XP Expert

Economia em Destaque: Tensões na Ucrânia dão o tom nos mercados

Seu resumo semanal de economia no Brasil e no mundo

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Resumo

O destaque da semana foi a crise na Ucrânia, que segue sem uma definição clara. O Fed, Banco Central americano, soou menos preocupado na ata divulgada na última semana, o que diminuiu a expectativa do número de altas de juros neste ano.

No Brasil, o dólar chegou a bater BRL 5,11 e o real é a moeda emergente que mais se apreciou no ano. O risco fiscal continua sendo destaque, e na próxima semana deverá ser votado projeto de lei sobre a desoneração do diesel.

Atualizações Covid-19

No Brasil, as médias móveis de sete dias de novos casos e de óbitos caíram para 114,9 mil e 831, respectivamente. Ao todo, 80,4% da população brasileira já está vacinada com ao menos a primeira dose de imunizante contra a doença; 72,2% já tomou dose única ou duas doses e 27,9% já teve o reforço da vacinação.

Cenário Internacional

Tensões na Ucrânia deram o tom nos mercados globais

A crise geopolítica entre Rússia e Ucrânia segue no centro das atenções.  Após encontros entre o presidente russo Vladimir Putin e outros líderes internacionais, a situação segue sem uma definição clara. A incerteza sobre o eventual ataque trouxe volatilidade os mercados. O índice S&P 500 da bolsa americana chegou a subir até quarta-feira, mas recuou e fechou negativa em quase 1%. O petróleo Brent segue acima dos 90 dólares por barril, constituindo uma importante fonte de pressão para a inflação global.

BC americano soou menos preocupado desta vez

A ata da última reunião do comitê de política monetária do Fed, divulgada esta semana, seguiu sinalizando que os juros estão prestes a subir. Mas o tom não pareceu tão urgente como pareciam indicar alguns membros do comitê. No início da semana, o mercado chegou a projetar quase sete altas de juros este ano. Depois da ata, a expectativa agora é próxima a cinco altas.   

As decisões de política monetária nos Estados Unidos afetam todo tipo de investimento, incluindo a renda fixa no Brasil. Para entender por que isso acontece e como isso impacta a sua carteira, clique aqui.

Clique aqui para receber por e-mail os conteúdos de economia da XP

Enquanto isso, no Brasil…

Revisamos a nossa projeção de Selic em função da deterioração dos fundamentos da inflação

A inflação segue pressionada e o Banco Central endureceu (ainda mais) o tom de sua comunicação. Diante disso, elevamos a nossa projeção para a taxa Selic para 12,75%, após três altas: 1 pp em março, 0,75 pp em maio e 0,25 pp em junho, concluindo o ciclo de altas. A taxa deve começar a cair em dezembro, terminando o ano em 12,25% e chegar até 7,5% em 2023.

Confira aqui mais detalhes para o nosso cenário de juros e inflação.

Real tem a melhor performance entre emergentes desde o início do ano

Apesar da sinalização de alta de juros nos EUA e da incerteza fiscal no Brasil, o real tem a melhor performance entre emergentes em 2022, e chegou a bater 5,11 nesta semana.

O real avança em meio a tendência de valorização de commodities e enquanto a taxa básica de juros no Brasil segue subindo, tendo ultrapassado o patamar de dois dígitos na última reunião do Copom.

Para compreender melhor os fatores que influenciam na cotação da nossa moeda, clique aqui e confira nosso último relatório sobre o tema.

Desoneração dos combustíveis segue em pauta

As votações no Congresso dos projetos que miram desonerar os combustíveis para reduzir seus preços foram adiadas para a próxima semana. O relatório do projeto do Senado, apresentado esta semana, exclui a desoneração do diesel, mas é esperado que o governo apresente emenda para inclui-la novamente antes da votação final. Caso aprovado, estimamos perda de 19 bilhões de reais por ano em arrecadação e um pequeno impacto na inflação: 0,02 pp.

Subsídio para transporte público e aprovado no Senado

O Senado aprovou subsídio federal para gratuidade de idosos no transporte público. O texto fixa um teto de 5 bilhões de reais anuais para a transferência de recursos aos municípios e durará 3 anos. O custeio será feito com parte das receitas dos royalties do petróleo devidas à União.

E como pensar em seus investimentos nesse cenário econômico? Clique aqui para conhecer as recomendações dos experts de acordo com seu perfil

O que esperar para semana que vem?

No cenário internacional, o destaque será a divulgação do deflator PCE de janeiro, medida de inflação preferida do Fed. Além disso, a semana também será marcada por dados de atividade nos EUA e pela inflação ao consumidor de janeiro na Zona do Euro.

No Brasil, destaque para a prévia da inflação de fevereiro (IPCA-15), dados fiscais de janeiro e taxa de desemprego de dezembro. No campo político, o destaque é a possível votação de um PL que desonere o diesel.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º na Resolução CVM 20/2021. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.