XP Expert

Ação da Amazon salta com vendas fortes e Apple bate estimativas – 🌎 Radar Global

Resultados da Apple, Amazon, Merck e Intel movimentam o mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem positivas (EUA +0,8% e Europa +0,9%) colocando S&P 500 em linha para seu melhor mês em quase dois anos. A contração de -0,9% anualizada do PIB americano acabou dando suporte para a narrativa de que a inflação deve arrefecer e o Federal Reserve pode se tornar menos agressivo nas próximas altas de juros. A temporada de resultados seguirá hoje com as petrolíferas (Exxon Mobil e Chevron) e as empresas de bens de consumo (Procter & Gamble e Colgate-Palmolive). Até o momento, das 245 empresas do S&P 500, que divulgaram seus balanços, 76% superaram as estimativas de lucro, segundo a Refinitiv. Na Europa, ambos o crescimento (0,9% a.a. vs. 0,2% a.a. do consenso) e inflação (8,9% a.a. vs. 8,7% a.a. das projeções) da zona do euro superaram as expectativas. Embora o turismo esteja contribuindo para a atividade econômica local, o crescimento futuro segue incerto para o continente com a atual crise energética e alta dos preços. Na China, o índice de Hang Seng (-2,3%) encerra em baixa com novos temores regulatórios e anúncios moderados de estímulos. Representantes do governo afirmaram que vão priorizar a estabilidade de preços e não devem acelerar os gastos em infraestrutura para que o país atinja a meta de crescimento de 5,5% em 2022. Além disso, as autoridades reforçaram sua postura em relação à política de zero-covid. Por fim, o bilionário Jack Ma planeja abrir mão do controle de sua participação na Ant Group para reduzir riscos regulatórios e as empresas de entrega de alimentos, como a Meituan, foram intimadas para tratar sobre competição baseada em baixos preços.

Confira as expectativas para os resultados das empresas dos Estados Unidos nessa temporada
Aberta a temporada de resultados do 2º trimestre

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Apple supera as expectativas com vendas de IPhones melhor que o esperado: A Apple (NASDAQ: AAPL, BDR: AAPL34) reportou receita de US$ 83,0 bilhões vs. US$ 82,7 projetados pelo mercado, enquanto o Lucro Por Ação (LPA) foi de US$ 1,20 vs. US$ 1,15. Os números do trimestre ficaram levemente acima das expectativas, com as vendas do iPhone se mantendo melhor do que o esperado. A Apple alertou no início deste ano que esse trimestre seria um período difícil, com problemas na cadeia de suprimentos, reduzindo as projeções de vendas em US$ 4 bilhões a US$ 8 bilhões. Mas, no estilo típico da companhia, entregaram um número melhor que o esperado. Ainda assim, os números do iPhone sugerem que a companhia está enfrentando uma desaceleração nos gastos com smartphones.

Embora o CEO Tim Cook tenha abordado o cenário desafiador, com “ventos contrários” que prejudicaram a Apple, ele previu que as vendas podem começar a aumentar nos próximos meses. Mas, pontuou que o dólar forte ameaça afetar a receita. Cook também observou que as restrições de oferta podem ter mascarado se a demanda do consumidor está diminuindo. Como o Mac e o iPad, por exemplo, “não tínhamos produto suficiente para testar a demanda”, disse ele. A Apple não forneceu orientações específicas para o período, dando continuidade a uma abordagem adotada no início da pandemia.

Ação da Amazon salta depois da empresa reportar vendas fortes e aliviar preocupações: A Amazon (NASDAQ: AMZN, BDR: AMZO34) reportou receita de US$ 121,2 bilhões vs. US$ 119,5 projetados pelo mercado, enquanto o Lucro Por Ação (LPA) foi de US$ 0,51 vs. US$ 0,52. A companhia superou as estimativas e deu uma forte previsão de vendas para o trimestre atual, aliviando as preocupações dos investidores e fazendo com que as ações reagissem em alta após o fechamento. Na divulgação do resultado, O CEO Andy Jassy mostrou-se concentrando em reativar o crescimento das vendas e determinado a desfazer a expansão da era da pandemia, que sobrecarregou a Amazon com um excesso de espaço de armazenamento e muitos funcionários. A companhia está tentando sublocar parte de seu espaço e reduzir contratações. “Apesar das contínuas pressões inflacionárias nos gastos com combustível, energia e transporte, estamos progredindo nos custos mais controláveis, melhorando particularmente a produtividade de nossa rede de atendimento”, disse Jassy no comunicado.

