XP Expert

🌎RADAR GLOBAL: Apple e Amazon desapontam expectativas

Amazon desacelera, cadeias globais impactam a Apple e Mastercard recupera volumes pré-pandêmicos

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem negativos (EUA -0,5% e Europa -0,8%) após as gigantes Apple e Amazon reportarem receitas abaixo do esperado em virtude dos problemas com a cadeia de produção, escassez global de chips e altos custos de mão-de-obra, ocasionando um sentimento negativo nos investidores. Ainda nos EUA, dados do PIB (+2%) mostraram o menor crescimento desde o final da recessão de 2020, abaixo dos +2,8% das projeções. Na Zona do Euro, inflação e PIB vieram acima do esperado, sugerindo que uma alta na taxa de juros pelo Banco Central Europeu pode estar no radar, mesmo após decisão de manter a política monetária atual. Na China (+0,9%), o mercado encerrou em alta, impulsionado por novos pagamentos de cupons de dívida da Evergrande. Por fim, no universo das criptos, o Ethereum (+2,7%) amanhece em campo positivo após atingir sua máxima histórica acima dos US$ 4,4 mil no pregão de ontem.

Coronavírus: O número de casos e fatalidades globais causadas registram o primeiro aumento dos últimos 2 meses, impulsionados por infecções na Europa (+18% na última semana), superando a contenção do vírus em outras regiões. Segundo o Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor da organização mundial da saúdes, estes dados servem para lembrar que a pandemia está longe do fim.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Amazon (AMZO34) desacelera suas vendas online e desaponta nos resultados: A Amazon reportou resultados abaixo do esperado para o mercado, com uma receita de US$110bi, inferior aos US$111bi das projeções; o lucro por ação foi de US$6,12, muito aquém dos US$13,2 estimados pelo mercado. A Amazon está sofrendo com a desaceleração do crescimento das vendas à medida que os consumidores voltam às lojas físicas e a empresa enfrenta os desafios da cadeia de suprimentos. Por outro lado, o segmento de nuvem segue sendo um dos motores do crescimento da companhia, totalizando US$ 16,11bi em receitas, com um crescimento de +38,9% vs. trimestre anterior. Para o quarto trimestre, a Amazon prevê vendas entre US$ 130 bilhões e US$ 140 bilhões, representando um crescimento entre 4% e 12%.

Apple reporta dificuldades com a cadeia de produção e decepciona em receitas: Em sua divulgação de resultados, a Apple (AAPL34) apresentou uma receita de US$83,3bi, levemente abaixo dos US$84,6bi esperados pelo mercado, devido às restrições de fornecimento, impulsionadas pela escassez de chips em toda a indústria; seu lucro por ação foi de US$1,23, em linha com as expectativas do mercado. Em contrapartida, a Apple está atualmente em meio a um crescimento massivo, à medida que as vendas de iPhones, iPads e Macs explodiram durante a pandemia, corroborando para um crescimento de receitas total na casa dos 33% ano contra ano. Além disso, o segmento de serviços da companhia cresceu 26% ao ano e, atingiu cerca 745 milhões de assinaturas pagas, incluindo todas as modalidades de subscrição que empresa. A empresa não forneceu projeções para o próximo trimestre.

Starbucks (SBUB34) com resultado sólido, mas enfrenta problemas com a pandemia: Enquanto luta contra os custos crescentes e o impacto contínuo da pandemia, a Starbucks divulgou resultados e sua receita trimestral de US$8,14bi, em linha com os US$8,20bi esperados pelo mercado, já que o ressurgimento do Covid-19 na China enfraqueceu as vendas, mas seu lucro por ação foi de US$1,00, acima dos US$0,99 esperados. As vendas globais nas mesmas lojas aumentaram +17%, perdendo as estimativas de 18,3% e as vendas nas mesmas lojas nos EUA aumentaram 22% no trimestre e 11% em uma base de dois anos. Além disso, a empresa forneceu um guidance de crescimento de apenas 10% em seu LPA para o próximo ano fiscal, decepcionando os 15% projetados por Wall Street e gerando um sentimento negativo por parte dos investidores. Em termos de receita, a empresa espera atingir entre US$ 32,5bi e US$ 33bi no próximo ano e adicionar 2 mil novas lojas globalmente.

Mastercard (MSCD34) apresenta bons resultados: A Mastercard divulgou bons resultados ao mercado, com um lucro por ação de US$2,37, acima dos US$2,18 projetados; e receita foi de US$4,98bi, em linha com os US$4,94bi do consenso. O desempenho da Mastercard foi impulsionado por gastos domésticos saudáveis e crescimento sólido nos gastos internacionais, que recentemente retornaram aos níveis pré-pandêmicos. A companhia também pretende aumentar esforços em serviços de criptomoeda e serviços bancários abertos por meio da aquisição da CipherTrace e da aquisição planejada da Aiia. No mês passado, a Mastercard anunciou que também estava lançando um programa BNPL (buy now pay later) nos Estados Unidos, que está programado para ser lançado em outros mercados no futuro.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Melhora na crise dos semicondutores nos EUA: O gráfico acima mostra que a média dos últimos 3 meses do volume de chips a serem entregues se encontra na máxima histórica, sugerindo que a crise dos semicondutores poderá melhorar nos próximos trimestres. Por outro lado, no gráfico a direita, temos o nível de capacidade sendo utilizado pela produção de chips, que atualmente se encontra perto de 100% para diversas subindústrias, logo, um aumento significativo de oferta ainda é um dos desafios do setor até que novas fábricas sejam construídas e empresas consigam aumentar suas linhas de produção. Segundo o Goldman Sachs, a melhora na escassez de semicondutores nos EUA deverá ser catalisada pelos seguintes fatores: i) aumento de produção no 4º trimestre vs. 3º trimestre ao passo que países asiáticos conseguem conter o avanço da variante delta, ii) melhora na oferta de mão de obra no país em consequência do fim do seguro de desemprego emergencial em setembro, que deverá induzir o retorno de 2-3 milhões de trabalhadores ao mercado de trabalho até meados de 2022, iii) redução no congestionamento de portos nos EUA após períodos comemorativos de fim de ano, levando a uma normalização do fluxo de importações/exportações durante o primeiro semestre do ano que vem. Embora os gráficos sugiram um cenário mais positivo, indústrias altamente afetadas, como a automotiva, deverão continuar com estoques de veículos depletados até o segundo semestre de 2022.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.