XP Expert

FOMC, Treasuries, China, Elon x Zuck e Alibaba | ūüĆé Top 5 temas globais da semana

1. Ata do FOMC 2. Treasuries ameaçam rali 3. China vs. EUA e visita de Yellen 4. Musk vs. Zuck 5. Alibaba dispara

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

1. Ata do FOMC e dados de atividade elevam a chance de novas altas de juros

A semana foi repleta de divulga√ß√Ķes econ√īmicas importantes que elevaram a probabilidade de novas altas de juros pelo comit√™ de pol√≠tica monet√°ria do Fed (FOMC), o que prejudica a expectativa de lucros futuros das empresas e provoca quedas nos mercados. Nessa semana, o √≠ndice S&P 500 caiu -1,1%, enquanto o Nasdaq 100 caiu -0,8%.

Os dados do índice ISM reforçaram a resiliência da economia americana, em especial no setor de serviços, e os diversos indicadores de emprego divulgados nessa semana mostraram que o mercado de trabalho permanece superaquecido e ainda está longe de se ajustar à política monetária contracionista. O mais importante dos dados de emprego, o Payroll, indicou que foram criados 209 mil postos de trabalho em junho, o que provocou leve queda no desemprego (de 3,7% em maio para 3,6% em junho) e um aumento de 0,4% nos salários. Em conjunto, esses dados dão tração à demanda e dificultam o combate à inflação.

A ata do FOMC, divulgada nessa semana, refor√ßou que o comit√™ possui inten√ß√£o de seguir aumentando juros ap√≥s ter mantido a taxa inalterada na √ļltima reuni√£o, na faixa de 5-5,25% a.a.. Segundo a ata, os membros do comit√™ julgam que “incrementos adicionais na Fed Funds Rate ao longo de 2023 seriam apropriados”, em linha com a comunica√ß√£o recente.

2. Treasuries ameaçam rali

O impacto mais relevante dos dados mais fortes que o esperado da economia americana foi sentido no mercados de juros globalmente. Taxas subiram em diversos pa√≠ses e regi√Ķes, derrubando os pre√ßos dos t√≠tulos de d√≠vida. Olhando especificamente para as Treasuries americanas, vimos as taxas de t√≠tulos de 2 anos ultrapassarem o patamar de 5%a.a., n√≠veis alcan√ßados antes da crise dos bancos regionais em mar√ßo, t√≠tulos de 10 e 30 anos tamb√©m subiram e ambos os v√©rtices fecharam a semana acima dos 4%. Ao todo, na semana, houve um aumento de cerca de 20 pontos base nos v√©rtices mais longos.

Taxas mais altas significam preços dos títulos de dívida mais baixos. Se olharmos o ETF TLT (iShares 20+ Year Treasury Bond ETF) que investe em títulos mais longos, vimos a maior queda semanal desde dezembro de 2022, -3,3%. Taxas mais altas não impactam apenas os títulos de dívida diretamente ligados a elas mas, ao se tratar da taxa livre de risco que serve de base para a precificação e valoração de praticamente todos os ativos do mundo, esperamos impactos em outros mercados.

Comparando, por exemplo, o ETF mencionado (TLT) com o ETF do Nasdaq 100 (QQQ), vemos que existe uma correla√ß√£o entre os ativos. Ambos andaram praticamente juntos de mar√ßo de 2021 a mar√ßo de 2023, quando entendemos que as preocupa√ß√Ķes com a abertura da curva deixaram de ser uma grande preocupa√ß√£o do mercado e a inje√ß√£o de liquidez pelo Fed e Tesouro ajudaram a alimentar um grande rali em nomes ligados a tecnologia (e A.I.).

Com as taxas de juros das Treasuries voltando a dar sinais altistas, vemos este como mais uma camada no muro de preocupa√ß√Ķes para o mercado escalar. Talvez uma camada alta demais para ignorar. Para entender quais outros riscos e nossa vis√£o para os pr√≥ximos meses, acesse o relat√≥rio ‚ÄúOnde Investir no segundo semestre de 2023?‚ÄĚ publicado esta semana.

3. China x EUA: Yellen visita a China e adota tom conciliador

As tens√Ķes geopol√≠ticas entre Estados Unidos e China seguem escalando: os Estados Unidos consideram impor restri√ß√Ķes de acesso √† China a servi√ßos de nuvem, numa tentativa de conter o avan√ßo de desenvolvimento de tecnologias de intelig√™ncia artificial (AI); e a China reagiu anunciando redu√ß√£o em suas exporta√ß√Ķes de terras raras, metais essenciais para a produ√ß√£o de semicondutores e ve√≠culos el√©tricos.

