XP Expert

Simpar (SIMH3): Destaques da reunião com CFO e RI; Desbravando oportunidades

Veja aqui os principais destaques da reunião com o CFO e RI da Simpar (SIMH3)

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Concessões de gestão de resíduos, geração de crédito de carbono, dívida verde e progresso no (G)

Esta semana, o time de Research ESG da XP se reuniu com o CFO da Simpar, Sr. Denys Ferrez, e o Gerente de Relações com Investidores, Sr. Paulo Prado, durante a Conferência de Infraestrutura da XP. As principais mensagens transmitidas na agenda ESG foram: (i) gerando valor ESG via concessões de gestão de resíduos (…); (ii) (…) ao mesmo tempo em que adiciona uma estratégia de geração de crédito de carbono; (iii) desbloqueando valor por meio do sustainability linked bond emitido em 2021; e (iv) avançando com melhorias na governança corporativa. De forma geral, a reunião mostrou o posicionamento estratégico da Simpar na agenda ESG, com oportunidades importantes no horizonte. Temos uma recomendação de Compra para a SIMH3, com preço-alvo de R$18,40/ação.


#1. Gerando valor ESG via concessões de gestão de resíduos (…) A Simpar opera 2 concessões de gestão de resíduos via: (i) Ciclus, uma empresa integrada de gestão e valorização de resíduos sólidos incorporada pela Simpar em out/21 (controlada pela sua subsidiária CS Infra), que administra uma concessão assinada com a COMLURB, concessionária de 100% dos resíduos da cidade do Rio de Janeiro (link); e (ii) a conquista de uma nova concessão em Belém em jan/24, após um processo de licitação promovido pela Prefeitura (link) – de acordo com o Sr. Prado, este aterro sanitário deve levar de 3 a 4 anos para ser construído, em grande parte devido a requisitos ambientais. Diante desse cenário, a gestão da companhia ressaltou o posicionamento estratégico ESG da Simpar, construindo um sólido histórico e experiência na gestão de resíduos, ao mesmo tempo em que adiciona potencialmente novas avenidas de crescimento por meio de biogás e créditos de carbono.

#2. (…) ao mesmo tempo em que adiciona uma estratégia de geração de crédito de carbono. O Sr. Prado destacou a geração de créditos de carbono da empresa por meio da estratégia de compensação de carbono através de projetos de aterro sanitário. Por meio da Ciclus, a Simpar já possui ~3ktons de créditos armazenados, que estão atualmente em processo de registro pela Gold Standard antes de serem negociados no mercado voluntário. Com o objetivo de aumentar a exposição do grupo no futuro, o RI demonstrou interesse em replicar a estratégia da Ciclus, desenvolvendo projetos de compensação de carbono também na unidade de Belém. Embora o Sr. Prado tenha destacado que o foco de curto prazo da empresa é concluir o registro de créditos (que deve gerar receita adicional), as expectativas sobre os preços dos créditos e os volumes negociados não foram compartilhadas.

#3. Desbloqueando valor por meio do sustainability linked bond emitido em 2021. Lembrando que a Simpar foi a primeira empresa do setor de transporte do mundo a emitir uma dívida vinculada à metas de sustentabilidade (sustainability linked bond em inglês) em 2021 (com vencimento em 2031), o Sr. Prado reforçou que a empresa levantou US$625 milhões visando uma redução de 15% nas emissões de gases de efeito estufa até 2030 (incluindo os escopos 1, 2 e 3). De forma geral, a empresa buscou a emissão frente à taxas mais atraentes, além da oportunidade de acessar uma base de investidores mais ampla, com o Sr. Prado mencionando que os recursos líquidos da oferta estão sendo usados para recomprar notas seniores (no valor dos mesmos US$625 milhões) com vencimento em 2024.

#4. Avançando com melhorias na governança corporativa. Como uma holding, boas práticas de governança corporativa são fundamentais para o desempenho geral ESG da companhia. Desse modo, o Sr. Ferrez enfatizou os processos estratégicos de reestruturação corporativa realizados pela Simpar desde seu IPO (2010), promovendo a independência de suas subsidiárias.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.