ESTRATÉGIA ARGENTINA – O pior cenário se materializa

O pior cenário se materializou e as chances de reeleição do presidente Macri agora parecem ser próximas de zero. Com esse contexto, esperamos que o mercado vá de certa forma ignorar as decisões da administração de Macri e focar apenas no que vier da chapa Fernández-Kirchner. Hoje, o Merval caiu 34%, os títulos centenários caíram […]


Compartilhar:


O pior cenário se materializou e as chances de reeleição do presidente Macri agora parecem ser próximas de zero. Com esse contexto, esperamos que o mercado vá de certa forma ignorar as decisões da administração de Macri e focar apenas no que vier da chapa Fernández-Kirchner. Hoje, o Merval caiu 34%, os títulos centenários caíram 25%, com as ações listadas em NY (ADRs) caindo 50%. Nós acreditamos que o ambiente de volatilidade e extrema aversão a risco predomine até que o candidato Alberto Fernández anuncie o futuro ministro da Economia de seu governo. Se um bom nome for indicado (alguém como Martín Redrado, por exemplo) os mercados poderiam se estabilizar. Se a decisão não vier rápido, no entanto, o sistema financeiro da Argentina pode ruir em questão de dias, e a economia logo o seguirá.

Nossa estrategista Daphne Wlaske: “Macri perdeu a PASO (eleição primária) com margem de 15 p.p. em relação à Fernández, com placar de 48% a 32%. Esse resultado é pior que qualquer caso considerado pelo mercado, cuja estimativa mais alta era de 9% de diferença. Com esses números, Fernández ganharia no primeiro turno, por qualquer um dos dois requisitos: (1) mais de 45% dos votos e (2) 10 p.p. de diferença, acima de 40%. Vidal perdeu as eleições na Província de Buenos Aires por 17 p.p. para Kicillof, 53% contra 30%. As eleições contaram com 75% de adesão, em linha com a média histórica.”

Nós não vemos nenhum caminho possível para reverter o cenário eleitoral até outubro, o que indica vitória de Fernández e Kirchner. Um resultado nas urnas positivo para Macri em um eventual segundo turno em novembro também parece improvável dada a atual circunstância.

A maioria dos investidores, nós inclusos, esperávamos sim vitória de Fernández nas primárias, mas com uma margem de 3%-5%, o que daria espaço para que Macri de a volta por cima até a eleição de outubro. Nem nós nem o mercado antevimos o resultado que veio. A tese era que as condições para a reeleição de Macri estavam desenhadas (polarização, melhora nas condições econômicas, estabilidade do câmbio), mas nós provamos errados. As pesquisas também mostravam uma corrida eleitoral acirrada entre Macri e Fernández, algumas com Macri liderando 40% das intenções de voto.

Não vemos nenhum gatilho para uma melhora nos mercados no curto prazo, a medida que a diferença de Macri para o seu oponente é grande demais e não segue nenhuma das hipóteses racionais que nos e o mercado considerávamos. A percepção é que a ideologia está desempenhando um papel mais relevante do que se imaginava. Ainda não está claro como Juntos por el Cambio pode reagir, partido de Macri. Como dizia Mike Tyson: “todos tem planos até serem socados na boca”. Quanto à governabilidade, a esperança é que a chapa Fernández-Kirchner levem adiante uma postura mais moderada, em concordância com o que eles têm defendido até agora. Mas o mercado está desacreditado por ora.

Clique aqui para acessar o relatório completo do reflexo para a bolsa no Brasil.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM