🌎 RADAR GLOBAL: Amazon, Google e Alibaba

Jeff Bezos deixa cargo de CEO, publicidade impulsiona resultado do Google e preocupação regulatória pesa em Alibaba.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais seguem em alta na 1ª semana de fevereiro (EUA +0,3% e Europa +0,6%). A combinação entre fortes resultados de empresas de tecnologia (Amazon e Google ontem) com o novo pacote fiscal americano de US$ 1,9 tri podendo ser aprovado sem apoio bipartidário alimenta o apetite por risco.

Coronavírus: O número de vacinados nos EUA superou a contagem de casos pela primeira vez. No total, 32,8 milhões de doses foram administradas vs. 26,3 milhões de casos da doença registrados.

Indicadores: EUA – PMI de serviços às 11:45h e de manufatura às 11h. China – PMI composto de 52,2 (est. 52,7).

EMPRESAS

Temporada de Resultados do 4T20 – Hoje: Paypal, Sony, Spotify, eBay, Qualcomm. Amanhã: Activision Blizzard, Peloton, Snap e Pinterest.

Fonte: Bloomberg, XP Investimentos.

Amazon – Positivo: As receitas da “loja de tudo” totalizaram US$ 125,6 bi no 4T20, 5% acima do esperado e +44% a/a, impulsionadas pela temporada recorde de compras de final de ano (entre 26/nov e 31/dez). As vendas globais no período festivo cresceram 50% a/a –  apenas entre a Black Friday e a Cyber Monday, o marketpalce registrou US$ 4,8 bi em vendas (+60% a/a). Já do lado negativo, o segmento de serviços na nuvem (AWS), reportou US$ 12,7 bi de faturamento, ligeiramente abaixo do consenso; a divisão permanece como a mais representativa para o lucro operacional (52% do total, vs. 66% no 4T19). Olhando para frente, o guidance de receita de US$ 106 bi para o 1T e o nível de despesas relacionadas à pandemia permanecem no radar.

A grande surpresa porém, foi o anúncio de que Jeff Bezos deixará o cargo de CEO da Amazon no 3º trimestre deste ano para se tornar conselheiro da empresa; o executivo será substituído por Andy Jassy, que atualmente comanda a AWS. A incerteza em torno da sucessão limitou os ganhos no after-market.

Google – positivo: Após reportar, as ações chegaram a subir mais de 7%. Os resultados superaram o consenso em todas as linhas de negócios: Receitas / Google Cloud / Youtube / Buscas vieram 7% / 3,5% / 13% / 3% acima do esperado, marcando a recuperação das receitas de anúncios (+22% a/a), que chegaram a cair ~10% no pico da pandemia. A empresa divulgou pela primeira vez o resultado operacional da divisão de cloud: um prejuízo de US$ 5,6 bi no ano, sinalizando que a iniciativa ainda requer investimentos significativos.

Destaque também para o Youtube, que reportou crescimento de receitas de 46% a/a, fortalecidas pelas novas modalidades de anúncios. A plataforma agora foca em diversificação com sua modalidade Premium, que já soma 30 milhões de assinantes.

Alibaba – Neutro: A gigante do varejo chinês reportou receitas de US$ 33,8 bilhões, 3% acima do esperado e +37% a/a, impulsionadas pelas vendas internacionais e aquisição da rede de supermercados SunArt na China. Do lado negativo, a operação de cloud cresceu “apenas” 50% a/a (vs. expectativa de +60%). Mas a escala da cia. ainda impressiona: o marketplace fechou 2020 com 779 milhões de compradores ativos, 8 milhões acima do consenso e +10% a/a.

Quanto à temida ameaça regulatória, pouca novidade: O Alibaba anunciou a criação de uma força tarefa interna para revisar irregularidades e manter contato próximo com as autoridades antitruste. A preocupação veio a tona após o governo chinês barrar o IPO de sua subsidiária (Ant Group) em novembro, alegando conflitos com órgãos reguladores. A incerteza gerada pelo tema contribuiu para a queda de 4% no after market.

ANÁLISES

Valuations elevados: Durante o cenário pandêmico de 2020, o balanço dos 4 principais BCs do mundo (EUA, UE, Inglaterra e Japão) se expandiu em ~US$ 8 trilhões, contribuindo para elevar os múltiplos P/E (preço/lucro dos próximos 12 meses) dos principais índices regionais do MSCI para próximos de suas respectivas máximas de 10 anos.

Fonte: Goldman Sachs.

Bom dia!

Gostou do conteúdo? Nos siga nas redes sociais e deixe sua avaliação abaixo:

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.