XP Expert

Amazon cortará mais de 18 mil empregos -🌎 Radar Global

Demissões da Amazon e Salesforce, e Samsung deve reportar menor lucro trimestral em 6 anos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem sem movimentos expressivos (EUA +0,1% e Europa +0,1%) à medida que os investidores digerem a retórica hawskish da ata do Federal Reserve. Nesta quarta-feira, a ata revelou que as autoridades seguirão focadas no combate a inflação americana e o mercado não deve subestimar o tempo necessário que as taxas de juros permanecerão altas para que isso aconteça. Na Europa, a inflação ao produtor na Zona do Euro (PPI) registrou 27,1% nos últimos 12 meses, abaixo dos 27,9% esperados pelo consenso. A surpresa positiva sugere que o aumento de preços na região pode estar cedendo. Na China, o índice de Hang Seng (+1,3%) encerra em alta, após o banco central chinês afirmar que irá implementar novos estímulos “direcionados e prudentes” para fortalecer a economia. O otimismo foi levemente compensado por um PMI composto de 48,3 pontos, ainda em campo contracionista, ao passo que os dados econômicos ainda não refletem os impactos da reabertura.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Amazon cortará mais de 18 mil empregos

As demissões da Amazon agora aumentarão para mais de 18 mil como parte de uma redução da força de trabalho divulgada anteriormente, disse o presidente-executivo Andy Jassy em uma nota pública na quarta-feira. As decisões de dispensa, que a Amazon comunicará a partir de 18 de janeiro, terão grande impacto no segmento de e-commerce e na realocação de recursos humanos da empresa, disse ele.

Os cortes representam 6% da força de trabalho corporativa de cerca de 300 mil pessoas da Amazon e indicam uma mudança rápida para um varejista que recentemente dobrou seu teto salarial básico para competir de forma mais agressiva por talentos. A Amazon tem mais de 1,5 milhão de trabalhadores, incluindo pessoal de depósito, tornando-se o segundo maior empregador privado da América depois do Walmart.

Jassy disse na nota que o planejamento anual que tem sido mais difícil devido à economia incerta e a empresa contratou muito rapidamente nos últimos anos. A Amazon agora se prepara para um crescimento provavelmente mais lento, já que a alta da inflação incentivou empresas e consumidores a cortar gastos.

Samsung deve reportar menor lucro trimestral em 6 anos

O lucro trimestral da Samsung provavelmente cairá 58%, para o nível mais baixo em seis anos, à medida que a crise econômica global reduz a demanda por dispositivos eletrônicos e as perspectivas para a indústria de chips de memória se deterioram. Com consumidores e empresas reduzindo gastos e investimentos diante da alta inflação e aumento das taxas de juros, os fabricantes de smartphones e outros clientes reduziram os pedidos de chips de memória, enquanto os smartphones foram vendidos por preços menores com a queda da demanda, disseram analistas. A Samsung, como maior fabricante mundial de chips de memória, smartphones e TVs, é um termômetro das tendências globais de consumo.

O lucro operacional da quarta empresa listada mais valiosa da Ásia provavelmente caiu para 5,9 trilhões de wons (US$ 4,62 bilhões) no trimestre de outubro a dezembro, de acordo com o Refinitiv SmartEstimate de 21 analistas. Este seria o menor lucro trimestral da Samsung desde o terceiro trimestre de 2016 e se compara a um lucro operacional de 13,87 trilhões de wons no ano anterior. Os chips geralmente respondem por cerca de metade dos lucros da gigante da tecnologia. Os preços de alguns chips de memória DRAM, amplamente utilizados em smartphones e PCs, caíram 40% no ano, enquanto os preços dos chips flash NAND, usados ​​no armazenamento de dados, caíram 14%, segundo dados da TrendForce.

O braço de dispositivos móveis da Samsung também deve ter lucros reduzidos, com previsões de queda de 14%, para 2,3 trilhões de wons no trimestre. Suas remessas de aparelhos provavelmente atingiram 63 milhões no trimestre, incluindo 62 milhões de smartphones, de acordo com a estimativa do provedor de dados Counterpoint. Isso se compara com 72 milhões de aparelhos vendidos no quarto trimestre de 2021.

Salesforce anuncia que está cortando 10% de sua força de trabalho

As ações da Salesforce tiveram uma alta de 3,6% nesta quarta-feira, após a empresa anunciar que cortaria cerca de 10% de sua força de trabalho, cerca de 7 mil funcionários, e reduzirá suas propriedades imobiliárias, citando muitas contratações durante a pandemia e clientes mais cautelosos com gastos. As mudanças na força de trabalho devem ser concluídas até o final do ano fiscal de 2024, disse a Salesforce em um documento regulatório, e custou à empresa de software empresarial de US$ 1,4 bilhão a US$ 2,1 bilhões. Desse total, US$ 1 bilhão virá no quarto trimestre fiscal. Atualmente, a Salesforce tem cerca de 80 mil funcionários.

Muitas empresas de tecnologia estão sofrendo após o período de alto crescimento provocados pela pandemia de Covid-19. Contudo, o ritmo deste crescimento provou ser impossível de manter. A Salesforce e outras empresas como a Zoom a ServiceNow viram clientes cortando gastos com software à medida que o mercado se prepara para uma possível recessão. A Salesforce, maior empregadora do setor privado em sua cidade natal, São Francisco, quase triplicou sua força de trabalho nos últimos quatro anos, em grande parte por meio de dezenas de aquisições, incluindo a compra do Slack em 2021 por US$ 27,7 bilhões. De janeiro de 2020 até o final de outubro, o quadro de funcionários cresceu mais de 30 mil.

Acesse aqui a nossa tabela de múltiplos internacional.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.