🌎 CONEXÃO GLOBAL: BDRs anti-inflação

CONEXÃO GLOBAL é o nosso relatório semanal que te conecta com os principais temas do mundo.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O retorno dos temores de inflação

O fantasma da inflação, principalmente nos EUA, tem trazido preocupações desde o início de 2021 por conta dos seguintes fatores: 1) a passagem de pacotes de estímulos trilionários, e 2) a disparada dos preços das commodities, principalmente os metais e produtos agrícolas, resultado da forte demanda por materiais à medida que a economia global se normaliza, e de gargalos de oferta.

O último dado de abril do CPI (índice de inflação ao consumidor) confirmou que os preços nos EUA estão subindo. O índice cheio (headline, em inglês) subiu 4,2%, acima das expectativas de 3,6%, registrando a maior alta desde 2008. Enquanto isso, a inflação núcleo (também chamada de core) veio em 3,0%, quando o mercado esperava uma subida de 2,3%. Parte dessa alta pode ser atribuída à base de comparação mais fraca no ano passado, e o Federal Reserve, banco central americano, tem reiterado ao longo dos últimos meses que eles veem a subida de inflação como temporária.

Dessa forma, realizamos uma análise dos BDRs que podem ajudar o investidor a proteger a sua carteira em períodos inflacionários, buscando ativos que possuem alta correlação com o indicador de inflação nos EUA (CPI).

Os setores de óleo e gás, utilidades públicas e bens de consumo possuem, na média, as maiores correlações com o CPI nos EUA. Tecnologia está entre os menos correlacionados.

Método

O eixo (x) de períodos analisados refere-se ao tempo de listagem da ação em bolsa americana, por isso varia entre as empresas. Companhias com maior janela de análise podem apresentar dados mais confiáveis.

As janelas observadas foram anuais, ou seja inflação a/a nos EUA vs. desempenho a/a das ações.

O estudo foi feito para todas as ações que possuem BDRs listados em bolsa brasileira, mas optamos por selecionar apenas aquelas que possuem mais de 20 anos de histórico na bolsa.

Levando em conta apenas os setores com maior correlação, separamos os 10 BDRs que podem aumentar a proteção da carteira em períodos de alta da inflação nos EUA.

1) Óleo e Gás

2) Utilidades Públicas

3) Bens de Consumo

4) Imobiliário

5) Financeiro

6) Saúde

Esta análise não leva em conta apenas os BDRs mais líquidos, portanto, entre em contato com seu assessor caso haja interesse em investir nestes papéis.

Observações

Esta é uma análise quantitativa e não implica causalidade, ou seja, não há necessariamente relação direta entre a inflação e os preços das ações. No entanto, percebe-se que setores historicamente defensivos ocupam o topo da lista, o que condiz com os fundamentos destas empresas durante períodos de inflação.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.