O que você aprendeu com o BBB?


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Você já assistiu ao Big Brother Brasil (BBB)? Você está entre as pessoas que amam ou que acham esse reality show uma grande besteira? Bem, eu não sou especialista em reality shows e por muito tempo eu apenas julguei o BBB e me incluí entre os que acham que é tudo uma grande bobagem. Mas, o fato é que a cada ano que passava e esse programa continuava eu ficava mais intrigado. Então, de alguns tempos pra cá eu busquei tentar entender o que fazia esse programa fascinante para tanta gente.  

Quando você olha na superficialidade, não há nada demais mesmo. Um grupo de adultos à toa, confinados em uma casa de luxo muito animada e que ninguém quer sair. Na verdade, todo mundo quer é ser o último a sair. Aí o público vota e os participantes ganham ou perdem, saindo um a um, até que a última pessoa fica e vai de volta para sua casa com uma bolada em dinheiro.

Contudo, o reality é muito mais do que isso e vou te contar o que você pode aprender ali sobre nós, seres humanos. O “Big Brother” faz alusão ao célebre livro do George Orwell, que se passa em um futuro, uma distopia onde o Estado observa e controla tudo e todos. E faz todo o sentido a analogia: a casa é repleta de câmeras, com milhões de espectadores assistindo em um aquário humano, onde todos os “peixes” são julgados o tempo todo.

"É uma aula de comportamento humano que pode, por mais incrível que pareça, trazer muitos aprendizados, inclusive na nossa vida financeira em que temos que lidar com as emoções praticamente o tempo todo. Fica a reflexão."

E, veja bem, se você analisar outros “reality shows”, o BBB fica ainda mais intrigante. A maioria desses programas exige uma espécie de compromisso. São competições como “Amazing Race” ou “Survivor”, nos quais os participantes se aventuram e passam por desafios que exigem preparo e determinação.

Já a rotina do “brother” BBB parece a de um adolescente rico e mimado: acorda tarde, vai pra academia, pra piscina, come, bebe e assiste televisão o dia todo. Claro, tudo isso criando ou se envolvendo em intrigas. Mas, então, porque será que o BBB continua sendo o reality show mais assistido de todos os tempos?

Na minha análise existem pelo menos 3 grandes questões que são praticamente irresistíveis aos espectadores do programa e que dizem muito sobre o que mexe com as emoções dos seres humanos. A primeira e mais importante é que o BBB é um programa sobre relacionamentos. Quando você coloca um grupo de adultos confinados em uma casa por muito tempo você vai ter muitas revelações.

Inevitavelmente, o pior e o melhor dessas pessoas vai aparecer e isso torna o BBB a novela mais real que você vai assistir. Esse extremo emocional que o confinamento e a vontade de vencer o prêmio provocam levam esse jogo a um nível de sobrevivência em que ninguém tem muito o que fazer a não ser garantir sua permanência.

Então, boas doses de raiva, brigas, ressentimentos e desvios de conduta são parte da rotina da casa. As tramas, as personalidades de cada um, o desenrolar de como um grupo de pessoas articula suas estratégias faz desse aquário humano um experimento antropológico ao vivo e em rede nacional.

Um segundo elemento essencial para o sucesso do BBB é justamente essa capacidade de alianças estratégicas que cada participante precisa desenvolver para se manter no jogo.

E é justamente essa parte uma das habilidades mais difíceis que um bom “brother” precisa desenvolver. Como descobrir que quem está se aproximando de você está querendo uma amizade real, ou apenas quer pegar as informações que você forneceu para te tirar do jogo?

É normal ver os participantes formando alianças com a expectativa de chegarem juntos mais próximos do prêmio e de repente descobrirem que estão sendo usados pelo suposto aliado. São negociações diárias e muitas vezes bem articuladas.

Um terceiro elemento essencial é a adaptação às mudanças. Normalmente os programas de reality dependem de uma conexão dos fãs com os participantes. É justamente isso que faz a pessoa querer ligar a TV e acompanhar o programa.

Mas o 'Big Brother' mudou esse paradigma de cabeça para baixo, criando um show no qual as mudanças e reviravoltas acontecem o tempo todo. Nunca se sabe ao certo quem vai sair, quem vai ficar, quem estava sendo verdadeiro e quem estava sendo falso.

Se você analisar bem, esse programa é um grande tabuleiro de xadrez das relações humanas, escancarando o melhor e o pior que elas podem trazer. É uma aula de comportamento humano que pode, por mais incrível que pareça, trazer muitos aprendizados, inclusive na nossa vida financeira em que temos que lidar com as emoções praticamente o tempo todo. Fica a reflexão. Ah, e pode espiar à vontade.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Veja outras publicações da coluna "Na conta do Godoy"
Disclaimer:

O conteúdo publicado não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/18, tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas nesta página foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP”) não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. O conteúdo também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As informações de terceiros disponibilizadas nesta página não refletem a opinião da XP, nem de nenhuma das empresas do Grupo XP Inc., de modo que ela não se responsabiliza pela veracidade, exatidão e correção das informações. Os instrumentos financeiros discutidos podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. É expressamente recomendada a leitura do Regulamento, prospecto, edital e demais materiais de divulgação antes da decisão de investimento, com especial atenção aos fatores de risco. A XP não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Esse material destinado a rede de relacionamento da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.