XP Expert

19ª carteira do ISE B3 entra em vigor: O que você precisa saber?

B3 aumenta composição do Índice de Sustentabilidade Empresarial para 78 nomes, adicionando 14 novas companhias - veja aqui os detalhes da 19ª da carteira!

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

78 nomes de 36 setores, com 14 novas companhias e 2 exclusões em relação à última edição

A 19ª carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) entrou em vigor em 2 de janeiro de 2024, passando a ser composta por 78 empresas de 36 setores, um aumento em relação à 18ª carteira, que incluía 66 empresas de 26 setores. Em comparação com a carteira anterior, 62 empresas foram mantidas, 14 foram incluídas, e duas foram excluídas. Apesar das alterações, continuamos a considerar o índice como um filtro crucial para avaliar o desempenho ESG das empresas brasileiras listadas, destacando aquelas que estão bem posicionadas em relação à agenda. No entanto, ressaltamos o nosso entendimento de que mesmo as empresas selecionadas para integrar a carteira têm espaço para aprimorar suas estratégias ESG adiante.


Sobre a metodologia. Em linha com a metodologia do ISE da B3 (link), 187 empresas foram convidadas a participar do processo seletivo deste ano (+2% vs. 2023). Entre os critérios para integrar a carteira, vale destacar: (i) as ações não podem ser classificadas como ‘penny stock’; enquanto (ii) precisam estar entre os ativos elegíveis que, no período de vigência das três carteiras anteriores, em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade, ocupem as 200 primeiras posições. De acordo com as pontuações divulgadas pela B3¹, as três maiores notas individuais foram obtidas pela Vivo (89,16), Lojas Renner (87,82) e Companhia Brasileira de Alumínio (87,31), ativos estes com alto peso no índice.

Analisando o portfólio da 19ª edição do ISE 2024. A nova carteira entrou em vigor no dia 2 de janeiro de 2024, a ser revisada a cada quatro meses, com o primeiro rebalanceamento esperado para maio/24. Analisando o índice deste ano, totalizando valor de mercado de R$874,99 trilhões, vale destacar: (i) a carteira passa a ter 78 ações, contra 66 anteriormente (link para nossa nota sobre a 18ª edição); (ii) essas 78 ações são de 36 setores diferentes (vs. 26 em 2023); (iii) 14 novos nomes: Auren, C&A, Camil, Copasa, Enauta, Equatorial, Grupo Soma, Iguatemi, JSL, Mitre, Porto Seguro, Serena, Ultrapar e Wilson Sons; (iv) apenas 2 empresas que fizeram parte da 18ª edição não chegaram à 19ª: Aeris e Dasa; enquanto 4 empresas foram excluídas da carteira pela B3 durante 2023 por não cumprirem com os padrões mínimos exigidos (e também não fazem parte da edição deste ano): Americanas, retirada em jan/23, Light em mai/23, EDP em jul/23 e Braskem em dez/23; e, por fim, (v) os top-3 setores (segundo classificação da Bloomberg) mais representados pelo número de membros são energia (14), industriais (13) e consumo discricionário (12).

Uma breve nota sobre performance. Desde sua data de lançamento em 2006 até o final de 2023, o ISE B3 apresentou um desempenho positivo de +262% (vs. o índice IBOV que subiu +300% no mesmo período), em grande parte devido ao desempenho inferior do índice em 2022 – como referência, o ISE caiu -14% (contra +4,7% do IBOV) em 2022. Em 2023, o índice subiu +19,2%, em linha com o retorno do IBOV (+22,3% no mesmo período).

Nossa visão em poucas palavras. O ISE B3 continua a ser uma importante medida do desempenho ESG das empresas brasileiras, destacando aquelas que estão bem posicionadas em relação à agenda. Assim, o Índice aumenta a transparência do mercado e apoia os investidores na hora de tomar as melhores decisões de investimento, ao mesmo tempo em que incentiva as empresas listadas a aprimorar suas práticas ESG. No entanto, ressaltamos o nosso entendimento de que mesmo as empresas selecionadas para integrar a carteira têm espaço para aprimorar suas estratégias ESG adiante.

Acesse abaixo o relatório completo em inglês

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.