Ainda não sabe como o Come-cotas impacta seus investimentos? leia esse texto!

Fizemos uma simulação dos benefícios de longo prazo dos fundos de previdência. Veja como os benefícios tributários dos fundos de previdência podem potencializar seus retornos!


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Retomando a nossa série de estudos sobre os fundos de Previdência privada, vamos explorar no texto de hoje os benefícios fiscais de longo prazo dos fundos de Previdência quando comparados com suas contrapartes no PCO, e como esse pequeno detalhe pode potencializar muito os seus ganhos!

Caso não tenha lido ainda o texto sobre como tirar proveito da volatilidade utilizando os fundos de previdência, você poderá encontrá-lo aqui.

Revisitando o Come-cotas

Antes de começarmos a discussão sobre os ganhos fiscais, é importante revisitarmos o conceito de come-cotas. O come-cotas nada mais é do que uma forma de recolhimento do Imposto de Renda.

A grande diferença desse regime para os fundos que pagam o imposto somente no resgate é que, nos fundos de Curto Prazo e Longo Prazo, a alíquota de IR varia de acordo com o tempo total de permanência naquele investimento – como a receita não sabe de antemão qual será a alíquota a se aplicar sobre cada investimento, eles cobram semestralmente a menor alíquota de cada regime sobre o retorno acumulado no período. Assim, quando o investidor for fazer o resgate de fato daqueles recursos, ele terá que pagar somente a diferença entre a alíquota mínima e a alíquota efetiva.

Como o funcionamento do come-cotas não é nosso foco nesse texto, deixo aqui a referência para a publicação feita pelo nosso colega, Davi Fontenele, para quem quiser entender melhor o processo.

Agora que você já leu essa matéria de base e entende melhor como funciona o come-cotas, sabemos que existem diferentes regimes de tributação: fundos de Renda Fixa, Multimercado, Cambial (entre outros), passam pelo come-cotas semestralmente (em Maio e Novembro).

Fundos de Renda Variável têm alíquota única de 15% descontado somente no resgate, e fundos de Previdência também possuem alíquota regressiva começando em 35% para investimentos com até 2 anos e chegando aos 10% para investimentos com mais de 10 anos – portanto, dentre essas possibilidades, o menor tributo é devido em fundos de previdência no longo prazo! A única exceção seria fundos com isenção fiscal, mas esses dependem das políticas de governo.

De onde vêm, então, os ganhos?

Alguns dos leitores já entenderam onde eu quero chegar. Quando olhamos para o longo prazo, o período de coleta de imposto faz uma diferença muito grande nos seus retornos, mesmo quando a alíquota de imposto é a mesma!

Para quem ainda não conheceu os benefícios dos juros compostos, nessa matéria você entenderá porquê o próprio Albert Einstein chamou os juros compostos de “A oitava maravilha do mundo”.

Para a comparação ser justa em cada um dos cenários, apresentamos aqui uma simulação de cotas de um fundo X com retorno médio de 10% a.a. e volatilidade de 6% a.a. Seguindo todos os cenários a mesma série de cotas, seria como se a gestora tivesse uma só estratégia, digamos X Master, e existissem 3 fundos diferentes que comprassem essa mesma estratégia, o X FIC FIM, o X FIC FIRF e o X FIC Prev. Na nossa simulação, os 3 fundos fizeram um aporte inicial de R$ 100.000,00 na estratégia, todos no mesmo dia. A única diferença entre eles é a forma de tributação.


Como podemos ver no gráfico, a estratégia alocada em previdência gera um patrimônio (saldo acumulado) maior no longo prazo!

A análise foi feita para um período de 10 anos, dessa forma, quer fosse um PCO de Longo Prazo ou um fundo de Previdência, a aplicação cairia na alíquota mínima das tabelas regressivas. O gráfico também não mostra ainda o valor final dos investimentos em previdência após a mordida do leão da receita – para ter a visão completa, vejamos os números abaixo:



Conseguimos então ver de forma muito mais clara quais são os ganhos no longo prazo dos fundos de previdência! Nessa simulação que fizemos, enquanto o total investido no fundo de curto prazo cresceu 230%, o total investido no fundo de previdência cresceu 260% são mais de R$ 30.000,00 de diferença entre os dois casos.

É importante ressaltar que todos esses valores são simulados, não refletem a cota de nenhum fundo existente na indústria. Preferimos essa abordagem a usar casos concretos, pois com a cota simulada, conseguimos deixar tudo o mais constante, alterando somente o Imposto de Renda. Porém, seja com cotas simuladas ou no seu investimento de fato, os ganhos tributários para os fundos de previdência se aplicam! e com eles você pode obter as menores alíquotas de imposto no longo prazo!

Esses resultados também levam em consideração outra informação importante – todos os investimentos foram feitos durante o período de 10 anos, pois depois de 10 anos, todos cenários já alcançaram o mínimo de tributação de suas respectivas tabelas tributárias. Caso o período fosse menor, os resultados poderiam mudar bastante, já que os fundos de previdência começam com uma alíquota de 35% – bem acima da tributação de Curto Prazo.

Agora eu entendi! e onde investir agora?

Juntando o que concluímos com o texto sobre volatilidade com os claros ganhos tributários que os fundos de previdência têm no longo prazo (consequência direta dos juros compostos), já vemos dois motivos claros para investir via fundos de previdência! Ainda há, no entanto, mais motivos que tornam esses veículos de investimento tão especiais! Para continuar essa saga sobre os benefícios dos fundos de previdência, fica atendo às publicações que ainda estão por vir!

E para estar sempre atualizado sobre os melhores gestores do mercado, visite os nossos materiais de Top Fundos, em especial o Top 30 Fundos de previdência e já comece a investir!

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

As informações contidas nessa mensagem têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Corretora de Seguros Ltda. e qualquer outra empresa do grupo XP se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. Leia o prospecto, o formulário de informações complementares, lâmina de informações essenciais e o regulamento, quando aplicável, do fundo antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. Fundos de investimentos não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor De Créditos – FGC. Este fundo tem menos de 12 (doze) meses. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. As informações presentes neste material técnico são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Descrição do tipo ANBIMA disponível no formulário de informações complementares. Os produtos de seguros e previdência do grupo XP são comercializados pela XP Corretora De Seguros Ltda., com código SUSEP n° 10062846-8 e inscrita no CNPJ sob o n° 10.558.797/0001-09 (“XP SEGUROS”). Todos os produtos distribuídos pela XP Seguros proveem de seguradoras registradas na SUSEP. O segurado poderá consultar a situação cadastral desta corretora pelo site www.susep.gov.br, por meio do número de registro na SUSEP, razão social ou CNPJ. Os recursos dos planos de previdência são aplicados em fundos de investimento que não possuem garantia de rentabilidade podendo, inclusive, ter rentabilidade negativa. O registro do plano na SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização esta instituição é aderente ao código ANBIMA de regulação e melhores práticas para atividade de distribuição de produtos de investimento no varejo. Os dados mencionados neste material foram extraídos de fonte externa e podem apresentar distorções, não se comprometendo a XP Seguros. Com a veracidade dessas informações. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações aqui veiculadas. O presente material não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Seguros. Para informações, ligue para 4003-3710 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-880-3710 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4935-2701. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800 722 3710. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades).

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.