Radar Imobiliário XP #16

Confira os principais acontecimentos de Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana com pequena queda de -0,10%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos de logística e positivamente pelos fundos de recebíveis. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -0,08%, o XPFT de -0,35% e XPFP de 0,18%.

No Brasil, no cenário político econômico o destaque da semana foi o orçamento público de 2021 que foi sancionado com vetos parciais pelo Presidente Jair Bolsonaro, mantendo acordo que havia sido firmado com o Congresso.

Além disso, com a recente flexibilização das restrições em diversos estados e municípios do Brasil, alguns shoppings retomaram funcionamento com restrições de atividades e com horários reduzidos, enquanto outros, já voltaram com o funcionamento normal.

Por fim, em relação aos fundos imobiliários, a semana foi marcada por transações relevantes tanto no segmento de lajes corporativas como de shoppings. O fundo PVBI11 adquiriu parte de um ativo na Faria Lima além disso, foi firmado um acordo entre a Cyrela Commercial Properties (CCP) e a XP Asset que consiste na venda de parte dos Shopping D, Shopping Cidade São Paulo e Shopping Estação BH, parte do portfólio da CCP.

Sexta-Feira | Dia 23/04

BRCO11 – Neutro: O fundo celebrou a renovação da locação de uma área de 12.488,46m² do imóvel Bresco Canoas para a FM Logistic e acordou a locação de uma área de 8.983,21m² do imóvel Bresco Canoas para a Natura Cosméticos. Os novos contratos resultam em uma desocupação parcial de 35,5% do Imóvel ou de 2,7% da ABL do Fundo, e não devem afetar a capacidade de distribuição de rendimentos atual do Fundo. Estima-se que os valores dos aluguéis dos contratos mencionados devem representar, aproximadamente, R$0,03 por cota do Fundo ao mês.

SDIL11 – Positivo: Foi celebrada a assinatura do Compromisso de Compra e Venda do ativo denominado Centro Logístico Contagem, empreendimento de alto padrão, Classe AAA, localizado no município de Contagem, no principal corredor logístico do estado de Minas Gerais. Com a celebração do CCV e o consequente pagamento da primeira parcela do preço de aquisição, equivalente a R$ 155 milhões. A estimativa de resultado operacional gerado pelo Fundo após esta aquisição é de R$ 0,60/cota/mês.

Quinta-Feira | Dia 22/04

CCP Faz Acordo para Vender Participação em 3 Shoppings para XP (The Capital Advisor)

Após captar quase R$ 1 bi, fundo imobiliário compra 3º. prédio corporativo em menos de um ano (Estadão)

Vilões dos investimentos imobiliários (Estadão)

PVBI11 – Positivo: O Fundo celebrou Instrumento Particular de Promessa de Venda e Compra de Imóvel referente à aquisição de 50% da fração ideal do edifício denominado de Union Faria Lima a ser desenvolvido, com previsão de entrega em 2023. O ativo Union Faria Lima contará com 10.083 m² de área bruta locável, dividida em 20 pavimentos com conjuntos que podem variar de 319 a 603 m². O valor total da transação é de R$ 176,4 milhões e o pagamento após superadas as condições suspensivas, será feito em parcelas. Considerando a renda mínima garantida, essa aquisição representa um cap rate de 6,90% a.a. e, a partir do pagamento da Primeira Parcela, um incremento na receita imobiliária inicial de R$ 0,04 por cota.

Terça-Feira | Dia 20/04

Quais foram os fundos imobiliários mais impactados pela pandemia? (MoneyTimes)

Quasar Asset lança o primeiro fundo imobiliário gerido apenas por mulheres (MoneyTimes)

MALL11 – Positivo: 100% dos shoppings do portfólio dos Fundos voltaram a ficar abertos, observadas as restrições. As principais alterações desde a última atualização ocorreram nos shoppings localizados no estado de São Paulo.

VISC11 – Positivo: Considerando as reaberturas dos shoppings Prudenshopping, Granja Vianna, Ribeirão Shopping, Minas Shopping e Shopping ABC, 100% dos shoppings do portfólio do Fundo encontram-se em funcionamento com horário médio equivalente a 63,3% do horário usual de funcionamento pré-pandemia.

Segunda-Feira | Dia 19/04

Aliansce, Iguatemi e Multiplan retomam atividades no Estado de São Paulo (Valor)

Demanda por galpões estimula investimentos (Valor)

PATC11 – Positivo: O fundo concluiu a compra de mais 1 andar (1.307,68 m² de área BOMA) no Edifício Roberto Marinho Square, pelo valor de R$ 20,9 milhões pago à vista. A gestão estima que a aquisição impacte positivamente a distribuição de rendimentos futuros, com incremento de aproximadamente R$ 0,02 por cota.

RCRB11 – Neutro: O fundo celebrou aditivo ao Contrato de Locação com a CERVEJARIAS KAISER referente aos conjuntos 52, 61, 62, 63, 64, 71, 72, 73 e 74 do Edifício Continental Square, alterando as seguintes condições comerciais: (i) Valor de Locação: com efeitos retroativos a 01 de janeiro de 2021, o valor de locação será reajustado, no âmbito da revisão trianual locatícia, prevista na lei do inquilinato, com aumento de aproximadamente 55% no valor de locação por metro quadrado. (ii) Redução dos conjuntos ocupados: a partir de março de 2021, a Locatária desocupará os conjuntos 52, 71, 72, 73 e 74 do Imóvel, um total de 2.761,73 m², com pagamento integral de encargos e locação até a efetiva desocupação e pagamento de multa por rescisão antecipada. O Fundo fará jus ao recebimento de R$ 0,1416/cota, referente ao aumento da locação proporcional desde janeiro, acrescido das multas de rescisão. A Locatária permanecerá ocupando 2.198,88 m² do Imóvel, referentes aos conjuntos 61, 62, 63 e 64, ou o 6º andar.

Últimos Relatórios

1 Ano de Pandemia: Segmentos mais impactados em FIIs

Lajes Corporativas; Atualizando as teses de Investimento

Galpões Logísticos – Iniciando Cobertura em PATL11 e BTLG11 e Atualizando XPLG11, HGLG11, XPIN11 e SDIL11

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.