Carteira Conservadora – Janeiro 2020

Veja aqui nossas recomendações para o perfil conservador neste mês.

Compartilhar:


A carteira recomendada representa a combinação sugerida por nossos especialistas visando a busca por maiores retornos dado um determinado risco e volatilidade, somada à nossa perspectiva atual do cenário macroeconômico.

No caso do perfil conservador, a busca por ativos com menor risco, sobressai a busca por retornos, sendo primordial a preservação de capital.

Carteira Conservadora

O ano de 2020 se inicia com grande otimismo, o Real se apreciando contra o Dólar e o Ibovespa nas máximas históricas, superando nossa previsão de encerrar em 115 mil pontos. A Taxa Selic foi reduzida em dezembro para 4,5% ao ano, o menor nível de sua história.

Nossas expectativas ainda são muito positivas, em especial para Renda Variável, dado que as empresas são as principais beneficiárias de juros mais baixos. Os prêmios dos ativos de crédito ainda estão elevados, tanto entre os ativos Pós-Fixados quanto entre os atrelados à inflação.

Para o investidor conservador, o ambiente atual é especialmente desafiador, com a taxa de juros de curto prazo, que sempre representará um percentual expressivo do portfólio, oferecendo baixos e cadentes retornos reais.

Para esse mês, por questões regulatórias, retiramos a parcela internacional das carteiras conservadoras.

*As taxas de renda fixa indicadas correspondem às taxa de negociação de cada ativo no último dia útil do mês anterior. Para maiores informações sobre as taxas dos ativos de renda fixa acessar: https://experiencia.xpi.com.br/renda-fixa/#/home

Não é sua primeira carteira de investimentos? Confira em nosso relatório de alocação os ativos mais recomendados para ajustar os seu atual portfólio.

Performance em Dezembro

Em dezembro a performance da carteira conservadora foi 0,58%, correspondendo a 156% do CDI.

Conservadora Mês 2019 12 M
Pós Fixado
Trend Pós-Fixado FIRF Simples 0,35% 5,72% 5,72%
Gama TOP FIC FIRF CP LP 0,45% 6,10% 6,10%
Polo Crédito Corporativo Advisory FIRF CP LP 0,39% 6,52% 6,52%
Selection FIC FI Renda Fixa CP LP 0,42% 6,17% 6,17%
CDB Renner 118% CDI – 3 anos 0,44%
CDB BS2 119% CDI – 3 anos 0,45%
CDB Banco Omni 120% CDI – 4 anos 0,45%
CRA São Martinho – 112% CDI – 6,5 anos 0,60%
Prefixado
CBD C6 Bank 7,19% – 3 anos 0,60%
Inflação
SulAmérica Inflatié FIRF 2,32% 22,85% 22,85%
CDB Pine – IPCA + 4,09 – 6 anos 0,93%
Deb Petrobras – IPCA + 3,55% – 15 anos 1,40%
Internacional
COE Índice de Commodities Long Short 1,11%

N/D – Fundos com menos de 6 meses de existência: INSTRUÇÃO CVM N.º 409 – Art. 75: Qualquer divulgação de informação sobre os resultados do fundo só pode ser feita, por qualquer meio, após um período de carência de 6 (seis) meses, a partir da data da primeira emissão de cotas. *Rentabilidade entre 19/09 e 30/09. Para cálculo da rentabilidade da carteira, equiparamos a rentabilidade ativos isentos de IR (LCIs, LCAs, CRIs, CRAs e Debentures Incentivadas) com os não isentos através da adição da menor alíquota de IR (15%).

Performance desde o Início

Nossa carteira recomendada teve início em Março de 2018 e nesse período o retorno da mesma foi de 13,1%, frente ao CDI de 11,6%.

Rentabilidade passada não é garantia de futuro.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM