XP Expert

Fundos de Infraestrutura: o que saber?

Principais conceitos de Fundos de Infraestrutura

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Desde 2020 o investidor Pessoa Física teve o conhecimento e oportunidade de pode investir em uma classe que era restrita a Investidores Qualificados ou Profissionais, o chamado: Fundos de Infraestrutura.

Caso você, leitor, não conhece essa classe de ativo ou se já conhece e quer se atualizar sobre a tese, te convido a ler o relatório abaixo.

Conceitos básicos de Fundos de Infraestrutura

Os fundos de Infraestrutura, em especial os FIPs-IE e FI-Infra, tem em sua característica 6 pilares:

  • Diversificação de Risco;
  • Benefício Fiscal;
  • Liquidez;
  • Gestão Profissional;
  • Acessibilidade; e
  • Renda ou Ganho de Capital
Fonte: XP Asset

Teses de Investimentos

Fonte: XP Asset

Comparativo entre as Classes

Os Fundos de Infraestrutura, principalmente os listados, são comparados aos Fundos Imobiliários (FIIs), no qual os investidores procuram a renda mensal que ambos os Fundos podem distribuir.

Porém, além dessa similaridade é importante dizer que não há apenas fundos listados e outros FIPs de Infraestrutura podem existir como os Fundos de Private Equity.

Para não confundir o entendimento entre as classes, montamos uma tabela explicativa entre os principais meios que é possível investir em Infraestrutura.

Fonte: XP Investimentos

Contextualizando: FI-Infra e FIP-IE tem cotas negociadas em Bolsa ou Cetip e pagam rendimentos constantes e seus rendimentos e possível ganho de capital com a cota são isentos de pagamento de Imposto de Renda. O que aumenta a atratividade do setor.

Principais Setores

Como já mencionado anteriormente, o setor de Infraestrutura é resiliente e gerador de caixa e os abaixo selecionamos principais setores:

Fonte: Ministério de Minas e Energia (MME) e Empresa de Pesquisa Energética (EPE); Plano Nacional de Saneamento Básico (PlanSab) – Ministério do Meio Ambiente, Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), Planalto, O Globo. PERT 2018 (Anatel), Valor Econômico. Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias e Ministério de Infraestrutura, G1, Ministério do Planejamento. ¹ Power purchase agreement; ² Receita anual permitida. ³Visão da XP Asset

Infraestrutura no Brasil

O Mercado de infraestrutura no Brasil vive um momento de grandes expectativas, principalmente pelos investimentos realizados nos últimos anos, no gráfico abaixo podemos analisar os investimentos feitos desde 2003, que giram em torno de R$ 2,30 tri:

Fonte: Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), PPI, Câmara dos Deputados, Anace Brasil e Valor Econômico.

Porém o Brasil possui um grande déficit em infraestrutura como é visto no gráfico abaixo:

Fonte: (1) ABDIB e Jornal Valor Econômico; (2) PPI: Programa de Parcerias de Investimentos

Dito isso, a demanda de investimentos em infraestrutura precisa de mais fontes de recursos além do estado, como:

  • Parcerias buscam ampliar e fortalecer a interação entre setor público e setor privado, como a iniciativa do PPI;
  • Concessões, Parcerias Público-Privadas (PPPs) e Privatizações têm sido estabelecidas no âmbito Federal, Estadual e Municipal;
  • Redução da dependência de financiamento de longo prazo advindo de recursos públicos é um desafio.

Leilões realizados até Dez/21

Fonte: Programa de Parcerias de Investimentos (PPI, encontrado em https://portal.ppi.gov.br/html/objects/_downloadblob.php?cod_blob=9851). Dados de dezembro/2021; Material Publicitário BODB11

Em adição aos leilões de 2021, há mais de 153 previstos para 2022, o que gera uma grande oportunidade para alocação de capital no setor.

Fonte: Programa de Parcerias de Investimentos (PPI, encontrado em https://portal.ppi.gov.br/html/objects/_downloadblob.php?cod_blob=9851). Dados de dezembro/2021; Material Publicitário BODB11

Como nasce um projeto de Infraestrutura?

Investimento em infra demanda muitos recursos financeiros.

O investimento pode ser feito diretamente pelo Governo, ou pode-se buscar investimento de entes privados, através de concessões e autorizações.

Fonte: Material Publicitário BODB11

De onde vêm os recursos de investimento em Infraestrutura?

Os investimentos nos projetos de infraestrutura são uma combinação entre Capital Próprio – da empresa dona do Ativo – e Capital de Terceiros (Financiamento) – Bancos ou Mercado de Capitais.

Fonte: Material Publicitário BODB11

O Futuro da Infraestrutura

O mercado de Infraestrutura precisa de muito investimento no Brasil, mas os novos Marcos Regulatórios deverão dar maior estabilidade e segurança jurídica para os investimentos.

Além disso o setor ainda está sendo sub penetrado no mercado financeiro, o que destravando esse financiamento será muito atrativo para a Indústria.

Conclusão

O mercado de infraestrutura, com iniciativas privadas, se aproveita da isenção fiscal que existe tanto para ganho de capital (vendas), quanto no pagamento de dividendos ou amortizações.

Com isso, acreditamos que os Fundos de Infraestrutura são uma ótima opção para aumentar a diversificação na carteira dos investidores, com bom potencial de ganhos no médio/longo prazo e oportunidade de aproveitar o crescimento desta indústria desde seu início.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.