Ibovespa abre a semana em alta com o exterior positivo

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.


Compartilhar:


Clique para ouvir

IBOVESPA 2,0% | 117.518 Pontos

CÂMBIO -0,8% | 5,67/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa abriu a semana com uma alta de +2,00% a 117.518 pontos enquanto o dólar fechou o dia em queda de -0,76% a R$ 5,67. A Bolsa brasileira avançou com um clima de maior apetite por risco de investidores globais, além do salto das ações da Vale, que subiram +6,1% depois do anúncio do programa de recompra de ações. As taxas futuras de juros fecharam o dia de ontem com viés de queda e praticamente sem mudança na inclinação, seguindo alívio no real frente ao dólar. A questão fiscal e os números da pandemia continuam sendo as mais relevantes no cenário local, com o mercado acompanhando as discussões em torno do Orçamento 2021. DI jan/22 fechou em 4,61%; DI jan/24 encerrou em 7,59%; DI jan/26 foi para 8,51%; e DI jan/28 fechou em 8,98%.

No exterior, as bolsas internacionais amanhecem mistas depois do S&P 500 fechar novamente em seu maior nível histórico, impulsionado por dados econômicos positivos. Os mercados americanos reagiram ao relatório de emprego divulgado durante o final de semana e que veio acima das expectativas,  e também ao índice de atividade do setor de serviços que saltou para 63,7, o maior nível já registrado, reforçando o cenário de recuperação no país.

Quanto às discussões sobre o pacote de infraestrutura de USD 2,25 trilhões apresentado pelo governo Joe Biden nos Estados Unidos, uma decisão do Senado pode favorecer o andamento da agenda da Casa Branca. No entanto, diante das divergências entre os membros do partido democrata, o caminho do projeto ainda deve ser sinuoso e deve levar à revisão do texto. Em especial, enxergamos resistência de moderados aos aumentos tributários propostos, que devem ser reduzidos para serem aprovados.

Ainda na seara tributária, a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, defendeu em discurso a adoção de uma alíquota mínima global para os impostos corporativos que permita acabar com a guerra fiscal entre países para atrair multinacionais.

No Brasil, o foco continua nas possíveis soluções para resolver o impasse sobre o Orçamento deste ano. Ontem, em transmissão ao vivo para a XP e o canal Infomoney, o Ministro Paulo Guedes apontou para o veto parcial das emendas como uma potencial solução jurídica e politicamente viável.  Há expectativa de que um parecer do Tribunal de Contas da União sinalize os limites a que o governo pode chegar sem correr risco de ter as contas rejeitadas ou cometer crime de responsabilidade.

Do lado das empresas, a Rede D’Or anunciou ontem (5) a assinatura de um memorando de entendimentos vinculante para a aquisição de 51% do Biocor Hospital, marcando sua entrada no mercado de Belo Horizonte-MG (terceira maior região metropolitana do Brasil) com múltiplos atrativos e espaço para expansão e crescimento orgânico. Em nossa opinião, a notícia é positiva, pois confirma um dos pilares da nossa tese de investimento para a empresa – o crescimento inorgânico. Reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$85/ação.

Tópicos do dia

Acesse aqui o relatório internacional

Agenda de resultados

Resumo dos resultados do 4º tri de 2020: Além das expectativas
Clique aqui para saber mais

Economia

  1. Ministro da Economia Paulo Guedes aponta para veto parcial do Orçamento de 2021, mas as discussões continuam

Política

  1. Política internacional:  Determinação do Senado facilita aprovação de agenda democrata

Empresas

  1. Resumo dos resultados do 4º tri de 2020: Além das expectativas
  2. Rede D’Or São Luiz (RDOR3): Primeira aquisição desde o IPO
  3. Ser Educacional (SEER3): Fechamento da aquisição da IAESB
  4. Notícias Diárias do Setor Financeiro


Veja todos os detalhes

Economia

Ministro da Economia Paulo Guedes aponta para veto parcial do Orçamento de 2021, mas as discussões continuam

  • Nos EUA, o índice de atividade do setor de serviços, medido pelo Instituto de Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês) surpreendeu o consenso de mercado ontem, com um avanço para 63,7 pontos em março – alcançando o maior nível desde 1997 e reforçando o cenário de recuperação no país;
  • Na Zona do Euro, a taxa de desemprego de fevereiro permaneceu estável em 8,3%, surpreendendo positivamente;
  • Nas reuniões do FMI, destaque para possível discussão sobre um imposto mínimo global para multinacionais, na esteira de fala da Secretária do Tesouro dos EUA, Jannet Yellen. Embora a maioria dos países do G20 apoie a ideia de um imposto mínimo global, as negociações também devem incluir um possível acordo sobre tributação digital — que foi bloqueado por desacordos de longa data, em discussões por ora lideradas pela OCDE;
  • Na China, a autoridade monetária (PBoC) pediu aos principais bancos para manter o crescimento de crédito estável até o final do ano para evitar bolhas de ativos após dois meses de expansão;
  • No Brasil, fontes de mídia indicam já haver acordo para que o volume de cortes de emendas do relator aumente de BRL 10 bi para 12.5 ou 13 bi, podendo chegar até a 15 bi, mas que isso segue insuficiente. Em transmissão ao vivo para a XP e o canal Infomoney, Paulo Guedes apontou para o veto parcial das emendas como uma potencial solução jurídica e politicamente viável. As partes também esperam uma sinalização do Tribunal de Contas da União para se movimentar;
  • Ainda no cenário político econômico, jornais reiteram que os técnicos seguem com receios da avançar com a criação de programas. A reedição do Bem, para proteção do emprego formal, estaria atrasada por suposto receio de servidores de serem responsáveis pelo descumprimento de trecho da Lei da Responsabilidade Fiscal (LDO) que, no entendimento deles, obriga a compensação de novos gastos com o corte de despesas ou aumento de receitas. O impasse no orçamento também gera atrasos, por exemplo na antecipação do 13º de aposentados.

