Na montanha-russa da crise, esses fundos se destacaram

Confira os produtos que mais se destacaram até agora ao longo de 2020, entre as estratégias do Top 50 e Top 25 da XP Investimentos


Compartilhar:


23 de março de 2020 – foi até então o pior momento da crise para os ativos de risco. Ao final do dia, o Ibovespa acumulava queda de -46,7% no ano, enquanto o IMA-B (índice de títulos públicos atrelados à inflação) caía -10,7% no mesmo período e o IHFA (Índice de Hedge Funds da Anbima) rendia -9,9%.

Foi uma queda incrivelmente rápida para os ativos de risco, seguida, felizmente, por uma recuperação também consideravelmente rápida. Desde o dia 24 de março de 2020, o Ibovespa sobe 44,0%, em conjunto com as altas do IMA-B (11,0%) e IHFA (11,6%).

Nesse ambiente, as dispersões de retornos na indústria de fundos foram elevadas e vimos comportamentos dos mais variados entre os fundos. Há diversos exemplos daqueles que conseguiram navegar bem durante o período da crise e, nesta matéria, destacaremos alguns exemplos dos que, além da performance diferenciada, contam com a presença nos Top 50 Fundos ou Top 25 Prev – nas macroclasses Multimercados e Ações.

Vale destacar que os fundos de crédito privado, incluindo os previdenciários, também têm participado da recuperação da indústria, especialmente desde abril, como abordamos na matéria sobre a retomada dos fundos de crédito privado.


Multimercados Quantitativos

Os grandes destaques da crise.

Apesar de não ser necessariamente verdade para todos, os fundos quantitativos tendem a se comportar melhor em ambientes de alta volatilidade e irracionalidade nos mercados – e foi o que aconteceu em 2020. É a classe que, na média, acumula os maiores retornos no ano.

Entre tais fundos, o Giant Darius é o produto da Giant Steps que atua nos mercados de juros, moedas, ações e commodities em mais de 20 países. O fundo tem uma parcela minoritária da estratégia composta por modelos intradiários – aqueles em que as posições duram menos que 1 dia na carteira – e o grosso da estratégia em modelos variados, que incluem, por exemplo, os chamados trend followers (seguidores de tendência). Segue a mesma estratégia do Giant Zarathustra, com 60% do nível de risco.

O fundo Giant Prev, por sua vez, combina em um fundo as estratégias do Giant Zarathustra e do Giant Sigma – este busca investir em classes de ativo ao redor do mundo de maneira estatisticamente balanceada.

Fonte: Quantum Axis. Data base: 12/08/2020. * Retornos anualizados

Ambos os produtos tiveram seis meses de 2020 no campo positivo e estão em direção a mais um em agosto, o que reflete na boa performance das estratégias. Para entender melhor a visão dos gestores à frente dos fundos, vale conferir a última carta aos cotistas da Giant Steps.

Para investir, acesse:
Giant Darius Advisory FIC FIM
Giant Prev FIE FIC FIM

Multimercados Long Short

Os fundos long short, apesar de investirem majoritariamente em ações, possuem como característica uma exposição direcional baixa à Bolsa – a parcela comprada em ações é balanceada pela parcela vendida. Com isso, os fundos apresentam correlação mais baixa com o Ibovespa, se comparado a estratégias long biased ou long only. Em 2020, muitos produtos dessa categoria conseguiram se proteger das quedas expressivas do índice e se destacam no ano, como é o caso do Moat Capital Equity Hedge:

Fonte: Quantum Axis. Data base: 12/08/2020. * Retornos anualizados

O fundo segue estratégia long short direcional e combina subestratégias de pares intrassetoriais – foco de atuação do fundo – e intersetoriais, além de uma carteira comprada (long only) e posições no índice. O portfólio apresenta exposição líquida que varia de -20% a 20%, com uma volatilidade alvo de 5%.

Em 2020, a maior contribuição de performance veio dos pares intrassetoriais, conforme a gestora mostra no relatório gerencial do Moat Capital Equity Hedge FIC FIM:

Moat Capital – Relatório Gerencial. Data base: 31/07/2020

A gestora mensalmente realiza lives em seu canal do Youtube para trazer sua visão de mercado.

Para investir, acesse:
Moat Capital Equity Hedge FIC FIM

Multimercados Macro

Os fundos macro são os mais representativos entre os multimercados – são as estratégias cujas teses de investimento são baseadas em cenários macroeconômicos e que atuam principalmente nos mercados de taxas de juros, moedas, ações e commodities. Ao longo do ano, enquanto muitos deles sofreram quedas expressivas, houve estratégias que conseguiram se proteger muito bem e acumulam fortes ganhos – é o caso do Ibiuna Hedge STH, do JGP Strategy e suas respectivas estratégias previdenciárias, o Ibiuna Icatu Prev (fechado para captação) e o JGP Multimercado Prev (disponível na XP Seguros e SulAmérica).

Fonte: Quantum Axis. Data base: 12/08/2020. * Retornos anualizados

A Ibiuna é uma casa especializada em operar ciclos globais de política monetária e à frente da estratégia multimercado, estão os gestores Mário Torós e Rodrigo Azevedo, ex-diretores do Banco Central. Ao longo de 2020, a gestora teve vários acertos, mas o que chama atenção é a performance dos fundos no longo prazo. Conforme a gestora exibe em seus relatórios mensais disponíveis em seu site, a maior contribuição veio dos mercados de juros:

Atribuição de Performance – Ibiuna Hedge STH. 31/07/2020
Atribuição de Performance – Ibiuna Prev. 31/07/2020

A JGP Asset Management, por sua vez, apresenta em sua estratégia multimercado um modelo multigestor e historicamente possui consistência elevada na entrega de retornos. Nesse mês, conversamos com a equipe da JGP para uma atualização das estratégias multimercados.

Renda Variável Long Biased

Os fundos de renda variável long biased, como o próprio nome indica, buscam manter um viés comprado em ações, mas possuem a liberdade de ajustar essa exposição conforme a visão de mercado dos gestores, além de montar proteções para o portfólio e, possivelmente, investir em outros mercados, como o de moedas e renda fixa. A flexibilidade ajuda os fundos a se protegerem em períodos de estresse de mercado, como foi o caso do Dahlia Total Return.

Fonte: Quantum Axis. Data base: 12/08/2020. * Retornos anualizados

A estratégia busca um nível neutro comprado em ações em torno de 50% do patrimônio líquido, com um perfil diversificado. Além disso, investe também nos mercados de moedas e renda fixa, o que complementa a estratégia. O fundo também apresenta sua versão previdenciária, o Dahlia 70 XP Seg, o qual encontra-se fechado para captação.

Em sua última divulgação de conteúdo, a gestora explica sua interessante tese de investimento em relação à Pax Americana, que tem permeado de maneira estrutural as alocações dos portfólios da casa.

Para investir, acesse:
Dahlia Total Return Advisory FIC FIM

Renda Variável Long Only

Por fim, na classe de renda variável long only, isto é, a categoria dos fundos que mantêm uma exposição apenas comprada em ações, destacaram-se em 2020 as estratégias internacionais e podemos citar o exemplo do Wellington Ventura Advisory FIA IE – estratégia de ações globais da gigante Wellington, uma das maiores gestoras do mundo e autoridade na gestão de ações.

O fundo distribuído na plataforma da XP acessa o veículo internacional Wellington Global Quality Growth Fund (ISIN LU1084870465), o qual historicamente apresenta entrega de retornos consistentes e acima da mediana de seu grupo de pares de fundos de ações globais – em 2020, tem alta de 11,7%. O portfólio do fundo contém tipicamente entre 60 e 90 papéis, com foco nas regiões da América do Norte e Europa. O processo de investimento leve em consideração, na análise das empresas, diferentes fatores relacionados a Qualidade (“Quality”) e Crescimento (“Growth”).

Fonte: Morningstar Direct. Data base: 17/08/2020

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.