Radar Imobiliário XP #25

Confira os principais acontecimentos de Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em queda de -3,14%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos de ativos logísticos e recebíveis. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -2,10%, o XPFT de -2,29% e XPFP de -2,07%.

No Brasil, o destaque no cenário político desta semana foi o encaminhamento da proposta da reforma tributária para aprovação pelo Ministério da Economia, onde inclui o fim da isenção tributária sobre distribuição de lucros e dividendos (vigente desde 1995) e institui uma alíquota de 15% tanto para os rendimentos oriundos de dividendos, como ganhos de capital (atualmente de 20%).

No âmbito econômico, foi divulgado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) que apresentou crescimento de 0,83% em junho, após registrar alta de 0,44% em maio, acumulando alta de 4,13% no ano e de 8,13% em 12 meses.

No âmbito dos fundos imobiliários, após apresentação da proposta da reforma tributária elaboramos um relatório para melhor compreensão dos possíveis impactos em FIIs. Vemos a tributação proposta pressionando o preço das cotas dos fundos imobiliários listados, de forma a parcialmente compensar a alíquota proposta de 15%. No entanto, vemos os dividend yields dos FIIs negociando com spreads saudáveis (3.6p.p.) sobre o Tesouro IPCA 2030 (NTN-B 2030) e podendo amenizar a pressão nas cotas devido à nova tributação. Acesse o relatório completo aqui.

Data Fechamento: 25/06


Sexta-Feira | Dia 25/06

Desafios do mercado imobiliário (Estadão)

Governo entrega nesta sexta proposta de reforma do Imposto de Renda (Valor)

XPLG11 – Positivo: O fundo celebrou o Contrato de Locação com a ROJA DISTRIBUIDORA DE COSMÉTICOS LTDA, empresa com atuação no comércio atacadista de cosméticos e produtos de perfumaria, relativo ao módulo C4 do condomínio logístico Syslog Galeão, localizado em Duque de Caxias/RJ, com área bruta locável total de 1.811,74 m² e com prazo de vigência de 60 meses. A receita acumulada do Contrato, considerando a soma dos recebíveis relativos aos 24  primeiros meses de vigência, é estimada em R$ 0,0210 por cota.

HGRE11 – Positivo: O Fundo assinou Escritura de Venda e Compra por meio da qual concluiu a alienação da totalidade dos conjuntos 51 e 161 do Centro Empresarial Mario Garnero – Torre Norte. A área total locável dos Imóveis é de 1.461,68 m² e o preço total de venda é de R$ 22 milhões, equivalente a aproximadamente R$15 mil/m². O preço é 79,21% superior ao valor de aquisição dos Imóveis, gerando um lucro em regime de caixa de R$ 9,5 milhões, equivalente a aproximadamente R$ 0,81 por cota.

TEPP11 – Positivo: O Fundo concluiu a aquisição de 7 lajes, do 1º ao 7º pavimento do Edifício Fujitsu, localizado na região de Bela Vista em SP, na modalidade Sale & Leaseback. O contrato de compra e venda das unidades adquiridas da Fujitsu do Brasil Ltda. foi celebrado em 13 de maio de 2021 pelo preço total de R$ 50 milhões. O preço de aquisição das lajes foi pago com sinal de R$ 10 milhões em 13 de maio de 2021; parcela de R$ 7 milhões pagos nesta data na lavratura da Escritura Definitiva; e R$ 33 milhões por meio de uma operação de Securitização pagos nesta data na lavratura da Escritura Definitiva. Os gestores estimam impacto positivo no fundo impactará positivamente o fundo no médio prazo em R$ 0,05/cota na distribuição de rendimentos.

RBVA11 – Positivo: Foi concluída, após superação de todas as condições resolutivas da operação de alienação, a assinatura da Escritura Pública de Compra e Venda de Imóvel do imóvel Quitaúna, localizado em Osasco/SP. Com isto, foi recebido pelo Fundo o saldo remanescente de R$ 6,5 milhões, completando assim o valor total da venda de R$ 6,6 milhões, uma vez que o Fundo já havia recebido o sinal no valor de R$ 100 mil. O Imóvel Quitaúna, no momento da alienação, estava locado para a Caixa Econômica Federal. A gestão entende que a alienação do Imóvel vai ao encontro da estratégia do Fundo de reduzir a concentração de vencimentos para os próximos anos, reciclar o portfólio para aumentar investimentos em localizações e características primárias para o varejo.

