XP Expert

União da Discovery+ e HBO Max criará nova gigante do streaming – 🌎RADAR GLOBAL

Ford impulsiona crescimento na Europa com veículos elétricos, lockdowns em Shenzhen impactam cadeias de produção e União da Discovery+ e HBO Max criará nova gigante do streaming.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem negativos (EUA -0,1% e Europa -1,4%) com a deterioração de sentimento dos investidores à medida que as conversas entre Rússia e Ucrânia apresentaram pouco progresso. Nos EUA, hoje começa a reunião de política monetária do Federal Reserve, que deverá optar por subir a taxa de juros americana pela primeira vez desde 2018. Na China, ambos os índices CSI 300 (-4,6%) e Hang Seng (-5,7%) encerram em forte baixa devido à escalada das preocupações com as restrições impostas para a contenção da pandemia no país. Os novos lockdowns poderão ter um grande peso sobre o crescimento econômico neste ano. Além disso, um anúncio do J.P. Morgan afirmando que 28 ações de internet chinesas não são uma alternativa para se investir no atual cenário geopolítico e com riscos macroeconômicos, contribuiu para uma venda generalizada. Por fim, o petróleo (-5,5%) recua pela manhã com temores de uma queda na demanda chinesa pela commodity.

Coronavírus: CEO da Pfizer afirma que quarta dose contra a Covid-19 será necessária. A companhia sinalizou estar trabalhando em uma nova dose que irá fornecer proteção contra todas as novas variantes do vírus. A perspectiva é de que os dados de laboratório sejam enviados para a aprovação do FDA (Anvisa americana) em um futuro próximo.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Ford (FDMO34) impulsiona crescimento no mercado europeu: A Ford visa expandir seus negócios no mercado europeu, com o plano de lançar sete novos modelos de carros elétricos. O presidente da montadora, Stuart Rowley, afirmou: “Nossa marcha em direção a um futuro totalmente elétrico é uma necessidade absoluta para a Ford, atendendo às necessidades de mobilidade dos clientes de uma Europa em transformação”. A companhia pretende lançar 3 novos modelos elétricos de passageiros e 4 comerciais até 2024, que deverão dar suporte para alcançar a sua meta de vender mais de 600 mil veículos elétricos na região até 2026. A Europa deverá ser um dos motores de crescimento da companhia, que almeja atingir a marca de 2 milhões de veículos elétricos vendidos anualmente ao redor do mundo, com uma margem de lucro operacional de 10% até 2026.

O comunicado da nova estratégia na Europa sucede ao anúncio feito no início do mês sobre o aumento de US$ 20 bilhões nos investimentos para realizar a eletrificação de seus carros, sendo as novas produções um dos direcionamentos do capital. Além disso, a companhia intensificou sua parceria com a Volkswagen, em que utilizará a plataforma de sua rival para produzir um dos modelos elétricos para o mercado europeu. Como resultado, empresa dobrará seu volume planejado com o mecanismo da concorrente, para 1,2 milhões de unidades em 6 meses.

Nova gigante do streaming? Fusão entre Discovery+ (DCVY34) e HBO Max da WarnerMedia tornará as empresas um dos maiores veículos de mídia dos Estados Unidos, planejando também combinar seu serviço de streaming Discovery+ com o HBO Max. O diretor financeiro da Discovery, Gunnar Wiedenfels, afirma que a união dos serviços criará um produto mais atraente. “O poder de aquisição de clientes da HBO Max, combinado com o poder de retenção do conteúdo do Discovery, resultará em um produto forte direto para o consumidor”, afirmou Wiedenfels ao Detsche Bank Annual Media.

A empresa terá de harmonizar as plataformas de tecnologia para fornecer mais de 200 mil horas de filmes e episódios de televisão em um único produto de streaming. Em adição, o Discovery+ trará seus 22 milhões de assinantes e o HBO Max seus 73,8 milhões, unindo em um número significativo de clientes.

Shenzhen decreta novos lockdowns com aumento de casos da COVID-19: Os fornecedores da Apple, incluindo a Foxconn, foram forçados a suspender a produção depois que a China iniciou lockdowns parciais nas cidades de Shenzhen e Shanghai para combater um salto nos casos de COVID-19. O governo de Shenzhen disse na noite de domingo (13) que o transporte público na cidade será interrompido e todos os negócios não essenciais serão obrigados a suspender as operações de segunda (14) a 20 de março. Apenas negócios essenciais para o consumo básico, como mercados, farmácias e instituições médicas, podem continuar funcionando normalmente, enquanto os restaurantes só podem receber pedidos por delivery. As pessoas não devem deixar a cidade a menos que seja necessário, disse o governo local.

Shenzhen é o lar de grandes empresas de tecnologia, como Huawei, Oppo e TCL, e também é um dos maiores centros de fabricação da Foxconn de Taiwan, fornecedora clientes como a Apple (AAPL34), Google (GOGL34) e Amazon (AMZO34). O semi-bloqueio ocorre quando a cadeia de suprimentos global ainda está lutando com uma escassez contínua de chips, além das interrupções de produção e logística pela da guerra na Ucrânia. A Foxconn, maior fabricante de eletrônicos terceirizados do mundo, disse em comunicado na segunda-feira que suspenderia a produção em suas fábricas de Longhua e Guanlan, em Shenzhen, até novo aviso do governo local. A China adotou algumas das medidas mais rígidas do mundo para combater o coronavírus desde o início da pandemia em 2020. As restrições renovadas em Shenzhen seguem os passos da Assembleia Popular Nacional, onde estabeleceram uma meta de crescimento de cerca de 5,5%, uma das metas de crescimento mais baixas em décadas.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Múltiplo P\L do S&P 500 se descolou das taxas de juros reais: O gráfico acima, do Goldman Sachs, mostra que a incerteza geopolítica expandiu a diferença de retorno entre o rendimento dos lucros do S&P 500 (5,3%) e o rendimento real da Treasury de 10 anos (-0,9%) para 6,2%, o nível mais alto desde o início de 2020, atualmente o múltiplo P/L do índice está em 19x . No início de 2022, o valuation das ações estavam alinhados com o aumento das taxas de juros reais. Recentemente, no entanto, essa relação se desvinculou, refletindo um aumento no prêmio de risco atribuído as ações. O rendimento real da Treasury de 10 anos começou o ano em -1,1% e atingiu o pico há um mês em -0,4%. Essa lacuna foi reduzida nos últimos dias devido ao otimismo sobre uma possível solução diplomática para o conflito Rússia-Ucrânia.

O banco espera que a diferença de rendimento seja reduzida do nível atual de 6,2% para 5,3%, próximo aos níveis pré-conflito, resultando um múltiplo P/L de 20x. A diferença de rendimento normalmente diminui à medida que as perspectivas de crescimento econômico melhoram e a incerteza política diminui. Até o final de 2022, o Goldman espera que as pressões inflacionárias diminuam gradualmente, ao passo que os investidores devem passar a ter maior clareza sobre as políticas de aumento de juros do Fed, incertezas geopolíticas e eleições de meio de mandato nos EUA.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.