XP Expert

Aquisição bilionária do Google – 🌎RADAR GLOBAL

Apple lança novos produtos, Google investe bilhões em segurança cibernética e McDonald's fecha na Rússia

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem positivos (EUA +1,8% e Europa +3,2%) recuperando parte das perdas após o anúncio de novas sanções ocidentais sobre a Rússia. Nesta terça-feira, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou a suspensão das importações de petróleo e gás natural provenientes do país. Além dos EUA, o Reino Unido deverá encerrar suas importações de petróleo e derivados até o final de 2022, enquanto a União Europeia também divulgou planos para reduzir sua dependência do gás natural russo. Na Europa, investidores agora aguardam a próxima reunião de política monetária do Banco Central Europeu. Na China, o índice de Hang Seng (-0,7%) encerra em baixa pelo 4º dia consecutivo, impactado pelo aumento do preço nas commodities, fracos dados de inflação ao consumidor (+0,9% no comparativo anual, bem a baixo da meta de 3% para 2022) que sugerem um consumo fraco no país e um aumento no volume de casos da Covid-19. O petróleo (-1,5%) amanhece em leve baixa, mesmo após os anúncios de novas sanções. Por fim, o Bitcoin (+9,3%) segue o seu rali de alta, em virtude do comentário da secretária do tesouro americano, Janet Yellen, afirmando que a ordem executiva a ser assinada pelo presidente Biden deverá dar suporte ao desenvolvimento responsável desta classe de ativos. O comentário parece ter sido prematuro e foi removido do site do tesouro americano.

Coronavírus: A Moderna chega em acordo para construir uma nova fábrica de vacinas contra Covid-19 no Quênia. A companhia pretende fabricar 500 milhões de doses anualmente para o continente africano em sua instalação, tendo como objetivo a meta de fornecer as vacinas a partir de 2023.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

McDonald’s (MCDC34) fecha temporariamente na Rússia: A rede de fast-food McDonald’s anunciou nesta terça feira que fechará temporariamente 850 lojas na Rússia. O CEO da companhia, Chris Kempczinski, afirmou aos franqueados e funcionários que continuará pagando seus 62 mil colaboradores russos neste período, para evitar danos maiores. A empresa estava sendo pressionada pelo governo americano por sua grande exposição no território Russo, tendo aberto sua primeira unidade na União Soviética há 32 anos. A rede foi consolidada na região, totalizando sua presença em mais de 900 lojas entre Rússia e Ucrânia, correspondendo a cerca de 9% de sua receita líquida.

O McDonald’s detém a propriedade de 84% de suas unidades, enquanto o restante é operado por franqueados. O fato de possuir a maior parte de seus restaurantes gera maior receita para a empresa, porém também a deixa exposta a maiores riscos em tempos turbulência e desaceleração econômica. O anúncio da gigante do fast-food sucede movimentos de outras redes como a YUM! Brands, dona dos restaurantes KFC, que também anunciou a suspensão do seu investimento na Rússia, tendo mais de 1.000 unidades no local, correspondendo a cerca de 2% de suas vendas.

Nova aquisição do Google (GOGL34): A Google anunciou a compra da empresa de segurança cibernética Mandiant por US$ 5,4bi, tendo como objetivo proporcionar maior oferta de proteção para seus serviços de nuvem, uma vez que empresas vêm sofrendo crescentes ataques cibernéticos. Esta é a segunda maior aquisição já feita pela companhia e deverá impulsionar seu segmento de nuvem, que apresentou um alto crescimento no último ano. Em 2021, o Google Cloud cresceu seu faturamento em 47% vs. 2020, alcançando a marca de US$ 19,2bi, representando 7,5% da receita total da companhia.

A Mandiant é pioneira em tratar de campanhas cibernéticas maliciosas e táticas de hackers de outros países, conquistando a confiança das agências de inteligência dos EUA. O ex-CEO da companhia, Dave DeWalt, enfatiza “Eu diria que o Google é agora a empresa mais poderosa do mundo quando de trata de segurança cibernética”. Com a nova aquisição, o Google pretende fazer frente aos negócios do mesmo segmento da Microsoft, que por sua vez faturaram US$ 15bi no ano passado.

Apple anuncia novos produtos: A Apple (AAPL34) revelou seus novos dispositivos durante um evento virtual na terça-feira, chamado de “Peek Performance”, procurando manter seu impulso após um trimestre recorde em que superou as expectativas de Wall Street. A big tech apresentou versões 5G de seu iPhone SE e iPad Air de baixo custo, bem como um computador desktop Mac redesenhado com processador mais rápido, iniciando o que provavelmente será o ano mais ativo até agora para lançamentos de novos produtos.

A apresentação incluiu um novo processador da Apple chamado M1 Ultra, que a empresa chamou de chip de computador pessoal mais poderoso de todos os tempos. O produto faz parte da mudança estratégica da Apple de deixar de usar processadores Intel (ITLC34) em favor de seus próprios componentes. O evento foi o primeiro do que se espera que sejam vários lançamentos de produtos este ano, com a Apple também preparando Macs e iPads adicionais, bem como o iPhone 14 e novos smartwatches. Além disso, a empresa também pode dar uma pista do seu primeiro headset misto de realidade aumentada e virtual ainda este ano.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Alemanha é o país da Europa mais dependente de gás natural da Rússia: O gráfico acima, do Goldman Sachs, mostra que a Europa depende do gás natural para cerca 25% de seu fornecimento de energia. Entre os países, destaca-se a dependência da Itália e do Reino Unido em 40% e 35%, respectivamente. Olhando para o gás proveniente da Rússia, mais especificamente, os países mais dependentes são a Alemanha (50% de suas importações totais) e a Itália (45%), enquanto a exposição do Reino Unido é bem menor, em torno de 5%. Embora a Rússia tenha reduzido seus fluxos de gás para o noroeste da Europa desde setembro do ano passado, os fluxos não foram reduzidos desde o início da guerra, na verdade aumentaram nos últimos dias devido aos altos preços do petróleo. Contudo, o risco de uma escalada geopolítica pode levar a Rússia a cortar o fornecimento de gás para a Europa, criando ainda mais pressão altista sobre o preço da commodity. No longo prazo, países europeus possuem planos para reduzir a sua dependência energética do gás russo.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.