Métrica mensal do PIB recua 5,9% em março


Compartilhar:


O índice de atividade econômica calculado mensalmente como uma métrica do PIB pelo Banco Central (IBC-Br) apresentou contração de 5,90% na comparação mensal de março (mar20/fev20) e de 1,52% na comparação anual desse mesmo mês (mar20/mar19), surpreendendo positivamente tanto as nossas expectativas (-7,2% m/m e -2,9% a/a) quanto as expectativas de mercado coletadas pela Bloomberg (-6,00% m/m e – 2,40% a/a).

No primeiro trimestre de 2020, o índice apresentou contração de 0,28% com relação ao mesmo trimestre de 2019 e de 1,95% com relação ao trimestre imediatamente anterior.

Em meio à desaceleração econômica mais pronunciada causada pelo coronavírus, o resultado foi negativamente influenciado pelas piores performances do varejo (-13,7% m/m e -6,3% a/a), da indústria (-9,1% m/m e -3,8% a/a) e do setor de serviços (-6,9% m/m e -2,7% a/a) em março.

As únicas duas categorias que se beneficiaram do isolamento social, performaram bem no mês e que impediram que o índice apresentasse queda ainda maior foram as vendas de supermercados (+14,6% m/m) e de artigos farmacêuticos (+1,3% m/m).

Com base nos indicadores disponíveis até o momento, esperamos que o PIB do primeiro trimestre de 2020 (que será divulgado no próximo dia 29) já seja negativamente impactado pela pandemia do novo coronavírus, apresentando contração superior a 1% com relação ao trimestre anterior.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratég