Banco Original

Entenda os principais destaques da análise do Banco Original.


Compartilhar:


Este é um relatório informativo sobre o emissor. Para informações sobre taxas de CDBs, LCIs, LCAs, LCs, acesse a Plataforma da XP.

Caso não tenha familiaridade com o setor bancário, sugerimos leitura do Glossário ao final da página e acesso ao nosso conteúdo. Saiba tudo sobre o FGC.

Ao investir em um dos ativos do Original elegíveis à garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), como CDB, LC, LCI e LCA, o investidor está coberto até o limite de R$250 mil*.

Letras Financeiras (LFs) não são garantidas pelo FGC.

Quem é o Banco Original?

História

A criação da instituição foi decorrente da fusão entre o Banco Matone e o Banco JBS em 2011, tendo como negócios principais os segmentos de crédito pessoal e agronegócio. Após a transação, a J&F Investimentos (holding da JBS) foi posicionada como controladora.

Em 2013, o Banco Original iniciou sua atuação no segmento Corporate e deu novo foco para a carteira de agronegócios.

Dois anos mais tarde, em 2015, lançou sua nova identidade visual e ampliou sua atuação no Varejo. Desde então, o Original tem diversificado sua estratégia de atuação como banco múltiplo, direcionando esforços no financiamento do segmento corporate de integrantes da cadeia produtiva do agronegócio.

No ano de 2016, o conglomerado inaugurou o primeiro banco digital do Brasil, oferecendo como serviços iniciais: movimentação de conta corrente, opções de financiamento e cheque especial por meio de aplicativos.

Em 2019, o banco reformulou a estratégia de concessão de crédito por meio da plataforma digital, lançando novas linhas de crédito pessoal. Em julho do mesmo ano, foi lançada a plataforma Original Empresas, conta digital direcionada para microeemprendedor individual (MEI), empreendedor individual (EI) e empresa individual de responsabilidade limitada (Eireli).

Atuação

O Banco Original atua em três diferentes frentes:

  • Corporate: soluções para empresas de grande porte, como empréstimos em moeda local e estrangeira, fiança e desconto de recebíveis.
  • Agronegócio: soluções para empresas da cadeia do agronegócio, como financiamento a custeio. Pela natureza do negócio, apresenta maior volatilidade
  • Varejo: através de sua plataforma 100% digital.

Plataforma Digital

Apesar da maior participação do segmento de Atacado em sua carteira de crédito, o principal vetor de crescimento do Banco Original encontra-se nos serviços de conta digital, que atende pessoas físicas e micro e pequenas empresas.

A estratégia digital do banco tem sido foco nos últimos anos, o que requer pesados investimentos em tecnologia. No primeiro semestre de 2020, cerca de 80% do que foi investido foi alocado a este fim.

O conglomerado afirma que a conta digital pode ser considerado um banco digital completo, oferecendo virtualmente todos os produtos e serviços que seriam oferecidos por grandes bancos.

Dentre os serviços oferecidos, além da conta corrente, é possível citar: cheque especial, transferências para outros bancos, cartões de débito e crédito, investimentos, saques em Bancos 24Horas, atendimento online e programa de pontos.

O Banco Original detém também participação no PicPay, carteira eletrônica digital por meio da qual é possível realizar pagamento entre pessoas e para estabelecimentos, compra de serviços e mercadorias, pagamento de contas, entre outros. O Banco tem 17,76% do capital social a holding J&F Participações, 61,97%.

Diferentemente de seus pares do mercado, o Banco Original não garante a isenção de tarifas para contas digitais. Em entrevista cedida à Reuters no dia 25 de outubro, Alexandre Abreu, presidente-executivo do banco, afirmou que isso faz com que a instituição cresça a uma velocidade relativamente inferior a alguns de seus concorrentes.

Como base para comparação:

  • Banco Original cresceu 132% nos últimos 12 meses para 3,7 milhões de usuários.
  • Neon, concorrente que também encontra-se em fase de crescimento, registrou expansão de 300% no número de CPFs ativos no mesmo período, atingindo 9,5 milhões de contas.
  • O Nubank teve crescimento de 160% nos últimos 12 meses, atingindo 26 milhões de clientes.
  • O Banco Inter apresentou crescimento de 149% em 12 meses.
  • Já o C6 Bank atingiu o patamar de 2 milhões de contas abertas em junho de 2020. O banco foi lançado em setembro de 2019, não sendo possível realizar comparação de crescimento na mesma base.

Presença

O Banco Original é 100% digital, não possuindo, portanto, agências físicas. No entanto, o banco conta com o que chama de “espaço Original”, em quatro cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Campinas), onde seus clientes podem conversar com seus gerentes e obter informações sobre suas contas pessoalmente.

