Consórcio formado por Ecorodovias e GLP arremata concessão da BR-153

O contrato prevê a exploração da rodovia por 35 anos, prorrogáveis por mais 5.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

  • O consórcio formado por Ecorodovias e GLP sagrou-se vencedor do leilão de concessão da BR-153, entre Goiás e Tocantins, realizado ontem. A oferta combinou desconto de 16,25% na tarifa de pedágio e pagamento de outorga de R$ 320 milhões, significativamente superior aos R$ 117 milhões oferecidos pela CCR.
    • Além desse pagamento, a nova concessionária deverá fazer um depósito de R$ 960 milhões em uma conta vinculada ao projeto, espécie de colchão de segurança.
  • O consórcio operará a rodovia por 35 anos, com investimentos previstos de R$ 7,8 bilhões, tanto para duplicações quanto para melhorias. Também são projetados R$ 6,2 bilhões em custos operacionais, o que totaliza aportes de R$ 14 bilhões, de acordo com nota do Ministério da Infraestrutura.
  • Essa foi a primeira licitação com a inclusão do critério híbrido de seleção, que mistura desconto na tarifa e maior outorga. A mudança foi motivada por problemas em concessões antigas, que levaram à extinção de contratos por não cumprimento dos compromissos pelos concessionários, como a própria BR-153 anteriormente.
  • A estrutura de capital da concessão será de 30% equity e 70% dívida – debêntures, BNDES e Banco da Amazônia.
    • Hoje, a Ecorodovias possui posição em caixa de R$ 1,5 bilhão e relação Dívida Líquida/EBITDA de 3,4x, próxima ao covenant de 3,5x.
    • A empresa almeja realizar um follow on assim que terminar a reestruturação societária em curso, com projeções de aumento de capital de R$ 1,2 bilhões a R$ 1,8 bilhões nessa oferta pública.
    • A GLP terá fatia de 35% na concessão, o que também alivia a pressão sobre a Ecorodovias.
  • Tanto a Ecorodovias quanto a GLP demonstraram interesse em continuar participando de novas licitações
  • O maior ponto de atenção em termos de risco de crédito da empresa seria o aumento da alavancagem, mitigada pelos fatores citados acima. Ontem, as ações da Ecorodovias (ECOR3) reagiram bem à notícia, com alta de 4,55%.

Fonte

Ecorodovias

Valor

Veja mais

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.