Fundos em Participações de Infraestrutura – FIP-IE

O que são FIP-IE? Veja abaixo as suas características


Compartilhar:


Nos últimos meses, temos visto investidores buscando maior rentabilidade em investimentos alternativos, motivados principalmente pela queda da taxa Selic, em 2%.

Para obter-se retornos nos patamares que os investidores obtinham antigamente, é necessário buscar uma carteira diversificada, com ativos de diferentes estratégias, o que leva os investidores a opções de investimentos com taxas mais atrativas. Com isso, a B3, bolsa de valores brasileira, atingiu mais de 2 milhões de CPF’s e sabemos que esse número cada vez maior de investidores está intensificando a compra de diversas classes de ativos: Ações, Fundos Imobiliários ou Fundos em Participações de Infraestrutura.

Você deve estar se perguntando o que são os Fundos de Investimentos em Participações de Infraestrutura, também conhecidos como FIP-IE. De acordo com a Instrução CVM 578, o FIP-IE investe em projetos de infraestrutura, como o próprio nome já diz, realizando o desenvolvimento e inovação no território nacional, em diferentes setores, são eles:

Mercado de Infraestrutura no Brasil

O Mercado de infraestrutura no Brasil vive um momento de grandes expectativas, principalmente pelos investimentos realizados nos últimos anos, no gráfico abaixo podemos analisar os investimentos feitos desde 2003, que giram em torno de R$ 2,19 tri:

E também, pelas oportunidades de investimentos, com os novos marcos regulatórios, que deverão dar maior estabilidade e segurança jurídica para os mesmos, maiores fontes de funding como o desenvolvimento de financiamento via mercado de capitais e também as novas concessões, como o PPI (Programa de Parceria de Investimento) que visam realizar concessões e privatizações de ativos públicos, como também leilões envolvendo os setores de energia (geração e transmissão), aeroportos, rodovias e saneamento. Na tabela abaixo fizemos uma projeção estimando como será o mercado de FIP-IEs no Brasil, enxergando um potencial investimento de aproximadamente de R$ 200 bilhões até 2027, onde fazendo um paralelo ao setor imobiliário e os Fundos Imobiliários, que hoje majoritariamente em seus setores representam até 20% do mercado como um todo.

Fonte: XP Investimentos

Indústria de FIP-IE’s pode multiplicar 20x nos próximos anos

Acreditamos que a dinâmica observada nos últimos anos com o crescimento de investidores em FIIs deve ocorrer de forma similar nos FIP-IE’s daqui para a frente. Hoje a indústria de FIP-IE’s tem pouco mais de 10 mil CPFs.

Estimamos que 25% dos investidores em FII’s são qualificados, o que daria oportunidade de um pouco mais de 200 mil investidores entrarem nessa classe de ativos nos próximos meses. Caso a norma permita que o público geral possa investir nesta classe, o potencial seria significativamente maior.

Além disso, seguindo no racional de Fundos Imobiliários, seu ticket médio é de R$ 10.000,00 por investidor e de acordo com o gráfico supracitado podemos chegar até 2023 próximos a R$ 50 bilhões nesta indústria, se de fato a mudança na regulamentação acontecer, podemos atingir 500 mil nesta classe em 3 anos, junto ao amadurecimento do mercado de capitais no Brasil.

Estratégias

Os FIP-IEs possuem 2 tipos de estratégias, Híbrida e Renda. Dessa maneira, segue abaixo o resumo de cada estratégia.

  • Híbrida:
    • Aquisições em fase final de projeto (pré-operacional);
    • Necessidade de níveis médios de retorno e certa previsibilidade;
    • Fundo fechado de longuíssimo prazo ou prazo indeterminado;
    • Distribuição de rendimentos e amortização.
  • Renda
    • Aquisição de projetos maduros e performando (operacionais);
    • Necessidade de níveis de retorno previsíveis para o cotista;
    • Fundo fechado de longuíssimo prazo ou prazo indeterminado;
    • Distribuição de rendimentos e amortização.

Para facilitar o entendimento, desenhamos como funciona o fluxo de aquisição dos projetos até a ponta do investidor.

Fonte: XP Investimentos

Principais Vantagens

  • Gestão Profissional: a gestão é realizada por um gestor profissional com experiência no setor de infraestrutura;
  • Liquidez: Cotas negociadas em Bolsa;
  • Benefício Fiscal: Isenção de IR sobre rendimentos e alíquota de 0% sobre o ganho de capital para pessoas físicas;
  • Renda: distribuição de dividendos;
  • Acessibilidade: tícket acessível para Investimentos em Infraestrutura;
  • Diversificação de Risco.

Comparativo com outros Investimentos

Fonte: XP Investimentos

Conclusão

O mercado de infraestrutura, com iniciativas privadas, se aproveita do cenário de juros baixos, da isenção fiscal que existe tanto para ganho de capital (vendas), quanto no pagamento de dividendos ou amortizações.

Com isso, acreditamos que os FIP-IE’s são uma ótima opção para aumentar a diversificação na carteira dos investidores, com bom potencial de ganhos no médio/longo prazo e oportunidade de aproveitar o crescimento desta indústria desde seu início.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.