XP Expert

Comentário Internacional: Bolsa americana começa a sentir o coronavírus

CENÁRIO GLOBAL Renovada preocupação em torno do surto de coronavirus fora da China (+48 casos na Coreia do Sul) derrubou as bolsas ontem, puxado por Tech nos EUA, e na Ásia essa madrugada (Japão -0.4%, Hong Kong -1%, China flat), e traz leve queda hoje na Europa (-0.2%) e futuros nos EUA (-0.5%). Os casos […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Traders no trading floor da bolsa de Nova York – NYSE

CENÁRIO GLOBAL

Renovada preocupação em torno do surto de coronavirus fora da China (+48 casos na Coreia do Sul) derrubou as bolsas ontem, puxado por Tech nos EUA, e na Ásia essa madrugada (Japão -0.4%, Hong Kong -1%, China flat), e traz leve queda hoje na Europa (-0.2%) e futuros nos EUA (-0.5%). Os casos de contágio globalmente já chegam a um total de quase 77 mil e 2.250 mortes (99.5% das fatalidades ainda dentro da China). Já o ouro sobe pelo quarto dia consecutivo, atingindo o nível mais alto em 7 anos.

DADOS MACRO
EUA: Ontem, confiança do consumidor e pedidos de auxílio desemprego vieram amplamente em linha. Hoje, dados de atividade (Markit PMI) as 11:45h e divulgação da quantidade de imóveis residenciais vendidos as 12h.

Europa: Ontem tivemos a divulgação do índice de confiança no setor de consumo na Europa vindo menos negativo (-6,6) do que o consenso de -8,2. Também tivemos a publicação de dados do balanço do banco central europeu. Hoje teremos dados de atividade (Markit PMI, consenso de 51 pts) e inflação (CPI), com consenso de +1,4 A/A e -1% M/M em janeiro.

China: Divulgação de dados de aumento de liquidez no mercado (Money Supply M2) em 8,4% A/A vs 8,6% esperado, e novos empréstimos atingindo CNY 3.340bi em janeiro vs consenso de CNY 3.100.

EMPRESAS

Temporada de resultados: 91% do S&P 500 já reportou resultados do 4T19, sendo que 63% das empresas superaram o consenso de crescimento de lucro (vs. 71% das empresas na média dos últimos 3 anos). Na próxima semana, teremos 42 empresas (7,3% do S&P 500) reportando resultados, incluindo Berkshire Hathaway, Home Depot, Lowe’s, Intuit, Salesforce e Sempra Energy.

Ontem: Domino’s Pizza (positivo +26%), Dropbox (positivo), Norwegian Cruise Line (positivo), Wix.com (positivo), Grupo Televisa (positivo), ViacomCBS (negativo), BanColombia (negativo), First Solar (negativo), Seguradora AXA (negativo) e Telefonica (negativo). Hoje: Royal Bank of Canada – RBC (positivo), Royal Bank Scotland (RBS), Gold Fields (mineradora), Cinemark e HMS (healthcare).

Morgan Stanley: Ações caíram -4,6%, enquanto as ações da E*Trade apreciaram 22%, após o anúncio de aquisição da plataforma eletrônica de trading pelo MS por US$ 13bi.

L Brands: -4.8% após o anúncio de que o grupo pretende vender o controle da Victoria’s Secret, por US$ 1,1bi, à um fundo de private equity.

Marathon Petroleum apreciou 4,5%, depois que a Seven & I Holdings, empresa japonesa proprietária da 7-Eleven, anunciar que segue em negociações para adquirir os postos de gasolina Speedway por cerca de US$ 22bi.

COMENTÁRIOS DO MERCADO

Temporada de resultados positiva: O que poderia mudar?

2019: Retornos fortes (bolsa americana +29% e resto do mundo +17%) foram impulsionados pelos 3 cortes de juros nos EUA.

2020 até o momento: O movimento de alta do S&P 500 este ano (+4,5%) pode ser explicado por: (1) expectativa de continuidade de juros baixos, (2) dados econômicos fortes, e (3) resultados sólidos de empresas.

2020 em diante: Os mercado de ações poderão continuar em ritmo positivo em 2020. Grande parte dos investidores parece ter ignorado o potencial impacto do coronavírus na economia americana, que de fato ainda é limitado.

Embora o crescimento de lucro da maioria das empresas americanas no 4T19 tenha vindo acima do consenso, algumas das previsões para 2020 estão sendo revisadas negativamente. Por exemplo, a Apple, Procter & Gamble e Airbus alertaram para um impacto negativo significativo do coronavirus em seus resultados do 1T20. O mais provável é que (na maioria dos casos) as receitas sejam adiadas do primeiro semestre deste ano para o segundo, e não que as receitas sejam perdidas. Será importante observar os comentários das empresas no IT20.

Para mais análises sobre mercados internacionais:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.