A visita de Janet Yellen, secret√°ria do tesouro americano, √† China acontece com esse pano de fundo conturbado. Yellen criticou o tratamento do governo chin√™s a empresas americanas, mas posteriormente adotou um tom mais conciliador ao tratar com o primeiro-ministro chin√™s, Li Qiang. Em um discurso, Yellen declarou que os EUA n√£o buscar√£o distanciamento econ√īmico da China e que buscam uma competi√ß√£o econ√īmica saud√°vel que beneficie ambos os pa√≠ses a longo prazo.

Em rela√ß√£o aos recentes an√ļncios de restri√ß√Ķes impostas pelo governo americano, Yellen declarou que os EUA precisar√£o tomar medidas para proteger a seguran√ßa nacional, o que pode gerar discord√Ęncias mas que os pa√≠ses n√£o devem “permitir que qualquer diverg√™ncia leve a mal-entendidos que piorem desnecessariamente nosso relacionamento econ√īmico e financeiro bilateral”.

O FXI, ETF que acompanha a performance das principais empresas chinesas, fechou no 0 a 0 numa semana de mais volatilidade devido √† incerteza causada pelas not√≠cias. J√° o ETF que segue as principais empresas chinesas de tecnologia, KWEB, teve alta de 2,0% em fun√ß√£o das not√≠cias de Alibaba, comentadas mas a fundo no √ļltimo t√≥pico desta publica√ß√£o.

4. Musk x Zuck – Duelo de tit√£s

Dois dos homens mais ricos do mundo est√£o em rota de colis√£o. Elon Musk, em primeiro lugar com uma fortuna estimada em US$ 244 bilh√Ķes e Mark Zuckerberg, o nono colocado com nada menos que US$ 106bi, desafiaram-se para uma luta. O que come√ßou como uma provoca√ß√£o nas redes sociais ganhou bastante aten√ß√£o j√° tem at√© um promotor (Dana White do UFC) e um favorito. O site de apostas Draftkings coloca o fundador do Facebook como mais prov√°vel para vencer o suposto combate por ser doze anos mais novo e praticante de artes marciais.

Para o leitor que est√° se perguntando qual a import√Ęncia de uma luta entre dois bilion√°rios para os Top 5 temas globais da semana, a resposta √©: nenhuma! Por√©m lembremos como essa briga come√ßou. Em resposta a um usu√°rio no Twitter que afirmava que a Meta Platforms estaria programando o lan√ßamento de um app para concorrer com o Twitter, Elon Musk disse: ‚ÄúTenho certeza de que a Terra mal pode esperar para estar exclusivamente sob o controle de Zuck, sem outras op√ß√Ķes.‚ÄĚ. Da√≠ para frente, a situa√ß√£o foi ladeira abaixo.

Por√©m, os rumores eram verdade e a Meta Platforms, de fato, lan√ßou um novo app nesta semana chamado Threads, que faz exatamente a mesma coisa que o, adivinhem, Twitter! A companhia de Zuckerberg √© conhecida por adotar conceitos j√° estabelecidos de outras plataformas e incorporar √†s suas redes. Os stories foram uma resposta direta ao sucesso do Snapchat e os reels uma forma de combater os avan√ßos do TikTok. Com a possibilidade de usar os dados de login do Instagram para criar contas no novo app, Threads, a nova iniciativa j√° √© um sucesso de ades√£o. Mais 70 milh√Ķes de pessoas criaram suas contas na nova rede.

Com uma base de usu√°rios ativos de mais de 2 bilh√Ķes, o Instagram precisa de pouco menos de 25% de ades√£o para superar os 238 milh√Ķes que o Twitter reportou em sua √ļltima divulga√ß√£o de resultados antes de Musk fechar o capital da empresa. Essa possibilidade de domin√Ęncia de um novo mercado animou os investidores e a Meta subiu 1,2% numa semana que o S&P 500 caiu 1,1%. Assim, a performance da META no ano sobe para impressionantes 141,4%%. A√ß√Ķes da Tesla, de Elon Musk, tamb√©m performaram bem na semana, subindo +4,7%, mas duvidamos que seja algo relacionado √†s fotos de seu CEO treinando artes marciais.

