XP Expert

🌎RADAR GLOBAL: Tesla, ASML e IBM reportam

Recorde da Tesla, aquisição do PayPal e regulação do streaming

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem levemente negativas (EUA -0,3% e Europa -0,2%) após o S&P 500 concluir seu 6º dia consecutivo de ganhos, ficando apenas 0,2% abaixo de sua máxima histórica, impulsionado pela forte temporada de resultados americana. Até o momento das cerca de 70 empresas do índice que reportaram seus balanços, 86% surpreenderam o consenso em lucros, segundo o Refinitiv. Na China (+0,4%), temores com a dívida da Evergrande (-12,5%) escalam novamente ao passo que falha a negociação com a Hopson Development Holdings para a venda de sua divisão de serviços imobiliários, no valor de US$ 2,6bi. O Bitcoin (-0,5%) amanhece em leve queda após atingir sua máxima histórica nesta quarta-feira, impulsionada pelo sucesso do ETF BITO de futuros da criptomoeda.

Coronavírus: Governo Biden prepara-se para tornar as vacinas disponíveis para crianças de 5 a 11 anos em mais de 25 mil consultórios pediátricos e centros de atenção primária, bem como disponibilizá-la em farmácias e escolas, caso sejam aprovadas pelos reguladores federais. O governo informou que adquiriu doses suficientes para inocular as crianças do país e começará a enviá-las por todo o território se e quando a vacina for liberada para uso infantil.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Tesla (TSLA34) cresce menos que o esperado, mas lucra mais: A montadora relatou lucro líquido de US$ 2bi, superando em 14% as expectativas do mercado e gerando um LPA de US$ 1,86. Por outro lado, a receita recorde foi de US$ 13,8bi, levemente abaixo do consenso US$ 13,9bi. Os ganhos vieram com a entrega de 241.300 veículos no trimestre, um aumento de +73% em relação ao ano anterior, sendo menos impactados pela escassez global de semicondutores vs. a indústria automobilística tradicional. Olhando para frente: Em 2021, a Tesla pretende aumentar as entregas de veículos em mais de 50% sobre o total do ano passado de quase meio milhão de unidades. Além disso, pretende inaugurar 2 novas gigafábricas até o final do ano, uma nos EUA e outra na Alemanha.

ASML (ASML34) reporta resultado sólido, mas pontua dificuldades com componentes: A fabricante de equipamentos de semicondutores reportou um lucro líquido de US$ 1,74bi, 7,3% acima do consenso, resultando em um LPA de US$ 4,26; a receita foi de US$5,24bi vs. US$ 5,26bi, em linha com as projeções. Apesar do sólido resultado, a empresa afirmou encontrar dificuldades na obtenção dos componentes utilizados em sua linha de produção, causando um sentimento negativo nos investidores. Em contrapartida, a ASML afirmou possuir altíssima demanda pelos seus produtos e prevê a necessidade de aumentar a capacidade de produção, graças à demanda causada pela transformação digital e a atual escassez de chips. Para o próximo trimestre, as suas projeções apontam para uma receita de US$ 5,87bi. As ações da ASML encerraram o dia em queda de -4,15%.

IBM sofre com a escassez de talentos e desaponta em lucros: A empresa de tecnologia registrou lucro líquido ajustado de US$ 1,3 bilhão, 43% abaixo das projeções dos analistas; a receita obtida de US$17,6bi, veio em linha com os US$17,8bi do mercado. A surpresa negativa do lucro líquido reportado vs. esperado é explicada pelo aumento nos gastos com a obtenção e retenção de mão de obra, um custo que a companhia ainda não conseguiu repassar nos preços de seus produtos finais. Dentre os seus próximos planos está a separação da Kyndril, sua unidade de infraestrutura tecnológica com o intuito de obter um maior foco nos seus segmentos de nuvem e inteligência artificial.

white and blue click pen

PayPal vai às compras (PYPL34): PayPal está em negociações para a compra da gigante de mídia social Pinterest (P2IN34) por um preço potencial de cerca de US$ 70 por ação, o que avaliaria o Pinterest em cerca de US$ 39bi, de acordo com o Bloomberg. As ações do Pinterest dispararam quase +11% após o anúncio, enquanto o PayPal caiu 6%, com mercados céticos quanto a sinergia entre os dois negócios. Olhando pra frente, uma possível aquisição do Pinterest poderia acelerar o e-commerce da empresa, uma indústria em crescimento na qual outros gigantes da tecnologia já estão posicionados.

O PayPal busca se tornar o próximo super app do mundo, semelhante aos chineses WeChat e Alipay. Nos últimos meses, a empresa anunciou que acrescentaria novos serviços em seu aplicativo, incluindo contas de poupança de alto rendimento e descontos e investimento em ações. Com essas mudanças, a gigante dos pagamentos espera que o número de usuários ativos em sua plataforma suba de 403 milhões para 750 milhões até o final de 2025. Caso isso ocorra, a companhia poderia se tornar uma parte ainda mais central da vida dos consumidores, como o Facebook (FBOK34) ou Amazon (AMZO34).

Guerra do Streaming: O órgão de concorrência britânico planeja realizar uma análise do mercado de streaming de música, por alertar que os laços entre os grandes players da indústria musical e as plataformas de streaming podem deteriorar a inovação no setor. Os resultados podem incluir pedir ao governo para alterar as regulamentações, encorajar as empresas a se autorregularem, bem como intervenções contra as empresas.

De olho na indústria da música: Números oficiais mostram que o mercado global de música gravada cresceu +7,4% em 2020, para US$ 21,6 bilhões, com um salto na demanda por serviços de streaming pagos liderando. Além do setor ser dominado por poucos nomes como Spotify, Apple Music, Amazon e YouTube, que, somadas, detêm 80% do consumo de música, artistas alegam que não recebem uma parte justa das plataformas de streaming. Um relatório adicional do governo britânico também observou que as 3 principais empresas da indústria, Universal, Sony e Warner, detêm até 75% do mercado de gravação do Reino Unido e possuem proximidade com plataformas de streaming, levando os legisladores a questionar o nível de concorrência no setor.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Europa está barata? O gráfico acima apresenta que a diferença entre o preço sobre o lucro projetado para os próximos 24 meses dos EUA em relação a Europa se encontra no nível mais alto dos últimos 20 anos. A Europa é um continente que, em geral, possui empresas mais cíclicas e atreladas ao seu crescimento econômico, já os EUA, possui um grande número de empresas de forte crescimento em seu índice. Logo, a diferença de múltiplos seria justificada pelo prêmio atribuído ao potencial de crescimento das empresas americanas. Porém, estamos em um período de riscos inflacionários e uma potencial inclinação da curva de juros, cenário este que favorece as empresas de valor presentes no continente europeu. A diferença de múltiplos, no momento atual, pode representar uma oportunidade para que os investidores acessem as empresas de valor europeias a um preço relativo historicamente mais baixo que as encontradas nos EUA.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.