XP Expert

🌎RADAR GLOBAL: Comércio social

TikTok expande comércio, investimentos da Samsung e Microsoft xCloud

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem levemente positivos (EUA +0,1% e Europa +0,1%) ao passo que investidores aguardam o Simpósio de Jackson Hole e novas atualizações sobre os estímulos econômicos nos EUA. Na Europa, o Reino Unido reportou o maior volume de consumo dos últimos quase 7 anos enquanto inventários caíram para o menor nível de que se tem histórico, esta combinação pode gerar pressões inflacionárias na região. Na China (+0,2%), as empresas de tecnologia devolveram um pouco do rali após regulador de segurança cibernética reforçar que companhias chinesas que pretendam fazer IPO, tanto na China quanto fora do país, devem obedecer as leis e regulações nacionais, além de assegurar a segurança da rede chinesa e dados. O petróleo (-0,2%), volta a cair após preocupações com a desaceleração do crescimento chinês e o avanço da variante delta.

Coronavírus: Dr. Fauci afirmou que a recente aprovação da vacina da Pfizer e a potencial aprovação da Moderna e Johnson & Johnson nas próximas semanas pode deixar pademia sob controle até setembro de 2022. Atualmente, 51% da população americana está totalmente vacinada contra a doença.

EMPRESAS

Em busca da liderança: A sul-coreana Samsung afirmou que vai investir US$ 205bi nas suas unidades de semicondutores, biofarmacêuticas (veja mais sobre biotech aqui) e telecomunicações, a fim de expandir a sua presença global e liderar os novos mercados de robótica e telecomunicações. O investimento será liderado pelas subsidiárias Samsung Electronics e Samsung Biologics, as quais revelam planos de se fortificar através de fusões e aquisições a fim de solificar sua presença no setor de tecnologia. Apenas para a Coreia, a companhia reserva US$ 154bi, e espera criar 40 mil empregos até 2023 por meio do investimento.

Olhando para frente: A gigante planeja expandir sua área de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) para aprimorar sua tecnologia de inteligência artificial (IA) e data centers para seus semicondutores. Além disso, a Samsung também investirá US$ 151 bilhões em seu setor de semicondutores, com a meta de ser a maior fabricante de chips lógicos até 2030. Porém, esse mercado está disputado: A TSMC (TSMC34), por exemplo, deseja investir US$ 100 bilhões em capacidade extra de chips nos próximos 3 anos. Já a Intel, prevê gastor menores, embora ela esteja explorando um acordo para comprar a produtora de semicondutores GlobalFoundries Inc. por cerca de US$ 30 bilhões, conforme o Wall Street Journal.

TikTok Shopping: A TikTok expande sua parceria com Shopify para consolidar o seu e-commerce. Em breve, os comerciantes do Shopify com uma conta TikTok For Business poderão adicionar uma nova guia “Compras” a seus perfis na plataforma e sincronizar seus produtos com suas lojas. O projeto piloto já está presente nos EUA e Reino Unido e será implementado no Canadá nas próximas semanas. Além disso, a novidade também posssibilita que os vendedores do Shopify gerem links de seus produtos, que podem ser conectados com seus perfis no TikTok. Após a parceria, a Shopify viu uma demanda crescente pelo “comércio social” em sua base de clientes, que cresceu +76% entre fev./2020 e fev./2021.

Social commerce: Com a pandemia, a conveniência das compras online geraram um crescimento massivo do e-commerce via redes sociais. De acordo com uma previsão da Insider Intelligence, o tempo médio gasto por dia com redes sociais aumentou de 56,23 minutos em 2019 para 65,44 minutos em 2020. Do lado das empresas, o Instagram anunciou que disponibilizará anúncios na aba “lojas” globalmente após uma rodada de testes nos EUA, transformando cada vez mais a sua rede social em um pólo comercial

Games na nuvem: A Microsoft (MSFT34) anunciou que irá expandir seus serviços de jogos em nuvem (Microsoft xCloud), hoje disponível para celular e computador, para o seu console Xbox. Contextualizando, o serviço permite que usuários consumam jogos transmitidos pela nuvem, sem a necessidade de serem instalados nos seus dispositivos, permitindo que aparelhos com baixa capacidade de processamento reproduzam qualquer videogame. Com o movimento, a empresa visa atrair novos usuários para o seu ecossistema e potencializar suas vendas cruzadas de produtos ao passo que estes novos usuários poderão também assinar seu programa de assinatura de jogos, o Xbox Game Pass, por US$ 15/mês. O segmento de gaming vem ganhando cada vez mais relevância para a companhia, visto que somou US$ 15,4bi em receitas em 2020.

Indústria aquecida: Durante a pandemia, o setor apresentou um forte crescimento e hoje é avaliado em US$ 180bi, de acordo com a IDC. Tendo em vista todo este potencial, além da Microsoft, o Google (GOGL34) e a Amazon (AMZO34), também estão investindo em plataformas de games em nuvem com o Google Stadia e Amazon Luna. Esta nova modalidade deve ser responsável por catalisar ainda mais crescimento na indústria, uma vez que games podem ser jogados em diferentes plataformas, sem a necessidade de grande capacidade de processamento, mas de uma boa conexão com a internet.

ANÁLISES

Fonte: Prof G / World Bank

O enriquecimento da população chinesa: O gráfico acima, com dados de 2020, compilados pelo World Bank, mostra os países com o maior PIB do mundo, sendo eles EUA (US$ 20,9tri), China (US$ 14,7tri), Japão (US$ 5,1tri) e Alemanha (US$ 3,8tri). Dentre as maiores economias, apenas a China ainda é considerada um país emergente. Porém, esta realidade vem mudando ao longo dos anos, o gráfico da direita, representa o PIB per capita, que pode ser utilizado como indicador de desenvolvimento, uma vez que mede a renda gerada pelo país dividida pela população total. Como observado no gráfico, a China vem se aproximando cada vez mais da média do PIB per capita mundial e, vale lembrar, que o país é um dos mais populosos do mundo. Colocando em perspectiva, em 1990, 750 milhões de chineses viviam abaixo da linha da pobreza internacional de US$ 1,90/dia e, atualmente este número é inferior a 10 milhões. Todo este “enriquecimento” populacional na china, deverá alavancar ainda mais o desenvolvimento de alguns setores da economia ligados ao consumo, como por exemplo, o varejo.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.