Com as vendas online desacelerando, Jassy está buscando novas fontes de receita. No início deste mês, a Amazon anunciou a compra da empresa de saúde One Medical. A Amazon Web Services, a lucrativa divisão de computação em nuvem, gerou vendas de US$ 19,7 bilhões no trimestre, superando a média das estimativa dos analistas de US$ 19,4 bilhões. A companhia também afirmou que teve uma perda líquida de US$ 2 bilhões nesse trimestre, em comparação com um lucro líquido de US$ 7,8 bilhões no mesmo trimestre do ano anterior. O prejuízo inclui perdas no investimento na fabricante de veículos elétricos Rivian.

Merck surpreende mercado com divulgação de resultados e eleva orientação de receita: A Merck (NYSE: MRK, BDR: MRCK34), divulgou uma receita de US$ 14,6 bilhões vs. US$ 13,9 bilhões projetados pelo mercado, o LPA foi de US$ 1,87 vs. US$ 1,69 esperados pelos analistas. A receita foi impulsionada pelas vendas acima do esperado do medicamento mais vendido da empresa, Keytruda, e do aumento da demanda por sua vacina Gardasil, que protege contra cânceres causados ​​pelo papilomavírus humano (HPV). As vendas do medicamento antiviral para Covid-19 da Merck, Lagevrio, foram de US$ 1,2 bilhão no trimestre, acima das estimativas de US$ 1,1 bilhão, segundo a Bloomberg. Olhando para o futuro, a Merck disse que prevê vendas mundiais em 2022 entre US$ 57,5 ​​bilhões e US$ 58,5 bilhões, anteriormente, a empresa esperava de US$ 56,9 bilhões a US$ 58,1 bilhões. A companhia espera ganhos ajustados para o ano de US$ 7,25 a US$ 7,35 por ação; a orientação anterior era de lucro ajustado de US$ 7,24 a US$ 7,36 por ação.

Voltando para o setor de tecnologia…A Intel (NASDAQ: INTC, BDR: ITLC34) divulgou uma receita de US$ 15,3 bilhões vs. US$ 18,0 bilhões; o LPA foi de US$ 0,29 vs. US$ 0,69, uma surpresa negativa de -58%. Durante o segundo trimestre, o Client Computing Group da Intel, que inclui chips de PC, gerou US$ 7,7 bilhões em receita, queda de 25% e consideravelmente abaixo da estimativa de consenso de US$ 8,9 bilhões segundo a StreetAccount. A pressão competitiva prejudicou a receita da unidade, disse a Intel. Olhando para o futuro, a empresa reduziu suas expectativas e disse que agora vê o lucro ajustado para o ano de US$ 2,30 por ação e receita de US$ 65 bilhões a US$ 68 bilhões. A orientação de três meses atrás era de US$ 3,60 em lucro ajustado por ação sobre US$ 76,0 bilhões em receita. Na divulgação de resultados, a administração da empresa disse que os negócios de data center da Intel cresceriam mais lentamente do que o mercado geral. Analistas de Wall Street e da Barron’s afirmam que a fabricante de chips provavelmente perderá participação de mercado para seu principal concorrente, AMD (NASDAQ: AMD, BDR: A1MD34).

Quer ver o calendário de resultados do 2º trimestre das ações internacionais? Clique aqui.

ANÁLISE

Fonte: Bloomberg

Expectativas de margens de lucros do S&P500 continuam em alta para o próximo trimestre: O gráfico acima, da Bloomberg, mostra que as projeções para as margens de lucro do S&P 500 para o terceiro trimestre são de 13,5%, contra a média trimestral pré-pandemia de 10,5%, segundo dados da Bloomberg Intelligence desde 2010. Mostrando que apesar dos temores de uma recessão estar se aproximando os analistas preveem a resiliência dos lucros, pelo menos acima da média histórica. Contudo, algumas empresas, como o Walmart (NYSE: WMT, BDR: WALM34), estão revisando para baixo suas projeções de lucro do próximo trimestre, visando diminuir o estoque e podendo servir como um sinal de alerta. Se a maior varejista do mundo não consegue manter as margens diante de uma alta inflação e uma desaceleração do crescimento econômico, os outros setores também podem ser seriamente impactados.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.