A volta triunfal: conheça os fundos de ações e multimercados que mais renderam um ano após as mínimas da bolsa

Com retornos nominais acima dos 100%, os fundos tiveram recuperação expressiva desde o dia 23 de março de 2020, data que marcou o ponto mínimo do Ibovespa e de diversas bolsas globais durante a crise do Covid - confira quais gestores se destacaram nos últimos 12 meses


Compartilhar:


23/03/2020 – esse foi o dia que marcou o pior momento de grande parte das bolsas globais durante a crise do Covid-19, quando o Ibovespa atingia o patamar dos 63.570 pontos, dias após o mecanismo do circuit breaker ter sido acionado por seis vezes em menos de um mês. O índice acumulava queda de -46,8% desde o seu pico em 23 de janeiro, quando havia alcançado a máxima de 119.528 pontos.

Um ano após o pior momento da crise, os mercados se valorizaram de maneira expressiva – impulsionados pela abundância de estímulos monetários e fiscais ao redor do mundo – e alcançaram novas máximas.

O Ibovespa, nesse período de recuperação, teve alta de 78,2%. As bolsas internacionais subiram na mesma magnitude, com o índice americano S&P 500 tendo se valorizado 74,8% e o índice de ações globais MSCI ACWI subindo 74,2% no mesmo período (ambos sem considerar os efeitos cambiais).

Veja abaixo uma conversa em que abordamos os principais eventos ocorridos no mercado de fundos nos últimos 12 meses e quais fundos possuem boas perspectivas olhando o cenário à frente.

Nesse ambiente, muitos fundos de ações e multimercados se destacaram e superaram, de longe, os retornos dos índices de mercado, graças à gestão ativa e à capacidade de selecionar boas oportunidades de investimento a partir de um processo rigoroso e bem estabelecido.

A média de retornos dos fundos de ações ativos (índice “IQT Ações Ativo”) rendeu 83,3% no período e a média dos fundos Multimercados (índice IHFA) valorizou 16,4%. Quem deixou o dinheiro rendendo 100% do CDI no período teve retorno de 2,25%, mais de 3% abaixo da inflação.

A seguir confira os fundos que mais renderam na janela de 1 ano que se passou após o pior momento da crise, tanto entre as alternativas da indústria como um todo, quanto entre os fundos da plataforma da XP (Fonte: Economatica).

Para a amostra dos fundos, foram considerados produtos de gestão ativa e com base nos critérios:

  • Patrimônio líquido médio em 12 meses maior que R$ 100 milhões;
  • Número de cotistas maior que 49;
  • Taxa de administração superior a 0,10%;
  • Fundos que não sejam exclusivos ou destinados a investidores profissionais ou private;
  • Para os multimercados: tributação alvo diferente de Renda Variável;
  • Classificação Anbima diferente de: “Fundos de Mono Ação”, “Ações Indexados”, “Ações Setoriais”, “Fechados de Ações” e “Multimercados Capital Protegido”;
  • Fundos que não tenham mais de 67% do patrimônio líquido em investimento no exterior;
  • Fundos que não tenham mais de 50% do patrimônio líquido em crédito privado.

Confira a seguir um pouco mais de detalhes dos 3 principais destaques de cada categoria dentro da plataforma da XP. Frisamos que fundos Multimercados arrojados ou fundos de Ações deveriam ser avaliados em horizontes de, no mínimo, 2 a 3 anos.

Fundos de Ações

Absoluto Partners Advisory FIC FIA

Fundada em 2019, a Absoluto Partners é uma gestora focada em ações, com estratégias long only e long short. A empresa possui mais de R$ 10 bilhões em ativos sob gestão e, apesar do curto histórico, consolidou-se como uma das principais gestoras no universo da renda variável.

Os fundadores da gestora, José Zitelmann e Gustavo Hungria, trabalham em conjunto há mais de 10 anos e cogeriram a estratégia Absoluto no BTG Pactual de 2009 a 2019.

O fundo long only é a principal estratégia da casa cuja carteira é focada em empresas brasileiras, listadas no Brasil e no exterior. O fundo já havia sido destaque de performance em 2020 e, desde o pior momento da crise, teve alta de 114,1%.

O fundo, disponível apenas via assessores de investimento, encontra-se hoje fechado para novas aplicações.


