Radar Imobiliário XP #23

Confira os principais acontecimentos de Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana com pequena alta de 0,04%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos de recebíveis. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de 0,22%, o XPFT de 0,17% e XPFP de 0,25%.

No Brasil, o destaque no cenário político desta semana são as discussões sobre mudanças nas regras eleitorais para a disputa de 2022 que começam a tomar espaço na agenda do Legislativo. Na Câmara, há discussão para alterar o modelo de eleição de deputados, além do foco nas tratativas sobre a implementação do voto impresso.

Em economia, foi divulgado essa semana o índice de preços ao consumidor (IPCA) que subiu 0,83% em maio, acima das estimativas de mercado e dos economistas da XP (+0,73%). Com isso, o índice acumula 8,06% em 12 meses, superando o teto da meta do Banco Central. Embora esteja um pouco acima das expectativas dos economistas da XP, o resultado do IPCA de maio é consistente com a projeção (XP) de 6,2% para 2021.

Por fim, no âmbito dos fundos imobiliários, recentemente realizamos uma análise sobre o papel dos FIIs em sua carteira. E mesmo com a recente alta da taxa de juros Selic, chegamos à conclusão que esses ativos se mantém atrativos. Um dos principais pontos de atenção é que os rendimentos dos FIIs não devem ser comparados com a Selic (juros nominais) e sim com os juros reais (descontados inflação). Acesse aqui o relatório completo.


Sexta-Feira | Dia 11/06

Aposta em Selic a 6% ou mais em 2021 ganha força (Valor)

BTLG11 – Positivo: O Fundo celebrou Compromisso de Compra e Venda envolvendo a aquisição de um ativo, localizado em Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, do tipo condomínio logístico, 100% locado, com uma área bruta locável de 57.143m², dos quais 16% são refrigerados e conta ainda com uma área de pátio relevante para a operação de um inquilino. O valor total da aquisição é de R$ 169,2 milhões, a ser pago mediante superação de condições precedentes do negócio. Com a aquisição, os gestores estimam impacto positivo à receita de aluguel, equivalente a R$ 0,05 por cota por mês.

Quinta-Feira | Dia 10/06

IPCA sobe 0,83% e tem maior taxa para maio desde 1996 (Valor)        

Evolução dos Fundos Imobiliários de Recebíveis (Conteúdos XP)

Panorama Mensal de FIIs e FIPs-IE | Junho 2021 (Conteúdos XP)

BTLG11 – Informativo: Durante o prazo para o exercício do Direito de Subscrição de Sobras e Montante Adicional houve a colocação de 1.334.156 Novas Cotas. As Novas Cotas foram integralmente distribuídas, totalizando 2.244.459 Novas Cotas, volume este já acrescido das Novas Cotas Adicionais, em montante de R$ 240 milhões.

Quarta-Feira | Dia 09/06

Fundo do Credit Suisse compra lojas do Makro por R$ 203 milhões (Valor)

Os fundos imobiliários mais recomendados pelos analistas para comprar em junho (InfoMoney)

Wall Street vê 61% dos trabalhadores nos escritórios em setembro (InfoMoney)

RBCO11 – Positivo: O fundo informa o recebimento do aluguel inadimplido de competência Abril/21 (para distribuição em Jul/2021) de um locatário do Ed. Rachid Saliba, conforme informado no Fato Relevante publicado em 04 de junho de 2021, incluindo a multa de 10% e juros de 1% (ao mês, seguindo o contrato de locação. O valor, incluindo multa e juros, corresponde a R$ 0,04 por cota.

VLOL11 – Positivo: O fundo informa a prorrogação do prazo de locação por 6 meses por um locatário do segmento de varejo do Ed. Vila Olímpia Corporate, até 02 de Janeiro de 2022, mantendo o atual valor locatício até essa data. O inquilino atualmente ocupa 752 m2 do imóvel, cerca de 7,25% da área locável do Fundo. E seu aluguel representa cerca de 11% da receita imobiliária, o equivalente a R$ 0,05 por cota.

HPDP11 – Negativo: O fundo foi avaliado a mercado pela empresa Cushman & Wakefield, resultando em valor 4,76% inferior ao valor contábil atual de referido imóvel, o que representa uma variação negativa de aproximadamente 4,70% no valor patrimonial da cota do Fundo nesta data.

Terça-Feira | Dia 08/06

Alta na oferta de escritórios na Faria Lima abre janela para negociar locação (Folha de S.Paulo)

Boletim Focus: Mercado eleva pela 7ª vez projeção do PIB e vê alta de 4,36% em 2021 (Valor)

VGIP11 – Informativo: A administradora aprovou por meio de ato próprio a 5ª emissão de cotas do Fundo, no montante de, no mínimo, 104.537 e, no máximo, 2.613.423 cotas pelo valor nominal unitário de R$ 95,66 por cota.

Segunda-Feira | Dia 07/06

Nem 20% têm infraestrutura para home office (Valor)

Escritório pós-pandemia: o que mostra a experiência na Austrália (Valor)

O papel dos FIIs na sua carteira (Conteúdos XP)

RBVA11 – Neutro: O fundo informa que foram assinadas outras 06 escrituras dos 28 imóveis adquiridos no formato Sale and Leaseback, conforme compromisso de compra e venda assinado com o Banco Santander. As referidas escrituras já se encontram lavradas, estando pendente o registro nas respectivas matrículas dos imóveis. Nos fatos relevantes divulgados em 29 de abril de 2019 e 17 de dezembro de 2019, foi comunicada a assinatura da escritura de 07 imóveis localizados em São Paulo e 2 imóveis localizados em Belo Horizonte. Atualmente dos 87 ativos que compõe o portfólio do Fundo, 61 estão regularizados. 26 imóveis possuem pendências registrais que impedem ou dificultam sua transferência para o nome do Fundo, sendo 17 imóveis locados para a Caixa, 8 locados para o Banco Santander e 1 locado para o GPA.

Últimos Relatórios

1 Ano de Pandemia: Segmentos mais impactados em FIIs

Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Junho de 2021

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.