Quinta-Feira | Dia 24/06

Governo é contra projeto que propõe fixar índice para corrigir aluguéis (Estadão)

Morgan Stanley vai barrar não vacinados em escritórios de NY (Folha de S.Paulo)

Cotas do fundo imobiliário Parque Dom Pedro despencam 12,9% nesta quarta-feira; entenda o caso (InfoMoney)

HGLG11 – Positivo: O Fundo firmou o Instrumento Particular de Compromisso de Venda e Compra de Imóvel por meio do qual se comprometeu, atendidas determinadas condições precedentes, a adquirir pelo valor total de R$ 177 milhões a totalidade do imóvel logístico:  Ativo multiusuário com área bruta locável de aproximadamente 80.000 m², 100% locado para empresas de grande e médio porte, localizado no estado de São Paulo O ativo acima mencionado será adquirido com recursos próprios do Fundo, hoje em caixa.

RBVA11 – Positivo: O Fundo assinou Compromisso de Compra e Venda para alienação do imóvel Venda Nova, em Belo Horizonte/MG. A lavratura da Escritura Pública de Compra e Venda e efetiva alienação do Imóvel Venda Nova se darão assim que concluídas algumas condições precedentes, data em que a Rio Bravo irá fornecer mais informações sobre o negócio. O Imóvel Venda Nova é locado para a Caixa Econômica Federal e possui contrato de locação atípico vigente até novembro de 2022. A venda deverá gerar um ganho de capital para os Cotistas de aproximadamente R$ 5,02 milhões, o que representa R$ 0,43/cota. O Fundo recebeu o sinal, no dia 21 de junho de 2021, no valor de R$ 100 mil e deverá receber posteriormente o saldo remanescente, no montante de R$ 14,6 milhões quando da lavratura da competente Escritura Pública de Compra e Venda.

Quarta-Feira | Dia 23/06

B3 lança área para investidor acompanhar todas as aplicações financeiras (InfoMoney)

“Maior transformação do mercado imobiliário foi a digitalização” (Estadão)

CVM decide suspender 49 administradores de carteiras (Valor)

BC discutiu aumento maior da taxa Selic (Valor)

Setor Agrícola no Brasil (Conteúdos XP)

RBVO11 – Informativo: A administradora e a gestora do Fundo decidiram, nesta data, renunciar respectivamente à Taxa de Administração e aos valores devidos a título de serviços de Gestão, incluindo a Taxa de Performance, que lhes são devidos, de maneira temporária. Os valores serão provisionados desde o encerramento do último período de apuração da Taxa de Administração e da Taxa de Gestão já pagas, sendo que os valores líquidos relativos à renúncia serão distribuídos aos Cotistas no mês subsequente ao mês de apuração da Taxa de Administração e da Taxa de Gestão, juntamente com a distribuição de rendimentos previstas para o respectivo mês, conforme previsto no Regulamento.

Terça-Feira | Dia 22/06

Proposta prevê tributação de dividendos em 20% com faixa de isenção de R$ 240 mil por ano (Valor)

Fundos Imobiliários e suas Proteções Contra a Inflação (The Capital Advisor)

VISC11 – Positivo: O fundo informa que atualmente 100% dos shoppings do portfólio do Fundo encontram-se em funcionamento e o horário médio de funcionamento do portfólio equivale a 92,0% do horário de funcionamento pré-pandemia.

Segunda-Feira | Dia 21/06

Levantamento mostra que 33% dos contratos de aluguel com aniversário em maio não tiveram aumento (Folha de S.Paulo)

Franquias buscam alternativas aos shoppings (Folha de S.Paulo)

Raio-X Indústria de FIIs | Junho 2021 (Conteúdos XP)

BLMG11 – Positivo: O fundo concluiu a aquisição do Condomínio Business Park, composto por dois galpões logísticos (Unidade 1 e 2), localizado em Jandira – SP. A Unidade 1 encontra-se atualmente locada, em sua totalidade, para a Baker Hughes Energy Technology do Brasil Ltda. A Unidade 2 encontra-se locada para Iron Mountain, Premix Brasil Resinas, World Mix Resinas Plásticas e Hyde Alimentos. O valor total da Operação foi de R$ 162 milhões, sendo R$ 10 milhões pagos à vista como sinal e o restante, R$ 152 milhões pagos neste ato, parte do pagamento foi realizado via securitização, aproximadamente R$91 milhões. A expectativa da BlueMacaw é que a aquisição do Imóvel gere impacto positivo na renda mensal do Fundo de R$ 0,19 por cota por mês.

Últimos Relatórios

1 Ano de Pandemia: Segmentos mais impactados em FIIs

Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Junho de 2021

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.