Guepardo Institucional FIC FIA

Fundada em 2004, a Guepardo Investimentos está sediada na cidade de São Paulo e tem mais de R$ 1 bilhão em ativos sob gestão, com atuação em uma estratégia única de ações long only.

O Guepardo Institucional apresenta uma carteira concentrada em ações de alta convicção para a gestão, com foco no fator de qualidade.

Desde o pior momento da crise, o fundo subiu 97,6% e, na janela de 36 meses, o fundo teve alta de 120,2%.

O fundo está aberto para novas aplicações na plataforma da XP e encontra-se disponível apenas via assessores de investimento.


Truxt I Valor FIC FIA

Fundada em 2017 e baseada no Rio de Janeiro, a Truxt Investimentos tem mais de R$ 20 bilhões em ativos sob gestão, com atuação em estratégias de Ações (long only e long biased) e Multimercado (macro e long short). Apesar do histórico relativamente curto da empresa, os seus principais sócios já atuam em conjunto há 20 anos.

A equipe de renda variável é liderada pelo CIO Bruno Garcia, profissional com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, o qual conta com Marcel Guetta, cogestor da estratégia long only – implementada no Truxt I Valor FIC FIA – além de uma numerosa equipe de 10 analistas.

Desde o fundo do poço da crise, o fundo teve alta de 95,4%, acumulando retorno de 95,6% em 36 meses.

O fundo encontra-se aberto para captação na plataforma da XP, confira sua página oficial.

Confira mais informações sobre os demais fundos de ações nos links abaixo:

Multimercados

Logos Total Return FIC FIM

Fundada em 2018 e baseada em São Paulo, a Logos Capital tem foco de atuação em estratégias de renda variável, com uma equipe composta por 14 colaboradores e cerca de R$ 400 milhões em ativos sob gestão.

O processo de investimento da casa combina as abordagens bottom-up e top-down, com atuação majoritária em ações, mas também nos mercados de juros, commodities e moedas. O Logos Total Return, embora tenha se enquadrado nos nossos filtros como multimercado geral, apresenta a maior atribuição de retorno em ações, com um perfil de risco “apimentado”.

Desde o pior momento da crise, o Logos Total Return FIC FIM teve alta de 101,9%, acumulando retorno de 73,7% em 36 meses.

O fundo encontra-se aberto para captação na plataforma da XP, via assessores de investimento.


Vista Multiestratégia FIC FIM

Fundada em 2014 e baseada no Rio de Janeiro, a Vista Capital é uma gestora que atua nas estratégias de Multimercados e Ações, com uma equipe de mais de 25 profissionais e mais de R$ 2,5 bilhões em ativos sob gestão.

Entre os multimercados da casa, o Vista Multiestratégia é o produto mais arrojado, que segue estratégia Macro, atuando principalmente nos mercados de juros, moedas, ações e commodities.

O Vista Multiestratégia FIC FIM, o qual havia sido destaque de performance em 2020, teve alta de 69% desde o pior momento da crise, acumulando retorno de 82,9% em 36 meses. A gestora traz sua visão de mercado em sua última carta da gestão (clique aqui).

O fundo, disponível via assessores de investimento, encontra-se hoje fechado para novas aplicações – por outro lado, sua versão de mesma estratégia e menor nível de risco, o Vista Hedge, encontra-se aberto.


XP Macro Plus FIC FIM

A XP Asset Management alcançou a marca dos R$ 100 bilhões em ativos sob gestão, com atuação nas mais diversas estratégias: renda fixa/crédito, crédito estruturado, multimercado, ações, infraestrutura e private equity. O fundo XP Macro Plus é gerido pela equipe da área de gestão Macro, que tem hoje mais de R$ 2,5 bilhões em ativos sob gestão.

A estratégia macro atua principalmente nos mercados de juros, moedas e ações, com foco em Brasil, e o XP Macro Plus é a versão de maior nível de risco, com volatilidade-alvo em torno de 10% ao ano. A equipe é liderada pelos gestores Bruno Marques e Júlio Fernandes, que trabalham em conjunto desde 2016 e possuem mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro.

Desde o pior momento da crise, o XP Macro Plus FIC FIM rendeu 47,5%. A gestora traz sua visão de mercado em sua última carta da gestão (clique aqui).

O fundo encontra-se aberto para captação na plataforma da XP, confira sua página oficial.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.