XP Expert

Negociações da Evergrande suspensas na bolsa de Hong Kong – 🌎RADAR GLOBAL

Aumento de preços da Xpeng, FedEx decepciona em lucros e negociações da Evergrande suspensas.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem sem direção definida (EUA -0,2% e Europa +0,1%) enquanto Rússia e Ucrânia seguem sem grandes avanços no campo diplomático. Neste domingo, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou que, caso as negociações com a Rússia não progridam, poderemos entrar em uma terceira guerra mundial. Na Europa, o avanço nos casos da Covid-19 começa a causar preocupações, cientistas dinamarqueses acreditam que a subvariante BA.2 é 1,5 vezes mais transmissível que a cepa inicial da Ômicron. Na Alemanha, a nova variação do vírus já é responsável por mais da metade dos casos no país. Na China (-0,2%), o mercado encerra em leve baixa após a decisão do Banco Central Chinês de manter a taxa básica de juros para empréstimos de 1 ano em 3,7%, em linha com o consenso do Reuters. Por fim, o petróleo (+3,5%) amanhece em alta ao passo que países da União Europeia também consideram realizar um embargo às importações da commodity russa.

Coronavírus: A Alemanha planeja gastar US$ 3,14 bilhões para garantir a produção de vacinas contra a Covid-19. O investimento garantirá que o país tenha capacidade de produção interna suficiente para controlar futuros surtos de casos até 2029, de acordo com o Ministério da Economia.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Evergrande suspende negociações na bolsa de Hong Kong: A incorporadora chinesa Evergrande, juntamente com suas outras unidades, suspendeu as negociações em Hong Kong na manhã de segunda-feira (21/03), de acordo com os registros da bolsa. As ações do Evergrande Property Services Group e do China Evergrande New Energy Vehicle Group também foram suspensas sem nenhuma justificativa pública. A pausa ocorre depois que a Evergrande, com sede em Shenzhen, disse em janeiro que pretendia apresentar uma proposta preliminar de reestruturação nos próximos seis meses. A empresa está no centro de uma crise de caixa entre as incorporadoras chinesas após a repressão de Pequim.

Os investidores estão atentos a sinais de novas vendas de ativos, já que o grupo enfrenta pressão de detentores de títulos e credores offshore no que provavelmente se tornará uma das maiores reestruturações da China. A empresa tem mais de US$ 300 bilhões em passivos e está sob pressão para pagar fornecedores e trabalhadores migrantes e concluir milhões de casas inacabadas. No domingo, uma unidade onshore da empresa disse que recebeu a aprovação dos detentores de títulos para adiar o pagamento de cupons de sua nota de quatro bilhões de yuans, o que significa que o atraso não provocará um calote da dívida. As ações da Evergrande subiram 3,8% este ano após uma queda de 89% no ano passado

Aumento de preços da Xpeng: A fabricante chinesa aumentará os preços de seus veículos elétricos em virtude da alta nos preços de matéria-prima. A companhia, que atualmente vende o sedã P7, P5 e o esportivo G3, afirmou que o valor deve subir pouco mais de US$ 1.500 por veículo, não especificando os preços exatos de cada um dos modelos. As montadoras de EVs estão tendo dificuldade no momento com o preço das matérias-primas, como o níquel, que segue em preços elevados após as sanções contra a Rússia e a contínua escassez de semicondutores no mercado, que desfavorece o setor.

Desaceleração à frente? A montadora apresentou resultados relevantes em 2021, com a entrega de quase 42 mil unidades da XPeng no quarto trimestre registrando o aumento de 222% vs. 2020, e mais de 98 mil EVs em todo o ano. A empresa tem projetado, desenvolvido, fabricado e comercializado EVs inteligentes, atraindo uma crescente base de consumidores de classe média no mercado chinês. Contudo, o aumento de preços poderá afetar a demanda por seus veículos no curto prazo.

FedEX (FDXB34) registra lucro abaixo das expectativas: A empresa de entregas dos Estados Unidos FedEx divulgou seu lucro trimestral, com um número abaixo do esperado pelos analistas e um aumento de 10% em sua receita. As altas taxas de envio compensaram o menor número de pacotes enviados neste período, além de as remessas de comércio eletrônico terem impulsionado o seu negócio. Seu lucro foi de US$1,1 bilhão registrando um aumentou 25% em relação ao ano anterior, com a sua unidade de fretes triplicando seu lucro com as taxas elevadas. Além disso, a companhia afirma estar aumentando sua sobretaxa de combustível em todos os serviços de remessa, se protegendo contra o aumento dos custos do combustível.

A FedEx teve suas maiores divisões, Express e Ground afetadas pela variante Ômicron e por altos salários para atrair funcionários, o que prejudicou parcialmente o crescimento do seu lucro. A entregadora embarcou em média 16,8 milhões de encomendas por dia nos últimos três meses vs. 17,6 milhões diários no mesmo período de 2020, em que houve o aumento de encomendas do e-commerce na pandemia. Os executivos da companhia disseram estar passando por dificuldades em suas margens de lucro com a expansão de sua rede de entrega e com a sua busca por mais clientes. Entretanto, o chefe de operações Raj Subramaniam, afirma que ao adicionar clientes e investir em sua rede agora, gerará melhora nos lucros.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Investimento no setor de energia deve aumentar nos próximos anos: O gráfico acima, do Goldman Sachs, mostra que os investimentos em infraestrutura em energia primária caiu 40% na última década, mas o banco espera que esse valor cresça 60% até 2025 para US$ 1,4 trilhão vs. US$ 0,9 trilhão em 2021. Segundo o banco, o setor de energia está sofrendo com a queda de investimentos desde o pico de 2014, os recursos para energia tradicional (petróleo e gás) caem 61% em relação ao pico, gerando uma redução de 35% nos investimentos globais em energia primária, de US$ 1,3 trilhão em 2014 para US$ 0,8 trilhão em 2020. Várias decisões de investimento em projetos de petróleo e gás foram adiadas desde 2014, o foco mudou nos últimos anos para a sustentabilidade energética, mas o crescimento geral dos investimentos em renováveis ​​não foi suficiente para compensar a queda abrupta de recursos investidos em energético tradicional, dada a menor escala e maior intensidade de capital por unidade de saída de energia.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.