XP Expert

Ibovespa tem maior alta do ano com aprovação da PEC dos Precatórios

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir


IBOVESPA 3,7% | 104.466 Pontos

CÂMBIO -0,2% | 5,65/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa teve a maior alta diária do ano, subindo +3,7% na sessão de ontem, e fechou acima do 104 mil pontos. Enquanto isso, o dólar encerrou o dia em baixa de -0.2%, a R$ 5,65. A quinta-feira foi marcada pela aprovação da PEC dos Precatórios no Senado, que abre espaço para novas despesas no próximo ano, mas diminui as incertezas fiscais na percepção do mercado. No mercado de juros, as taxas futuras de juros fecharam em forte queda na sessão de ontem, com maior intensidade nos vencimentos curtos, após a divulgação do PIB do terceiro trimestre que mostrou que o país entrou em recessão técnica. Na parte da tarde, a redução do risco fiscal também contribuiu para o movimento de baixa. DI jan/22 fechou em 8,85%; DI jan/24 foi para 11,31%; DI jan/26 encerrou em 11,09%; e DI jan/28 fechou em 11,22%.

Hoje, as Bolsas internacionais amanhecem sem movimentos expressivos (EUA -0,3% e Europa 0%) enquanto investidores aguardam novos dados sobre o desemprego americano; o consenso aponta para a criação de 581 mil vagas de trabalho em novembro. E o pronunciamento de cientistas sul-africanos, de que as vacinas atuais devem ainda oferecer proteção contra casos severos da variante Ômicron, parece amenizar a volatilidade dos mercados pela manhã. Na Europa, a presidente do ECB, Christine Lagarde reafirmou que a inflação na zona do Euro é transitória e que deverá cair em 2022, sem a necessidade de acelerar a retirada de estímulos. Na China, o índice de Hong Kong (-0,1%) encerra em leve baixa com a notícia de que a Didi, conhecida como a Uber chinesa, iniciará o processo de remoção de suas ações na bolsa americana após ordem do governo; as ações locais chinesas encerraram em alta de +0,9%. O petróleo (+2,4%) amanhece em alta mesmo após decisão da OPEP+ em manter seu plano para o aumento de produção em 400 mil barris/dia a cada mês, até o final de 2022. Em contrapartida, a organização afirmou que poderá rever a decisão se os casos da pandemia afetarem materialmente a demanda futura.

Nos EUA, o Congresso americano aprovou nova extensão do orçamento, o que evita um shutdown no fim desta sexta-feira (3). A extensão permite funcionamento do governo até o dia 18 de ferreiro, quando o tema deve voltar para a agenda parlamentar. Hoje, as atenções estarão voltadas para os dados de mercado de trabalho. Um número mais forte do que o esperado pode consolidar a visão de que o banco central americano começará a alta de juros já no primeiro semestre do ano que vem.

No Brasil, reduzimos nossas projeções de PIB para 2021 e 2022, pois a economia está perdendo fôlego antes do esperado. A PEC dos Precatórios foi aprovada no Senado, mas partes do texto aprovado na Câmara foram modificadas. Ainda não está claro se as partes não modificas no Senado já serão promulgadas, ou se o texto todo voltará para a Câmara.

Por fim, na frente ESG, publicamos um Ebook (link) com o feedback completo da nossa experiência na Expo Dubai. Sendo o maior evento do mundo, fomos para a Expo com o objetivo de expandir os horizontes e fazer uma imersão em como o mundo está pensando as inovações e investindo no que moldará o futuro adiante.

Tópicos do dia

Economia

  1. Atenções voltadas hoje para os dados do mercado de trabalho nos EUA. No Brasil, reduzimos nossas projeções de PIB para 2021 e 2022, pois a economia está perdendo fôlego antes do esperado.