Política

Política internacional:  Determinação do Senado facilita aprovação de agenda democrata

  • Em meio a discussões sobre o pacote de infraestrutura de USD 2,25 trilhões apresentado pelo governo Joe Biden nos Estados Unidos, uma decisão do Senado pode favorecer o andamento da agenda da Casa Branca;
  • No entanto, diante das divergências entre os membros do partido democrata consideramos que o caminho do projeto ainda deve ser sinuoso e levará à revisão do texto. Em especial, enxergamos resistência de moderados aos aumentos tributários propostos, que devem ser reduzidos para serem aprovados;
  • Ainda na seara tributária, a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, defendeu em discurso a adoção de uma alíquota mínima global para os impostos corporativos que permita acabar com a guerra fiscal entre países para atrair multinacionais.

Empresas

Resumo dos resultados do 4º tri de 2020: Além das expectativas

  • A divulgação dos resultados do 4° trimestre de 2020 (4T20) das empresas listadas na Bolsa começou no fim de janeiro e todas as empresas do Ibovespa já reportaram seus resultados;
  • 49% dos resultados foram acima das expectativas, enquanto 24% vieram em linha com o que o consenso esperava. Já em relação às projeções da XP, 55% dos resultados foram acima das expectativas e 33% em linha com os nossos números;
  • Após a recuperação do PIB no terceiro trimestre de 2020 de +7,7%, vs. -9,7% no período anterior frente aos duros impactos da pandemia, as empresas têm reportado resultados que dão continuidade ao movimento de recuperação iniciado no 3T20;
  • Nossa análise consolidada sugere que a receita líquida e lucro operacional (EBITDA) das empresas sob nossa cobertura superaram as nossas projeções em +5,66% e +5,74%, respectivamente. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Rede D’Or São Luiz (RDOR3): Primeira aquisição desde o IPO

  • Rede D’Or anunciou a assinatura de um memorando de entendimentos vinculante para aquisição de 51% do Biocor Hospital;
  • O Biocor possui 350 leitos na grande Belo Horizonte-MG e receita estimada de R$300 milhões e EBITDA de R$70 milhões ao ano;
  • O valor da empresa (em inglês enterprise value – “EV”) da Biocor é de R$750 milhões, o que implica uma avaliação EV/leito de R$2,1M (em comparação com ~R$3,5M que consideramos em nosso modelo para aquisições), ou um EV/EBITDA implícito de 10,7x (em comparação com o EV/EBITDA21e atual da RDOR3 de 24,2x);
  • A Rede D’Or planeja adicionar entre 150 e 200 leitos com uma expansão brownfield na área, e deve usar o Biocor como plataforma para futuras expansões em Belo Horizonte;
  • A transação está pendente de aprovação do CADE (Órgão Antitruste), bem como do processo de diligência e assinatura de documentos definitivos;
  • Em nossa opinião, a notícia é positiva, pois confirma um dos pilares da nossa tese de investimento para a empresa – o crescimento inorgânico. Reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$85/ação.

Ser Educacional (SEER3): Fechamento da aquisição da IAESB

  • Ontem (5), a Ser Educacional anunciou o fechamento da compra do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras (“IAESB”), mantenedora do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (“UNIFASB”) localizado na Bahia;
  • Com a aquisição, a Ser irá adicionar 332 alunos e 96 vagas de medicina ao seu portfólio; e 1,6k alunos em 12 diferentes cursos no total;
  • A UNIFASB teve uma receita consolidada de R$42 milhões em 2020;
  • Consideramos o fechamento da transação como positivo para a companhia, mas destacamos que movimentos como esse já estão sendo considerados em nossas estimativas e, portanto, reiteramos a nossa recomendação de Neutra com preço-alvo de R$17,0 por ação para o final de 2021.

Notícias Diárias do Setor Financeiro

  • Acesse este relatório com notícias do setor financeiro que complementam nossos comentários publicados no Morning Call, mas que não consideramos relevantes o suficiente para serem analisadas. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo;
  • Clique aqui para acessar o relatório.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências previstas na Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.