XP Expert

Moderna supera estimativas e anuncia US$ 3 bilhões em recompra de ações – 🌎 Radar Global

Resultados acima do esperado da CVS e Moderna e Vendas da Nintendo despencam após o fim da pandemia.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem positivos (EUA +0,4% e Europa +0,7%) após resultados robustos e dados econômicos positivos. Por outro lado, o sentimento segue fragilizado enquanto investidores analisam os desdobramentos das tensões geopolíticas entre EUA e China. Nos EUA, o ISM registrou 56,7 pontos em julho vs. 55,3 pontos em junho, sugerindo que o setor de serviços da economia americana segue aquecido e, uma recessão pode não estar tão próxima quanto o antecipado. Na Europa, hoje teremos a reunião de política monetária do Banco da Inglaterra, expectativas do consenso apontam que o banco central deverá realizar uma alta de 50 bps na taxa básica de juros. Na China, o índice de Hang Seng (+2,1%) encerra em forte alta enquanto o mercado aguarda o início da divulgação das big techs chinesas, começando pelo Alibaba (+5,2%) nesta quinta-feira.

Confira as expectativas para os resultados das empresas dos Estados Unidos nessa temporada
Aberta a temporada de resultados do 2º trimestre

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Moderna supera estimativas e anuncia US$ 3 bilhões em recompra de ações: A Moderna (NYSE: MRNA, BDR:  M1RN34 ) reportou uma receita de US$ 4,7 bilhões vs. US$ 4,0 bilhões projetados pelo mercado, o LPA foi de US$ 5,24 vs. US$ 4,54 esperados pelos analistas. Os custos da empresa de biotecnologia subiram para US$ 1,4 bilhão, ou 30% da receita gerada por sua vacina. A Moderna sofreu com baixas contábeis de US$ 500 milhões em vacinas que expiraram ou devem expirar antes de poderem ser usadas. A empresa também perdeu US$ 184 milhões em compromissos de compra de vacinas e teve US$ 131 milhões em despesas com capacidade de fabricação não utilizada. Essas cobranças se devem a reduções substanciais nas entregas de vacinas esperadas para a Covax.

Olhando para o futuro, a Moderna não mudou suas projeções para o ano inteiro, dizendo que atualmente possui acordos avançados de compra no valor de US$ 21 bilhões para entregas em 2022. Isso apesar de um acordo de US$ 1,7 bilhão que a empresa anunciou com o governo dos EUA na sexta-feira. A empresa disse que o valor foi ajustado para levar em conta as doses garantidas pela Covax. Por fim, a companhia disse que as vendas de vacinas no quarto trimestre devem ser maiores do que as vendas no terceiro trimestre e anunciou que recompraria US$ 3 bilhões em suas próprias ações.

CVS surpreende o consenso e registra aumento de vendas por loja: A empresa de saúde americana reportou seus resultados no período pré-mercado desta quarta-feira, com uma receita de US$ 80,6bi vs. US$ 76,5bi; o lucro por ação foi de US$ 2,4 vs. US$ 2,17 das projeções. Os resultados refletem a forte diversificação da empresa em vários ramos nos negócios de saúde. A CVS (NYSE: CVS, BDR: CVSH34) possui uma grande presença em drogarias, é proprietária da seguradora Aetna e do gerente de benefícios farmacêuticos CVS Caremark, além oferece atendimento ao paciente por meio da MinuteClinics dentro de suas lojas. “Nossa equipe está apresentando um progresso significativo em nossa estratégia, pois estamos nos esforçando para nos tornarmos a empresa líder em soluções de saúde do país.” – Karen Lynch, CEO.

As vendas nas mesmas lojas aumentaram 8% em comparação com o mesmo período do ano passado, uma vez que os clientes compraram kits de teste de Covid em casa e medicamentos para tosse, resfriado e gripe. Isso excedeu em muito uma queda esperada nas vendas mesmas lojas de 0,3%, de acordo com estimativas de consenso da StreetAccount. Ainda assim, embora as vendas tenham aumentado no trimestre, a CVS disse em um comunicado à imprensa que o crescimento foi parcialmente compensado por um declínio nos testes e vacinas contra a Covid-19, a introdução de novos medicamentos genéricos e a pressão sobre os reembolsos sobre as receitas obtidas nas farmácias. Olhando para o futuro, a empresa aumentou suas projeções de LPA de US$ 8,20 – US$ 8,40 para US$ 8,40 – US$ 8,60.

Vendas do Nintendo Switch despencam após pandemia: A companhia japonesa, Nintendo, vendeu 23% menos consoles Switch no trimestre vs. o mesmo período do ano passado. O menor volume de vendas é resultado da escassez de semicondutores, que acaba prejudicando a produção do console. Ainda assim, a empresa de jogos com sede em Kyoto disse que espera que as compras melhorem “do final do verão até o outono” e manteve sua previsão de 21 milhões de unidades em vendas no ano até o final de março de 2023. “A demanda permanece estável em todas as regiões”, disse a Nintendo em uma apresentação.

A empresa por trás de “Super Mario”, vendeu apenas 3,43 milhões de unidades de seu console Switch no trimestre, abaixo dos 4,45 milhões do ano anterior. No agregado, a companhia vendeu 23,06 milhões de unidades no ano passado. Ela prevê o segundo declínio anual nas vendas de seu dispositivo Switch híbrido doméstico/portátil, que está em seu sexto ano no mercado. Os investidores agora estão avaliando se o “boom” nas vendas de jogos entre os consumidores que ficaram presos em casa durante os bloqueios pandêmicos continuará.

Quer ver o calendário de resultados do 2º trimestre das ações internacionais? Clique aqui.

ANÁLISE

Fonte: Chartr

Hábitos de compras dos consumidores parece estar voltando ao normal: O gráfico acima, do chartr mostra que a porcentagem que o e-commerce representa nas vendas totais dos Estados Unidos caiu de cerca de 17% para 14% em 2022, e que o Shopify (NYSE: SHOP, S2HO34) viu seu valor de mercado cair quase 80% no ano passado, eliminando cerca de US$ 160 bilhões em valor.⁠ Será que o boom do e-commerce terminou? No auge da pandemia, com todos realizando suas compras onine, o setor foi um dos principais beneficiários. Mas as compras on-line são mais uma tendência pandêmica que parece estar aos poucos voltando ao normal, dados oficiais mostram que a parcela de dólares de varejo gastos on-line caiu novamente no início de 2022, levando as vendas de varejo on-line de volta à trajetória pré-pandemia.⁠

Diante desse cenário, o Shopify, que fornece às lojas online ferramentas e software para administrar seus negócios, relatou outro conjunto de resultados decepcionantes na semana passada, com o CEO Tobi Lutke compartilhando que 1.000 funcionários seriam demitidos, cortando a força de trabalho da empresa em cerca de 10%. Na semana passada, em meio ao que foi realmente um trimestre melhor do que o esperado, a Amazon (NASDAQ: AMZN, BDR: AMZO34) declarou outro declínio anual de 4% nas vendas online, a segunda vez consecutiva que a gigante do e-commerce viu suas vendas online caírem.⁠

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.