XP Expert

Ibovespa em queda com riscos de polarização política

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA -4,0% | 110.612 Pontos

CÂMBIO 2,4% | 5,82/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa fechou a segunda-feira em queda de -4,0% a 110.612 pontos e o dólar subiu +2,4% a R$5,82 em uma forte reação com o risco de um novo cenário de polarização política. Durante a tarde de ontem, o ministro Edson Fachin anulou todas as condenações do ex-presidente Lula, tornando-o elegível para se candidatar a presidente em 2022. E mais cedo, a Bolsa já negociava em queda por conta de notícias negativas sobre a Covid-19, com a demora da vacinação e falta de leitos hospitalares. Com a nova rodada de estresse, as taxas futuras fecharam o dia em alta. DI jan/22 fechou em 3,99%; DI jan/24 encerrou em 6,83%; DI jan/26 foi para 7,70%; e DI jan/28 fechou em 8,20%.

No mercado internacional, as Bolsas americanas registraram um movimento de rotação de ativos com o aumento da confiança sobre a recuperação econômica após a aprovação do pacote de estímulos de USD 1,9 trilhões no Senado, que deve ser votado na Câmara hoje. O Dow Jones, índice com empresas de setores mais tradicionais, subiu +1,0%, e a Nasdaq, composto por ações do setor de tecnologia, recuou -2,4% e entrou em terreno de correção (perdas de mais de 10% a partir do pico).

No Brasil, as atenções seguem voltadas para a decisão do ministro Edson Fachin. Na visão do nosso time de Política, a decisão tem o intuito de salvar a Lava jato, evitando a suspeição do ex-juiz Sergio Moro. A Procuradoria-Geral da República tem cinco dias para recorrer a decisão, o que levará o recurso ao plenário do Supremo, onde são reduzidas as chances de que seja modificada. Considerando as etapas de outros processos, é improvável que Lula seja condenado novamente em segunda instância a tempo de se tornar inelegível para o pleito de 2022.

Outro destaque é o fechamento do texto da PEC Emergencial. A Câmara enfrenta dificuldades depois do pedido de mudanças por Jair Bolsonaro para atender demandas das carreiras da segurança pública. O Ministério da Economia e a cúpula da Câmara ainda agem para evitar uma desidratação maior. Com isso, as negociações devem atrasar.

Do lado das empresas, a Marfrig reportou bons resultados no 4T20, com um EBITDA ajustado consolidado de R$ 2,1 bilhões que cresceu 30% na comparação anual, ainda que tenha ficado 6% abaixo do que esperávamos devido a uma performance ligeiramente pior na América do Norte. Reiteramos nossa recomendação de Compra. Já a Magazine Luiza também reportou resultados sólidos, levemente acima das nossas expectativas, explicado por um crescimento de GMV online e pelo varejo físico resiliente. Mantemos nossa recomendação de Neutro.

Do lado das commodities, futuros de minério de ferro em Singapura caem por volta de -6%, a US$157 por tonelada. Autoridades chinesas estipularam a paralisação das atividades industriais em Tangshan por 3 dias, que pode ter impacto negativo na demanda por aço. De acordo com autoridades locais, tais medidas tem como objetivo a redução da poluição. Nós assumimos em nossos modelos um preço de US$120/ton ao final do ano. Nossa preferência no setor segue por Vale, com recomendação de Compra e preço-alvo de R$122/ação.

Na agenda de hoje, destaca-se o divulgação dos resultados do setor de serviços de janeiro, que irão inferir os impactos da segunda onda da Covid-19 no início do ano.

Tópicos do dia

Agenda de resultados

Raia Drogasil (RADL3): após o fechamento
Temporada de Resultados do 4° Trimestre – O que esperar?
Calendário do 4T20
Resumo dos resultados do 4º tri de 2020: Superando nossas estimativas até o momento

Clique aqui para saber mais

Internacional

  1. Política internacional: Câmara dos EUA deve aprovar pacote de estímulo hoje em voto final
    Acesse aqui o relatório internacional

Empresas

  1. Magazine Luiza (MGLU3): Sólido 4T20 e sinalização positiva para 1T21, mas o jogo ainda não acabou
  2. Petrobras (PETR4): Anuncia novos aumentos de preços de combustíveis
  3. Marfrig (MRFG3): momento positivo nos EUA compensa desafios na América do Sul; reiteramos Compra
  4. Bancos: Possível aumento na margem do crédito consignado
  5. YDUQS (YDUQ3): Autorização de 150 vagas de medicina pelo MEC


Veja todos os detalhes

Internacional

Política internacional: Câmara dos EUA deve aprovar pacote de estímulo hoje em voto final

