XP Expert

Elon Musk compra Twitter por US$ 44 bilhões; confira nossa visão

Musk buscou um lugar no conselho da companhia, mas depois optou por fazer uma oferta para compra total da empresa.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O Twitter (TWTR34) anunciou nesta segunda-feira, 25, que seu Conselho de Administração aceitou a oferta de compra da empresa por Elon Musk, por US$ 54,20/ação, em uma transação avaliada em aproximadamente US$ 44 bilhões. “Após a conclusão da transação, o Twitter se tornará uma empresa privada”, informou em comunicado. Musk é dono da Tesla e da SpaceX.

Segundo os termos do acordo, os acionistas do Twitter receberão US$ 54,20 em dinheiro por cada ação ordinária do Twitter que possuírem no fechamento da transação proposta. O preço de compra representa um prêmio de 38% em relação ao preço de fechamento das ações do Twitter em 1º de abril de 2022, último dia de negociação antes de Musk divulgar sua participação de aproximadamente 9% no Twitter.

“O Twitter tem um propósito e relevância que impacta o mundo inteiro. Profundamente orgulhoso de nossas equipes e inspirado pelo trabalho que nunca foi tão importante”, disse o CEO do Twitter, Parag Agrawal.

Na tarde desta segunda, em Nova York, as ações do Twitter avançavam cerca de 5,8%.

Negócio depende de aprovações regulatórias

A oferta inicial para comprar todas as ações do Twitter havia sido anunciada no dia 14 deste mês. De acordo com a carta divulgada por Musk, essa seria sua melhor e última oferta. E, caso não fosse aceita, ele reconsideraria sua permanência como acionista.

A transação, que foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Administração do Twitter, está sujeita à aprovação dos acionistas do Twitter e de outras aprovações regulatórias. A expectativa da empresa é de que seja concluída ainda em 2022.

“A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade”, disse Musk em comunicado divulgado nesta segunda-feira.

“Também quero tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, tornando os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança, derrotando os ‘bots’ de spam e autenticando todos os humanos. O Twitter tem um tremendo potencial – estou ansioso para trabalhar com a empresa e a comunidade de usuários para desbloqueá-lo.”

Entrada de Elon Musk no Twitter

O controlador da Tesla foi divulgado como maior acionista do Twitter no dia 4 de abril, ao revelar ter acumulado 9,2% das ações da empresa. Musk, inicialmente, buscou um lugar no conselho da companhia, mas depois desistiu e optou por fazer uma oferta para compra total da empresa.

O empresário se posicionou, por diversas vezes, sobre o papel da plataforma na liberdade de expressão, sendo um crítico do controle de determinados temas pelo Twitter. Em carta aberta a Bret Taylor, presidente da rede social, divulgada neste mês, Elon Musk reforçou o ponto da liberdade de expressão como pilar da plataforma, destacando que é necessário que a empresa torne-se uma companhia fechada como forma de defender o discurso livre.

“Eu investi no Twitter por acreditar em seu potencial de ser uma plataforma de livre discurso ao redor do globo, e eu acredito que liberdade de expressão seja um imperativo social para uma democracia funcional”, disse Musk na carta. O empresário também tornou sua oferta pública e oficial ao registrar documentos necessários na SEC (equivalente à CVM nos EUA).

Primeiras impressões da aquisição

Entendemos que a aquisição do Twitter não possui grandes sinergias diretas com os negócios que o Elon Musk possui atualmente: Tesla (veículos elétricos e painéis solares), SpaceX (tecnologia aeroespacial) e The Boring Company (infraestrutura). Por outro lado, Musk também já possui um portfólio bem diversificado e é conhecido por ser um empresário de grande sucesso e realizações que muitos julgavam improváveis.

A aquisição do Twitter, na nossa visão, parece fazer parte de mais um plano ambicioso do empresário. A rede social possui frentes de monetização ineficientes e uma lucratividade aquém de seu potencial. Logo, a entrada de Musk poderá ter um impacto positivo na gestão e crescimento futuro da companhia. Contudo, os planos deverão ficar mais claros apenas nos próximos meses e se, de fato, a aquisição se concretizar.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.