XP Expert

Economia doméstica: 6 dicas para colocar em prática!

A economia doméstica mostra como o consumo sustentável pode impactar diretamente as finanças. Neste artigo, trazemos dicas para te ajudar a transformar pequenas ações rotineiras em maneiras de poupar dinheiro.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Economia doméstica: 6 dicas para colocar em prática!

Um dos primeiros passos para aqueles que estão começando a controlar seus gastos é pensar em pequenas ações que podem alterar o seu orçamento.  

Antes de tudo, é preciso ter um bom planejamento financeiro. Em segundo lugar, é necessário começar a economizar dentro de casa, repensando o consumo no seu próprio lar e gastando de maneira mais organizada e consciente. 

Todo esse processo de readaptação financeira é conhecido como economia doméstica e é sobre isso que vamos falar neste texto.   

Continue a leitura para entender como aplicar a economia doméstica no seu dia a dia de forma simples e rápida!

Comece a planejar já sua aposentadoria. Conheça o Tesouro RendA+ aqui! 

Mas afinal, o que é economia doméstica? 

A economia doméstica é uma área que reúne conceitos de administração, educação, nutrição e serviços sociais baseada no fato de que a maioria dos recursos disponíveis, desde água e comida, não são infinitos.  

Por conta disso, a economia doméstica está bastante associada ao meio ambiente e, principalmente, com o consumo sustentável. Tendo, como objetivo principal, colocar o ato de poupar como um hábito que ajude a evitar desperdícios. 

Qual a importância da economia doméstica? 

Além de ser importante no contexto sustentável, pensando em consumo consciente, a economia doméstica também é uma estratégia importante por outros dois motivos: evitar inadimplência e atingir objetivos. Os dois estão explicados a seguir: 

  • Evitar inadimplência: 

Não é de hoje que manter um bom controle financeiro é um fator fundamental para evitar dívidas e fugir de dor de cabeça. Por isso, todas as alternativas que possam evitar os gastos e garantir um dinheirinho a mais no fim do mês são bem-vindas.  

A economia da casa é importante nesse sentido, pois se torna uma aliada na tarefa de poupar, através de pequenas atitudes cotidianas, para eventuais emergências como desemprego, problemas de saúde ou gastos inesperados. 

Casal utilizando uma calculadora e um computador para acompanhar os ganhos da economia doméstica.

 

  • Atingir objetivos: 

Outro motivo importante é atingir objetivos. Se o seu sonho é fazer aquela viagem para o exterior ou comprar a casa própria, ou qualquer outro, a economia doméstica pode te ajudar.  

O dinheiro poupado a cada mês pode ser determinante para encurtar a distância entre sua família e suas metas.  

Quer saber mais sobre planejamento e organização financeira? Acesse nosso conteúdo sobre o tema e fique por dentro! 

6 dicas de economia doméstica para colocar em prática! 

Agora que você já sabe o que é economia doméstica e sua importância, deve estar se perguntando por onde começar, certo? Não se preocupe, separamos 6 dicas práticas para começar a colocar a economia doméstica em prática dentro da sua casa.  

Confira! 

Imagem com uma lista de 6 itens sobre como aplicar a economia doméstica na rotina

1) Desligue seus aparelhos 

Você já parou para pensar em quanto gastamos de energia apenas usando eletrodomésticos e eletrônicos? Se não, essa é a oportunidade para refletir sobre o assunto e deixar seus aparelhos descansarem.  

Reduzir o consumo de energia elétrica na sua casa não é difícil e, para isso, listamos algumas ações que podem ajudar: 

  • Tire da tomada os aparelhos que não estão sendo utilizados no momento, como de som, cafeteiras e micro-ondas; 
  • Coloque timer nos aparelhos com mais uso, como o da TV. Assim, você poderá deixar programado antecipadamente o horário em que os equipamentos ficarão ligados; 
  • Apague as luzes ao sair de ambientes desocupados. Essa sugestão se relaciona bastante com a dica anterior, principalmente se você ainda usa lâmpadas incandescentes.  

Atividades como essas podem ajudar (e muito!) na economia da casa.  

2) Troque suas lâmpadas incandescentes 

Se você ainda utiliza esse tipo de lâmpada, saiba que agora é o momento para trocá-las por um modelo mais econômico, como o LED, por exemplo.  

Apesar de mais caras, as lâmpadas de LED possuem um custo-benefício que, no longo prazo, pode fazer diferença no seu orçamento familiar.  

Filha ajudando pai a lavar a louça que a ensina sobre economia doméstica.

3) Diminua a duração do seu banho 

Banho bom é banho rápido. Além de poupar energia e ajudar o meio ambiente, você também vai ter uma economia importante na sua conta de água.  

Lembre-se de que, na economia doméstica, o controle no seu orçamento é muito importante, mas sempre atrelado à sustentabilidade e ao futuro do planeta. 

4) Repense o uso do ar condicionado e do aquecedor 

Principalmente no verão e no inverno, tendemos a exagerar no uso de certos equipamentos como aquecedores e ares condicionados. Por isso, a dica aqui é utilizar esses aliados de maneira consciente.  

Além disso, é fundamental uma conversa com toda família, em especial com os membros que mais os usam, sobre a importância de economizar energia e de ser eficiente no uso de aparelhos climatizadores. 

5) Fique atento no supermercado 

É possível economizar muito com pequenas ações feitas antes e durante as compras no supermercado.  Algumas delas são: 

  • Faça uma lista de compras após verificar a despensa: compre somente os itens necessários e evite gastar com o que não precisa ser comprado; 
  • Elabore um planejamento semanal de refeições: dessa forma, você saberá exatamente o que cozinhar e, consequentemente, quais ingredientes comprar para evitar desperdício; 
  • Compare os preços dos itens nos supermercados: verifique se há alguma marca com preços melhores nos itens necessários, já que isso pode te ajudar a economizar; 
  • Não faça compras com fome: pode não parecer, mas ir ao supermercado sem comer pode fazer com que você compre mais do que o necessário. Já percebeu como tudo no supermercado fica mais atrativo quando você vai antes de comer? Então, fique atento! 
Família feliz sentada no sofá com a economia doméstica em dia

6) Construa um planejamento financeiro 

Por último, faça sua organização financeira! Essa é a chave para uma boa economia doméstica. Utilize a ferramenta de organização que mais funciona para você, como uma planilha de gastos, e acompanhe mês a mês o quanto você pode economizar com cada uma dessas simples ações. 

Vale lembrar que essa organização deve ser totalmente adaptável para o estilo de vida da sua família e fazer sentido para os seus principais objetivos! 

Viu como é fácil começar a poupar dinheiro com a economia doméstica? Seguindo essas dicas você conseguirá melhorar suas finanças e, além disso, criar hábitos simples e sustentáveis em toda a família.  

Mas se você está com as contas em dia e conseguiu economizar um pouquinho com as nossas dicas, que tal começar a fazer a sua reserva de emergência ou até mesmo começar a investir? 

Na XP você tem diversas alternativas para investir na sua reserva de emergência. Abra sua conta e comece agora mesmo! 

Comece a planejar já sua aposentadoria. Conheça o Tesouro RendA+ aqui!

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

Você está na trilha:

Organize sua vida financeira

Total relatórios

Aprenda Investir - Leitura recomendada

20 relatórios

Duração total

Aprenda Investir - Duração total

176 minutos de leitura

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.