  • A secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, refutou críticas ao pacote de estímulo de USD 1.9 trilhões, que deve ter voto final na Câmara hoje. Segundo a secretária, o projeto não deve gerar inflação, com ele, os EUA pode voltar ao pleno emprego em 2022;
  • Uma vez que o Congresso aprove o histórico projeto, a Casa Branca deve voltar o foco a outras pautas na agenda, como um pacote de infraestrutura, considerando prioridade pelo presidente Joe Biden. No entanto, conforme evidenciado nas votações do pacote de estímulo, o democrata deve enfrentar resistência entre republicanos e democratas apegados a pauta fiscal;  
  • Na Europa, apesar de tensões políticas com a Rússia, avançam as negociações para produção da vacina Sputnik V contra a Covid-19. 10 milhões de doses devem ser produzidas na Itália neste ano e convênios ainda estão em discussão na Alemanha e França;
  • E, a dias da votação de uma reforma eleitoral que deve impedir candidatura de postulantes que não sejam pró-Beijing, a prefeita de Hong Kong alertou contra críticas da China “sem base nos fatos”. O discurso é parte da nova linha dura no território.

Empresas

Magazine Luiza (MGLU3): Sólido 4T20 e sinalização positiva para 1T21, mas o jogo ainda não acabou

  • Magazine Luiza reportou sólidos resultados referentes ao quarto trimestre de 2020 (4T20) levemente acima dos nossos números, explicado tanto por um crescimento de GMV online acima das nossas estimativas e dos seus pares, como também por uma performance de varejo físico bastante resiliente, com crescimento de vendas mesmas lojas em +10,9% A/A. Além disso, a Magalu divulgou uma prévia de crescimento para o 1T21, com o e-commerce crescendo triplo dígito baixo nos dois primeiros meses de 2021, mas com uma sinalização mais cautelosa para o varejo físico devido ao aumento de restrições;
  • Esperamos uma reação positiva do mercado. Apesar da companhia ter reportado números apenas levemente acima das nossas estimativas e do consenso, acreditamos que o mercado reagirá positivamente: (i) à performance superior aos seus pares listados; (ii) ao resultado bastante sólido no varejo físico mesmo com o aumento de restrições e casos de Covid no fim do ano; e (iii) à prévia de crescimento do online do 1T21 ainda bastante forte e acima do divulgado pela B2W;
  • Apesar de vermos a manutenção do forte ritmo de crescimento do GMV do ecommerce nos primeiros meses do ano como positiva, isso está em linha com nossas estimativas para o ano, com o crescimento de GMV online em +107% A/A para o 1T21e. No entanto, a companhia sinalizou um cenário um pouco mais cauteloso para loja física dado o aumento de restrições relacionado ao Covid, o que pode ser um risco negativo para nossas estimativas nesse canal (temos crescimento mesmas lojas de 7,8% A/A para o 1T21). Além disso, mesmo após a forte queda do papel de hoje (-8,1%), o papel ainda está negociando a 2,8x EV/GMV 2021e vs. 0,8x para LAME4, 0,8x para BTOW3 e 0,4x para VVAR3. Mantemos nossa recomendação de Neutro e preço alvo de R$27,0 por ação para o fim de 2021 para MGLU3. Clique aqui para ver o relatório.

Petrobras (PETR4): Anuncia novos aumentos de preços de combustíveis

  • A Petrobras anunciou ontem (8 de março) que vai implementar reajustes nos preços do diesel e da gasolina a partir de 9 de março de 2021. Os reajustes são:  (i) Diesel: novos preços na refinaria de R$ 2,87/litro, o que significa um reajuste de +5,5% em relação aos níveis anteriores de preços e (ii) Gasolina: novos preços na refinaria de R$ 2,85/litro, o que se traduz em um reajuste de +9,0% em relação aos níveis anteriores;
  • Embora vejamos como positivo que a Petrobras anunciou um aumento nos preços do diesel, observamos que os preços dos combustíveis da companhia no nível da refinaria ainda continuam abaixo da paridade de importação, o que quer dizer que estão abaixo dos níveis em que importações são viáveis com margem de lucro (no caso do diesel, a defasagem é de -6,7%);
  • A manutenção dos preços abaixo dos níveis internacionais mesmo após o ajuste de preços nos motiva a manter uma visão cautelosa com a Petrobras, dadas as significativas incertezas com relação à política de preços de combustíveis da companhia após a proposta de substituição do CEO Sr. Roberto Castello Branco pelo General Joaquim de Silva e Luna – notamos que a nomeação ainda está pendente dado que necessita de aprovações internas exigidas pelo estatuto da Petrobras, como à validação em Assembleia Geral Extraordinária (AGE);
  • No nosso relatório completo, analisamos os atuais níveis de preços de combustíveis praticados pela Petrobras, bem como apresentamos análise de potenciais impactos para as ações em diferentes cenários de câmbio e preços de petróleo;
  • Mantemos recomendação de Venda nas ações da Petrobras, com preços-alvo de 12 meses de R$24/ação para PETR4 e PETR3.