Para melhor entendimento, esclarecemos que a nomenclatura “1S20” significa “primeiro semestre de 2020”. Suas variações também se aplicam (ex: 2S19 seria o segundo semestre de 2019). 

Principais fatores do crédito

Destaques operacionais

As consequências da crise ocasionada pela pandemia do covid-19 atingiram o Banco Original em meio ao seu processo de digitalização, que foi acelerado. Ressalta-se que o segmento de varejo do conglomerado é atendido por meio de seu banco digital.

No fechamento do semestre, a base de clientes atingiu 3,7 milhões, crescimento de 137% em 12 meses. O crescimento foi atribuído à busca por soluções digitais em meio a medidas de restrição de circulação. A meta do Banco Original é de chegar a 10 milhões de correntistas até o fim de 2022.

Diante disso, a carteira de crédito para pessoa física encerrou o semestre com saldo de R$ 1,1 bilhão, o que representa expansão de 27,5% ante o registrado ao fim de 2019 e 106,3% em 12 meses. A carteira Agro, por sua vez, registrou crescimento de 9,1% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Ambas são o foco do banco nessa nova fase.

Por outro lado, a carteira de Atacado sofreu contração de 12,2% nos últimos 12 meses e 18,3% em comparação com o saldo de dezembro, reflexo de maior seletividade diante das incertezas decorrentes da pandemia.

Dada a maior participação da carteira de Atacado no mix do Banco Original, o total da carteira de crédito classificada do conglomerado diminuiu 2,7% ante a posição ao fim de 2019.

Saiba nossa visão sobre o impacto do covid-19 sobre os bancos médios

Destaques financeiros

Rentabilidade

No primeiro semestre de 2020, o Banco Original reportou prejuízo líquido de R$ 220 milhões, afetado por perdas com hedge cambial na carteira de agronegócio e depreciação de ativos de tecnologia (esperado em meio a altos investimentos no banco digital). No 1S19, o Original havia reportado lucro líquido de R$ 4 milhões.

Ao considerarmos a janela de 12 meses de julho de 2019 a junho de 2020, o prejuízo líquido acumulado foi de R$ 215 milhões, ante R$ 3 milhões no exercício anterior.

Inadimplência

Devido ao cenário de maiores incertezas, pudemos observar certa piora na qualidade da carteira classificada: a proporção da carteira E-H em relação ao total alcançou 5,9%, 1,8 ponto percentual acima do registrado no 1S19. Como consequência, a provisão para devedores duvidosos (PDD) atingiu 4,8% em junho.

Vale ressaltar que o cenário de pandemia afetou a economia de forma generalizada e aumento e provisões de bancos era um movimento esperado. Continuaremos monitorando a evolução da inadimplência nos próximos meses.

Liquidez e solvência

O Banco Original encerrou em 30 de junho de 2020 com um Índice de Basileia de 10,0%, enquadrado nos novos padrões exigidos pelo Banco Central (acima de 9,25%).

Em seu informe de resultados, o Original relata que um plano de adequação de capital está em fase de elaboração, para ajustá-lo à nova realidade do banco.

Quem são seus acionistas?

O Banco Original S.A. é controlado pela holding J&F Investimentos.

*Ao investir em um de seus ativos, o investidor está coberto pelo Fundo Garantidor de Créditos – FGC – para aplicações até o limite de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ por conjunto de depósitos e investimentos em cada instituição ou conglomerado financeiro, limitado ao teto de R$ 1 milhão, a cada período de 4 anos, para garantias pagas para cada CPF ou CNPJ.

Glossário

Liquidez: O quociente entre os ativos mais líquidos de curto prazo e a fonte de captação curta. Esta é uma medida de cobertura de seu saldo devedor mais curto.

Basileia: Parte de acordos bancários firmados entre diversos bancos centrais do mundo para prevenção de risco de crédito. É um índice utilizado para mensurar a alavancagem ajustada pelo risco dos ativos em carteira da instituição.

ROEA: O quociente entre o Lucro Líquido e o Patrimônio Líquido médio da instituição. Esta é uma medida de rentabilidade.

Carteira E-H: Classificação determinada pelo Banco Central na resolução nº 2.682. Os créditos bancários são classificados em nove níveis, sendo eles: AA (menor risco), A, B, C, D, E, F, G e H (maior risco). Sendo assim, a carteira E-H inclui os créditos mais arriscados e aqueles com atraso de pagamento acima de 91 dias. Esses créditos exigem provisão entre 30% e 100% sobre o valor das operações.

Veja mais

Fonte

Banco Original
Valor Econômico
Tilt

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.