Política

  1. Congresso americano evita shutdown

Empresas

  1. Principais notícias dos setores

Mercados

  1. Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Apple impactada por falta de chips

ESG

  1. China divulga plano de cinco anos para desenvolvimento verde | Café com ESG, 03/12
  2. Principais Insights da Expo Dubai | Tecnologia, inovação e sustentabilidade: A tríade que moldará o futuro


Veja todos os detalhes

Economia

Atenções voltadas hoje para os dados do mercado de trabalho nos EUA. No Brasil, reduzimos nossas projeções de PIB para 2021 e 2022, pois a economia está perdendo fôlego antes do esperado.

  • Os dados do mercado de trabalho dos EUA de novembro serão publicados hoje. O mercado espera que 550 mil empregos líquidos tenham sido criados e que a taxa de desemprego recuou de 4,6% em outubro para 4,5%. Um número mais forte do que o esperado poderia consolidar a visão do mercado de que o Fed (banco central americano) pode começar a aumentar as taxas de juros já no primeiro semestre de 2022. A sólida criação de empregos privados ADP e os baixos números iniciais de pedidos de auxílio-desemprego publicados esta semana reforçam essa visão. O presidente do Fed, Jerome Powell, já afirmou que a autoridade monetária pode optar por reduzir as compras de títulos mais rapidamente em resposta à alta inflação. Outro destaque hoje será o Índice de Serviços ISM de novembro;
  • A OPEP e seus aliados decidem manter seu plano de aumento da oferta de petróleo. Mas disseram que poderiam rever a decisão a qualquer momento se a demanda cair em resposta à variante Ômicron do coronavirus. Os preços do petróleo estão ligeiramente em alta esta manhã, oscilando em torno de 70 dólares por barril;
  • O PIB do Brasil caiu 0,1% no 3º trimestre (4,0% ano contra ano), aproximadamente em linha com nossa expectativa e consenso de mercado. Do lado da oferta, o PIB de Serviços permaneceu em uma trajetória de recuperação sólida devido à reabertura econômica, compensando (quase totalmente) a estabilidade do PIB da indústria e a queda do PIB da Agricultura e Pecuária. Do lado da demanda, a recuperação do Consumo total (que teria sido mais forte não fosse o aumento da inflação) superou a estabilidade dos Investimentos e a contribuição negativa do Setor Externo. Mais uma vez, a variação nos Estoques puxaram para baixo o crescimento total do PIB no último trimestre. Por enquanto, vemos a atividade doméstica crescendo modestamente no 4º trimestre (0,3% no trimestre; 1,3% no comparativo anual);
  • O Senado aprovou a “PEC dos Precatórios”, emenda constitucional que abre espaço para novas despesas no próximo ano. Partes do texto que foi aprovado antes na Câmara foram modificadas, então essas partes devem voltar para a Câmara. Em teoria, as partes do texto que não foram modificadas poderiam já ser promulgadas. Mas ainda não está claro se o Parlamento seguirá essa estratégia, ou se o texto todo voltará para a Câmara;
  • Publicamos nosso relatório Brasil Macro Mensal esta manhã. A atividade econômica perdeu força antes do esperado. Cortamos nossa projeção de crescimento do PIB para 2021 de 5% para 4,5% e também reduzimos a projeção para 2022 de 0,8% para 0%. O Banco Central tende a manter o ritmo de aperto por mais tempo, considerando a inflação elevada e as incertezas fiscais. Dessa forma, ajustamos nossa taxa Selic terminal de 11,0% para 11,5% (22 de março). O crescimento econômico mais fraco, no entanto, deve abrir espaço para cortes nas taxas antes do final do ano de 2022.

Política

Congresso americano evita shutdown

  • Na seara internacional, o Congresso americano aprovou nova extensão do orçamento para entes públicos, o que evita um shutdown no fim desta sexta-feira (3). A extensão permite funcionamento do governo até o dia 18 de ferreiro, quando o tema deve voltar para a agenda parlamentar.