Marfrig (MRFG3): momento positivo nos EUA compensa desafios na América do Sul; reiteramos Compra

  • A Marfrig reportou bons resultados no 4º trimestre de 2020, acima na comparação anual (EBITDA de R$ 2,1bi, +30% A/A), ainda que ligeiramente piores na comparação com o 3T20.  A receita veio 1% acima da nossa expectativa, mas o EBITDA consolidado ficou 6% abaixo do que esperávamos devido a uma performance ligeiramente pior na América do Norte. No 4T20, a geração de caixa livre foi de R$ 1,5bi (+165% A/A) e a empresa continuou seus os esforços de redução do custo da dívida, a Marfrig atingiu o nível de 5,7% no 4T20 (56bps abaixo do 4T19). Leia o relatório completo clicando aqui;
  • A América do Norte performou melhor na comparação anual, ainda que abaixo do que esperávamos: margem EBITDA no 4T20 de 13,1% vs. 12,4% no 3T20 e 14,1% XPe. O volume de abate nos EUA retornou para patamares normais, em linha com o 4T19. Na América do Sul, conforme esperado, as margens apresentadas foram menores, mas acima do que projetávamos: margem EBITDA no 4T20 de 8,6% vs. 10,05% no 3T20 e 8,0% XPe. Preços mais altos do gado no Brasil pressionaram as margens da indústria e o volume de abate foi 11% menor A/A e 7 % menor T/T;
  • Olhando para frente, acreditamos que os resultados da Marfrig em 2021 devem sofrer uma acomodação em relação aos resultados estelares alcançados ao longo de 2020. Dito isso, ainda assim, reiteramos nossa recomendação de Compra para as ações, com base em quatro argumentos: (i) Nossa visão otimista quanto à operação na América do Norte; (ii) Continuidade das fortes exportações vindas da América do Sul; (iii) A redução do custo da dívida deve ser bem vista pelo mercado; (iv) O pioneirismo da Marfrig na frente ESG, sobretudo do lado Ambiental.

Bancos: Possível aumento na margem do crédito consignado

  • A Câmara dos Deputados aprovou ontem a medida provisória 1006/20, que aumenta de 30% para 35% o valor da folha de pagamento (ou benefício previdenciário) que pode ser usado como pagamento no crédito consignado. Além disso, a medida abrange funcionários públicos e estaduais, juntamente com os beneficiários da previdência social, o que aumenta consideravelmente o mercado. A medida deve ser válida até Dez’21;
  • A mudança aumenta em 17% o valor que um banco pode gerar em concessões de crédito, o que é enorme, já que o crédito consignado é a maior linha de crédito para pessoa física, representando mais de 10% do mercado total de crédito. No entanto, a linha é relevante para bancos incumbentes, bancos de médio porte e até bancos digitais;
  • Acreditamos a medida foi aprovada num bom momento para os bancos. Os bancos ainda carecem de visibilidade econômica devido às incertezas relacionadas às situações fiscais e devido a pandemia, então o aumento de uma linha de crédito com índice de inadimplência estruturalmente baixo, mantendo um rendimento atraente (rendimento de ~ 20% vs. a taxa de juros mais baixa da história do Brasil em 2%) se adapta muito bem a bancos;
  • Se também aprovado pelo Senado, nossa avaliação seria de um impacto positivo para o setor como um todo, mas principalmente para bancos de consignado de pequeno e médio porte, como o Banrisul, cuja carteira de crédito tem composição superior a 40% de crédito consignado. Entre os bancos incumbentes, acreditamos que o Banco do Brasil será o mais beneficiado, pois: i) o banco tem mais de 10% de seus empréstimos brutos em empréstimos consignados; ii) ao contrário da edição anterior, desta vez, os funcionários públicos poderiam ser incluídos, cujo grupo compõe a maior parte do saldo do crédito consignado do banco; e iii) o aumento das concessões de crédito seria maior para o BBAS, uma vez que os servidores públicos não foram incluídos na versão 2020 da medida.

YDUQS (YDUQ3): Autorização de 150 vagas de medicina pelo MEC

  • Ontem (8), o MEC autorizou a abertura de 50 novas vagas em três diferentes IES da YDUQS (totalizando 150 novas vagas), são elas: i) Faculdade de Medicina de Açailândia, no Maranhão; ii) Centro Universitário Estácio do Ceará – Campus Quixadá, no Ceará; e iii) Faculdade de Medicina Estácio de Castanhal, no Pará;
  • Consideramos a notícia como positiva visto que medicina é uma das principais alavancas de valor de nossa tese. Por outro lado, destacamos que no curto prazo o cenário o setor deve permanecer volátil visto a expectativa de um ciclo de captação pior no 1T21 devido aos reflexos da segunda onda da pandemia;
  • Reiteramos a nossa recomendação de Compra com preço-alvo de R$50,7/ação.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.