiro ainda mais rápido: reduza seus gastos. 

Mas, o que exatamente significa reduzir gastos

Quando alguém começa a ganhar mais, muitas vezes também passa a gastar mais. E pior, por muitas vezes os gastos extrapolam os ganhos, gerando um padrão de vida insustentável, independentemente da renda. 

É simples: quanto mais você economiza, melhores serão suas opções de investimento.  

Nessa altura, você vai entrar em um ciclo super positivo para seu bolso, ao fazer seu dinheiro trabalhar para você. 

Reduzir gastos também é educação financeira, por isso: 

Peça descontos  

Muitos vendedores colocam um preço acima do valor esperado justamente esperando pelo “choro” do cliente, então, não tenha vergonha! 

Vai à feira? Negocie. Está comprando uma roupa nova? Peça um desconto no pagamento à vista. Mesmo que R$1 ou R$5 pareçam pouca coisa, imagine esses valores aplicados à todas suas compras do ano. Talvez você esteja perdendo um 14º salário e nem saiba. 

Comece a planejar já sua aposentadoria. Conheça o Tesouro RendA+ aqui!

Homem sentado em um escritório aprendendo sobre dicas de educação financeira.

Negocie suas contas fixas  

Existem contas que não podem, simplesmente, deixar de existir. Você sabe quais são: 

  • Aluguel; 
  • Condomínio; 
  • Conta do celular; 
  • Energia elétrica; 
  •  Internet – essencial para algumas profissões. 

Mas sabia que você pode negociar os valores dessas contas? 

Veja se realmente usa todos os serviços contratados e tente negociar com as empresas um valor mais em conta.

Limite os gastos supérfluos  

Não é preciso ficar sem vida social ou abdicar de todos seus prazeres para economizar. 

O que você precisa, sim, é renunciar a muitas compras por impulso ou comportamentos compulsivos. 

Você não precisa de um docinho todas as tardes, ou daquela blusinha – igual a tantas outras que você já tem –, só porque estava em promoção. 

A melhor forma de controlar gastos supérfluos é definir um valor mensal para essas atividades. Estipule, por exemplo, algo entre R$100 e R$200 para gastar ao sair com seus amigos. Se você gastar tudo na primeira festa, paciência. 

Você vai precisar se controlar e passar o resto do mês curtindo um filminho em casa… 

Invista com consistência  

O último passo é fazer todo esse esforço começar a render. 

O que isso significa? Tudo que você abriu mão, durante todo o mês, deve permitir que você tenha algum dinheiro sobrando na conta. 

Então, a coisa mais inteligente a fazer é pegar esse dinheiro e investir. Só assim você conseguirá fazer esse dinheiro render de verdade. 

Mantenha a consistência nos investimentos. De todo o dinheiro que você conseguir economizar, estabeleça um mínimo para investimento e faça essas aplicações mensalmente. A longo prazo, esses aportes serão cruciais para te entregar rendimentos cada vez maiores. 

Seu patrimônio pode render mais quando investido nos lugares certos. 

Abra sua conta na XP e comece a construir um futuro financeiro! Sonhe Grande! 

7 livros essenciais sobre educação financeira  

Homem no escritório aprendendo sobre livros de educação financeira.

Ok, agora você já sabe o que é educação financeira, veja alguns livros que podem te motivar e complementar esses conhecimentos! 

Existem livros de qualidade, com linguagens apropriadas para diferentes públicos, de variadas idades. 

Se você gosta de assuntos voltados ao mercado financeiro – e também de cinema, confira esse artigo: Filmes obrigatórios para quem gosta do mercado financeiro

Confira nossa seleção de livros essenciais sobre educação financeira: 

  1. Pai Rico, Pai Pobre (Robert Kiyosaki) 
  1. Me Poupe! 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso (Nathalia Arcuri) 
  1. Casais inteligentes enriquecem juntos (Gustavo Cerbasi) 
  1. Do Mil ao Milhão. Sem Cortar o Cafezinho (Thiago Nigro) 
  1. Os segredos da mente milionária (T. Harv Eker) 
  1. O investidor inteligente (Benjamin Graham) 
  1. Mais Esperto que o Diabo (Napoleon Hill) 

Conclusão  

Você já conseguiu entender que ter uma educação financeira é fundamental para sua qualidade de vida. 

Educação financeira é a disciplina essencial para todas as pessoas e depende de você querer aprender e aplicar seus conceitos.  Como você viu durante todo esse artigo, o esforço vale a pena. O resultado de aprender com a educação financeira é uma vida com mais qualidade, tranquilidade e segurança. 

A educação financeira permite que você faça escolhas mais inteligentes, evite o consumismo  e fuja de qualquer sentimento negativo em relação ao dinheiro. 

O dinheiro deve servir aos seus interesses, e não tirar o seu sono. Então, comece a praticar agora os três passos para o acúmulo de riqueza (sempre é válido repetir): 

  • GANHAR MAIS 
  • GASTAR MENOS 
  • INVESTIR A DIFERENÇA 

Abra sua conta na XP e comece a construir um futuro financeiro! Sonhe Grande! 

Você está na trilha:

Organize sua vida financeira

Total relatórios

Aprenda Investir - Leitura recomendada

19 relatórios

Duração total

Aprenda Investir - Duração total

151 minutos de leitura

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.