Empresas

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Banco Inter desiste de listagem na Nasdaq. Muitos acionistas preferiram receber em dinheiro e não em BDRs, o que acabou inviabilizando a operação. (Valor);
    • Mercado Pago lança investimento em criptomoedas diretamente no aplicativo. (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Ômicron soma-se a juros e eleição como obstáculo à retomada (Folha);
    • Lojistas de shopping temem por Natal mais magro (Folha);
    • Black Friday: Shopee vende 10 vezes mais produtos de brasileiros do que em 2020 (Mercado&Consumo);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Índice de preços globais de alimentos da FAO atinge máxima desde junho de 2011 (Valor);
    • Usinas da Índia elevam produção de açúcar, mas tiram o pé das exportações (Valor);
    • New Active ETF ‘YUMY’ Will Target the Future of Food (Bloomberg);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Conta de luz: bandeira tarifária de 2022 dependerá ‘unicamente do cenário hidrológico’, diz CCEE. (Valor Econômico);
    • Petróleo fecha a em alta, apesar da decisão da Opep+ de ampliar a produção. (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Apple impactada por falta de chips

  • Apple planeja reduzir produção do iPhone 13 em 10 milhões de unidades por conta da redução de demanda pelo produto;
  • Facebook retira restrições que impediam empresas relacionadas a criptoativos de veicular anúncios em suas plataformas;
  • A Federal Trade Commission anunciou que irá entrar com ação para bloquear a fusão da NVIDIA com a ARM;
  • Índice Efetivo de Lockdown do Goldman Sachs apresenta tendência de queda mesmo com o surgimento de novas variantes do COVID-19;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

China divulga plano de cinco anos para desenvolvimento verde | Café com ESG, 03/12

  • Após dias consecutivos de queda, o mercado encerrou o pregão de ontem em território positivo, com o Ibov e o ISE em alta de +3,7% e +2,6%, respectivamente;
  • No Brasil, a mais recente edição do ranking da FAIRR Initiative, uma associação global de investidores que analisa as políticas ESG de companhias de capital aberto do setor de proteínas animais, destacou que os frigoríficos brasileiros estão avançando nas medidas anunciadas a respeito do tema, enquanto o mapeamento completo da cadeia continua sendo um desafio;
  • No internacional, (i) o Ministério da Indústria da China divulgou hoje um plano de cinco anos que visa o desenvolvimento verde de seus setores industriais, prometendo reduzir as emissões de carbono e poluentes e promover as indústrias emergentes; e (ii) investidores europeus que no passado ameaçaram se desfazer da posição no Brasil por conta do desmatamento não o fizeram, mesmo com novos números mais alarmantes, e a falta de ação gerou preocupações sobre o compromisso dos gestores de ativos de tomar medidas eficazes caso as metas ambientais não sejam cumpridas. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.

Principais Insights da Expo Dubai | Tecnologia, inovação e sustentabilidade: A tríade que moldará o futuro

  • Com o objetivo de expandir os horizontes e fazer uma imersão em como o mundo está pensando as inovações e investindo no que moldará o futuro adiante, fomos para a Expo Dubai, com apoio da nossa parceira Fanato Incentive. Sendo o maior evento do mundo ao reunir mais de 20 milhões de pessoas em seus 6 meses de duração, ele acontece desde 1851, de 5 em 5 anos, reunindo diversos países com o intuito central de exibir suas inovações;
  • O mundo tem vivido profundas e aceleradas transformações – e sairá à frente quem conseguir traduzi-las em oportunidade. Oportunidade de fazer a diferença criando ou investindo nas soluções do futuro que já chegou;
  • Dito isso, publicamos um Ebook com o feedback completo da nossa experiência, em que buscamos: (i) trazer mais contexto acerca das razões pelas quais fomos a Expo Dubai; (ii) explorar o que é e como funciona o evento; (iii) compartilhar mais detalhes da nossa experiência, trazendo os principais destaques e aprendizados que tivemos em cada um dos três distritos da feira; e (iv) destacar uma mensagem final aos investidores, trazendo o que vemos de fundamental para eles dado os tópicos explorados ao longo do conteúdo. Clique aqui para acessar o Ebook completo.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.