XP Expert

🌎RADAR GLOBAL: Privacidade ou segurança?

Facebook vs. Apple, vacinas bilionárias e Boeing no espaço

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem negativas (EUA -0,3% e Europa -0,6%) enquanto investidores digerem dados de confiança do consumidor dos EUA de 70,2 pontos, o menor desde 2011. Na China (-0,1%), o mercado fechou em queda após dados de produção industrial, investimentos em bens de capital e vendas do varejo desacelerarem mais que o esperado, confirmando que a variante Delta pode estar afetando a retomada econômica do país. O Bitcoin (+1,5%) negocia acima dos 47 mil dólares e a capitalização de mercado das criptomoedas volta ao patamar de US$ 2tri pela 1ª vez desde maio.

Coronavírus: Na sexta-feira passada a IBM anunciou que apenas empregados vacinados estão autorizados a retornarem ao trabalho presencial, com data de retorno prevista para 7 de setembro. O CDC americano voltou a sugerir que, apesar da vacina, indivíduos deveriam voltar a utilizar máscaras.

EMPRESAS

Vacinas bilionárias: As farmacêuticas Moderna e Pfizer esperam faturar bilhões de dólares com doses adicionais da vacina contra o coronavírus. Em consequência do avanço da nova variante Delta, países como Chile, Alemanha e Israel já optaram pela aprovação de novas doses para pessoas com imunidade comprometida, comorbidades ou com idade avançada. Até o momento, dados sugerem que há uma queda na imunidade de pessoas vacinadas após 6 meses, indicando que a população mundial precisará de novas doses com o intuito de impedir uma nova onda de contágios e fatalidades futuras. De acordo com o Reuters, caso confirmada a necessidade de doses anuais da vacina, as receitas geradas poderão ser similares as da vacina da gripe (US$ 6 bilhões/ano).

Receita recorrente: Somadas, as empresas farmacêuticas atualmente possuem US$ 60 bilhões de reservas de vacinas para 2021 e 2022. As projeções para 2023 apontam para adicionais US$ 6,6 bilhões de faturamento para a Pfizer e US$ 7,6 bilhões para a Moderna. Olhando para o futuro, a recorrência destas receitas poderá ter um impacto positivo nos resultados e lucros destas empresas assim como de outras produtoras de vacinas contra o COVID-19.

Privacidade ou segurança? O Facebook estendeu sua tecnologia de criptografia para chamadas de voz e vídeo do aplicativo Messenger, bem como planeja implementar o sistema para mensagens privadas do Instagram. A tecnologia “end-to-end” permite que apenas o remetente e o destinatário tenham acesso à informação enviada, fazendo com que nem mesmo o Facebook, hackers ou autoridades consigam ler o conteúdo comunicado em suas plataformas. A proposta garante a privacidade do usuário mas levanta preocupações quanto ao seu uso para finalidades ilegais.

Na direção oposta: Há 7 dias a Apple também anunciou uma atualização para seu próximo sistema iOS 15 que foi na direção contrária da “privacidade total” oferecida pelo Facebook. A nova tecnologia NeuralHash irá escanear todas as fotos dos iPhones nos EUA, bem como o conteúdo armazenado na nuvem (iCloud) e, caso seja encontrado conteúdo impróprio envolvendo menores de idade, estes serão denunciados às autoridades. Os fins justificam os meios? O head do WhatsApp denunciou “o risco de uso da ferramenta por parte de governos que optarem por adotar medidas controladoras.“.

Tem interesse no mercado de segurança cibernética? Acesse nosso CONEXÃO GLOBAL (link).

Desafios espaciais: A Boeing anunciou, novamente, um atraso para o vôo teste de sua espaçonave não-tripulada Starliner. O braço espacial da Boeing foi contratado pela NASA desde 2010 por US$ 5bi para tornar viagens à Estação Espacial Internacional mais baratas. O recente anúncio, que sucede uma missão mal-sucedida há 19 meses, coloca em cheque a capacidade da companhia de acompanhar o desenvolvimento tecnológico de outras gigantes, como a SpaceX (de Elon Musk), que enviou, em maio de 2021, 2 astronautas para a ISS com sua tecnologia de foguetes reutilizáveis.

A Boeing, além de enfrentar a demanda reduzida por aeronaves em função do confinamento, ainda terá de arcar com os custos extras envolvidos nos reparos da Starliner até o próximo vôo teste. O custo ainda não foi anunciado, mas o primeiro atraso resultou em despesas de US$ 410 milhões para a companhia.

ANÁLISES

Fonte: Pew

Europa elétrica: O gráfico acima apresenta o avanço europeu em termos de vendas de carros elétricos/híbridos no ano de 2020. A região assumiu a liderança da China, conquistando uma fatia de mercado de 10% de todas as vendas globais, seguida pela China (5,7%) e EUA (2,0%). A forte adesão do continente é resultado de grandes incentivos e redução de impostos sobre as nova classe de veículos menos poluentes. Recentemente, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou uma ambiciosa meta para tornar elétrica 50% da frota de veículos americana, indicando a forte movimentação do país em direção a sustentabilidade. Do lado das montadoras, a Volkswagen, GM e Ford já anunciaram planos e pretendem eletrificar parcialmente, ou totalmente no caso da GM, seus veículos até 2035.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.