5. Alibaba dispara após fim de investigação em subsidária

Alibaba (BABA) subiu 8,6% na semana, sendo 8,0% apenas na sexta-feira, ap√≥s a not√≠cia de as autoridades chinesas encerraram uma investiga√ß√£o sobre sua subsidi√°ria, a fintech Ant Group, que recebeu uma multa equivalente a US$ 982 bilh√Ķes por violar leis de prote√ß√£o do consumidor e governan√ßa corporativa.

O banco central da China (PBoC) anunciou a penalidade, que conclui a revis√£o regulat√≥ria da companhia. O PBoC est√° desde outubro de 2020 (data do cancelamento de seu IPO de US$ 34 bilh√Ķes) por tr√°s de uma reestrutura√ß√£o do Ant Group. A fintech administra a plataforma de pagamento digital Alipay, e seus neg√≥cios incluem processamento de pagamentos, empr√©stimos ao consumidor e produtos de seguros. Com o fim do embargo regulat√≥rio, o Ant Group deve retomar em breve seus planos de realizar um IPO.

O Alibaba det√©m aproximadamente um ter√ßo do Ant Group, e suas a√ß√Ķes tamb√©m se beneficiam nessa semana do an√ļncio de que est√£o desenvolvendo equivalentes ao chatGPT para serem incorporados aos seus produtos. Recentemente, Alibaba anunciou sua pr√≥pria reestrutura√ß√£o e mudan√ßas no comando, confira mais detalhes aqui.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O qu√£o foi √ļtil este conte√ļdo pra voc√™?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conte√ļdos por e-mail?

Cadastre-se e receba gr√°tis nossos relat√≥rios e recomenda√ß√Ķes de investimentos

Disclaimer:

Este relat√≥rio foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (‚ÄúXP Investimentos‚ÄĚ) e n√£o deve ser considerado um relat√≥rio de an√°lise para os fins do artigo 1¬ļ da Instru√ß√£o CVM n¬ļ 598/2018. Este relat√≥rio tem como objetivo √ļnico fornecer informa√ß√Ķes macroecon√īmicas e an√°lises pol√≠ticas, e n√£o constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicita√ß√£o de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participa√ß√£o em uma determinada estrat√©gia de neg√≥cios em qualquer jurisdi√ß√£o. As informa√ß√Ķes contidas neste relat√≥rio foram consideradas razo√°veis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes p√ļblicas consideradas confi√°veis. A XP Investimentos n√£o d√° nenhuma seguran√ßa ou garantia, seja de forma expressa ou impl√≠cita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatid√£o dessas informa√ß√Ķes. Este relat√≥rio tamb√©m n√£o tem a inten√ß√£o de ser uma rela√ß√£o completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opini√Ķes, estimativas e proje√ß√Ķes expressas neste relat√≥rio refletem a opini√£o atual do respons√°vel pelo conte√ļdo deste relat√≥rio na data de sua divulga√ß√£o e est√£o, portanto, sujeitas a altera√ß√Ķes sem aviso pr√©vio. A XP Investimentos n√£o tem obriga√ß√£o de atualizar, modificar ou alterar este relat√≥rio e de informar o leitor. O respons√°vel pela elabora√ß√£o deste relat√≥rio certifica que as opini√Ķes expressas nele refletem, de forma precisa, √ļnica e exclusiva, suas vis√Ķes e opini√Ķes pessoais, e foram produzidas de forma independente e aut√īnoma, inclusive em rela√ß√£o a XP Investimentos. Este relat√≥rio √© destinado √† circula√ß√£o exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes aut√īnomos da XP e clientes da XP, podendo tamb√©m ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodu√ß√£o ou redistribui√ß√£o para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o prop√≥sito, sem o pr√©vio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos n√£o se responsabiliza por decis√Ķes de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informa√ß√Ķes divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer preju√≠zos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utiliza√ß√£o deste material ou seu conte√ļdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a miss√£o de servir de canal de contato sempre que os clientes que n√£o se sentirem satisfeitos com as solu√ß√Ķes dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informa√ß√Ķes sobre produtos, tabelas de custos operacionais e pol√≠tica de cobran√ßa, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, √© uma institui√ß√£o financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunica√ß√£o atrav√©s de rede mundial de computadores est√° sujeita a interrup√ß√Ķes ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recep√ß√£o de informa√ß√Ķes atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por for√ßa de falha de servi√ßos disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A √© institui√ß√£o autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.