Educação financeira infantil: Você já conversou com seus filhos sobre dinheiro?

Um dos maiores desafios para qualquer pai ou mãe é ensinar aos filhos como lidar com dinheiro. Ninguém quer que uma criança cresça e se torne um consumista que se importa mais com as coisas que tem do que com os valores. Por isso, educação financeira infantil é muito importante. Não existe uma hora mais indicada […]


Compartilhar:


Um dos maiores desafios para qualquer pai ou mãe é ensinar aos filhos como lidar com dinheiro. Ninguém quer que uma criança cresça e se torne um consumista que se importa mais com as coisas que tem do que com os valores. Por isso, educação financeira infantil é muito importante.

Não existe uma hora mais indicada para começar a conversar sobre o assunto com os filhos, e as lições devem ser passadas sempre que houver uma oportunidade. Continue a leitura para saber mais:

– Você já conversou sobre investimentos com seus filhos?

– 5 dicas para falar com seu filho sobre dinheiro 

Você já conversou sobre investimentos com seus filhos?

5 dicas para falar com seu filho sobre dinheiro

Confira algumas dicas comuns de especialistas em educação financeira infantil e pedagogia para falar sobre dinheiro com uma criança.

Não faça todas as vontades do seu filho

Se ele quer um presente, não compre logo na primeira vez que ele pedir. Deixe a criança falar diversas vezes que deseja alguma coisa para só então comprá-la. Os filhos não podem ganhar tudo fácil porque começam a achar que têm direito a tudo e não desenvolvem o hábito de correr atrás da realização dos sonhos.

Exercitar a paciência dos pequenos também é importante. Pesquisas já demonstraram que crianças que sabem lidar melhor com os dissabores momentâneos da vida são mais bem-sucedidas quando se tornam adultas. Uma forma de exercitar a paciência é dizer ao filho que ele vai ganhar o presente desejado só no aniversário ou no Natal, por exemplo.

Não remunere o filho por qualquer coisa

Se seu filho arrumar a cama ou lavar a louça como outras pessoas da casa, ele também não merece ganhar dinheiro por isso. Só estimule seu filho a trabalhar em troca de dinheiro no caso de serviços que seriam remunerados se fossem contratados, como lavar o carro ou aparar a grama. Em relação à mesada, ela é uma forma de ensinar os filhos a tomar decisões sozinho.

Procure inicialmente dar pouco dinheiro a cada semana. Crianças mais novas não sabem fazer o dinheiro durar o mês inteiro e gastam tudo logo no começo. Dê orientação para o filho sobre como gastar o dinheiro e vá aumentando os valores e a periodicidade à medida em que ele ficar mais responsável.

Explique para seu filho a importância de gastar bem

Compartilhe com eles os seus próprios sonhos e ambições e mostre que, para atingir aqueles objetivos, será necessário abrir mão de outras coisas. Faça ele mesmo exercitar essa postura.

Antes de ir ao supermercado, diga que ele poderá comprar apenas duas guloseimas. Se ele escolher o que quer antes de chegar na loja, melhor ainda. Quando chegar lá, compre só o que ele escolheu e diga “não” se ele pedir outros itens. Também não entre na besteira de competir com os pais dos amigos dele. Não é porque um colega de escola ganhou um iPhone 8 que seu filho precisa ter um iPhone X.

Os filhos precisam aprender desde cedo que ter é menos importante do que ser. Não deixe ele entrar no jogo do consumismo e se esforce para ensinar valores – e não para comprar tudo o que ele pedir.

Resista às pressões

Crianças têm o hábito de tentar constranger os pais quando são contrariadas. Quem nunca viu uma criança que se jogou no chão e começou a chorar quando ouviu “não”? Evite brigar com seu filho nessas situações. Levante ele do chão, dê um abraço nele e diga que ele não vai ganhar nada se continuar agindo dessa maneira. Amar e educar não é atender todas as vontades.

Dê o exemplo

Não adianta dizer para seu filho que é importante não gastar dinheiro com bobagens e em seguida ir ao shopping e comprar um monte de coisas para você mesmo que raramente serão usadas. Se você quer que seu filho tenha dinheiro quando crescer, pense nos exemplos que está dando para ele. Quando você tentar ensinar a ele algo, sua credibilidade será muito maior.

Conclusão

Na XP, acreditamos que a educação financeira infantil pode transformar a maneira como o brasileiro investe. E por que não começar desde cedo? Podemos notar que algumas atitudes simples, podem ser bastante efetivas para começar a garantir a educação financeira infantil. Você já conversou com seus filhos sobre dinheiro?

Leia também:

Dicas sobre economia doméstica

O que é uma Reserva de Emergência?

O que é um Perfil de Investidor?

A Importância da Assessoria de Investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.