As lições dos moradores das ‘zonas azuis’


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Estamos vivendo muito mais e muito melhor do que os nossos antepassados. Para se ter uma ideia, desde os tempos das cavernas até meados do século 19, a expectativa de vida de nós, humanos, girava em torno de 30, no máximo 35 anos.

Desde então, com os avanços da ciência, nossa vida neste planeta tem aumentado significativamente. Nos anos 1950, por exemplo, uma pessoa nascida no Brasil vivia em média 50 anos. Já um europeu passava dos 60, 65 anos em expectativa de vida ao nascer. Em 2021, alguns países desenvolvidos estão alcançando a marca dos 85 anos, o que já é memorável.

Mas ainda há espaço para viver mais. Alguns cientistas afirmam que o corpo humano consegue alcançar mais de 120 anos e pessoas nessa faixa etária serão cada vez mais comuns. Será que em vamos viver tanto tempo? É possível viver 90, 100, até 120 anos com qualidade de vida?

Embora a genética de alguma forma determine sua expectativa de vida e suscetibilidade a doenças, provavelmente o seu estilo de vida tem um impacto ainda maior. Se o estilo de vida influencia tanto, existe alguma receita para a vida longa?

"Se vivemos cada vez mais e cada vez melhor, é essencial que desde a juventude possamos ter a consciência de que uma vida longa necessita, por exemplo, de um bom planejamento financeiro."

Parece que sim. Existem até alguns lugares no mundo onde as pessoas vivem muito mais. Você já ouviu falar das Zonas Azuis?  “Zona Azul” é um termo dado às regiões geográficas que abrigam algumas das pessoas mais idosas do mundo.

O termo foi usado pela primeira vez pelo autor Dan Buettner, estudando locais do mundo nos quais as pessoas vivem vidas excepcionalmente longas. Dan e sua equipe encontraram pelo menos cinco Zonas Azuis, sendo (1) Icária, Grécia; (2) Ogliastra, Itália; (3) Okinawa, Japão; (4) Nicoya, Costa Rica e (5) Loma Linda, EUA.

Nessas cinco regiões, a taxa de pessoas com mais de 90, 100 anos, é extremamente alta. Curiosamente, a genética provavelmente é responsável por apenas 20 ou 30% da longevidade. Portanto, se conclui que as influências do ambiente em que se vive, como a dieta e o estilo de vida, desempenham um grande papel na expectativa de vida.

E que hábitos são esses? Listei abaixo as principais características comuns às cinco Zonas Azuis do planeta:

Alimentação

As pessoas nas Zonas Azuis normalmente comem uma dieta baseada em vegetais e rica em legumes, grãos inteiros e nozes. Além disso, elas também costumam praticar algum tipo de restrição calórica, como o jejum, por exemplo.

É comprovado que a restrição calórica a longo prazo pode ajudar na longevidade. Um estudo longitudinal com primatas identificou que comer 30% menos calorias do que o normal leva a uma vida significativamente mais longa.

Também sabemos que a ingestão de mais calorias do que o necessário leva ao excesso de peso, o que pode trazer doenças crônicas.

Agora, quer uma dica prática para comer menos? Aprenda a comer mais devagar. Comer devagar pode reduzir a fome e aumentar a sensação de saciedade. Os hormônios que fazem você se sentir saciado só atingem seu sangue uns 20 minutos depois de você comer.

Ingestão de álcool

Outro fator relacionado à dieta muito comum às Zonas Azuis é o consumo moderado de álcool. Sim, álcool, em pequena quantidade, pode fazer muito bem!

Muitos estudos mostraram que beber de uma a duas taças de vinho por dia, por exemplo, pode reduzir significativamente as doenças cardíacas.

Atividade física

Além da dieta, a atividade física é outro fator extremamente importante no envelhecimento

Nas Zonas Azuis, as pessoas não se exercitam indo para a academia. Em vez disso, a atividade física é incorporada em suas atividades diárias por meio da jardinagem ou de caminhadas, por exemplo.

Um estudo com homens na Zona Azul da Sardenha descobriu que sua vida mais longa estava associada à criação animais de fazenda, vivendo em encostas mais íngremes nas montanhas e caminhando distâncias mais longas para o trabalho

Se a partir de agora você melhorar seus hábitos, desde alimentação e atividades físicas até à sua educação financeira, a chance de você viver uma vida próspera no curo, no médio e no longo prazo será muito maior.

Se você não mora nas fazendas da Sardenha, não se preocupe. Os exercícios físicos moderados que fazem parte da vida diária, como caminhar e subir escadas, podem ajudar a prolongar a vida. Se você puder, tente fazer atividades aeróbicas moderadas por no mínimo 150 minutos por semana.

Dormir

Além dos exercícios, descansar de forma adequada e ter uma boa noite de sono parece ser muito importante para uma vida longa e saudável. As pessoas nas Zonas Azuis dormem o suficiente e costumam tirar cochilos diurnos.

Vários estudos descobriram que não dormir o suficiente pode aumentar significativamente o risco de morte, incluindo doenças cardíacas ou derrame.

Uma meta-análise compilando 35 estudos descobriu que a duração ideal do sono é de pelo menos sete horas. E vários estudos mostraram que os pequenos cochilos diurnos, de 20 ou 30 minutos, conhecidos em muitos países mediterrâneos como “sestas” podem até reduzir riscos de doenças cardíacas.

Propósito de vida

As pessoas nas Zonas Azuis tendem a ter um propósito de vida, conhecido como “ikigai” em Okinawa ou “plano de vida” em Nicoya. Também é comprovado que ter um propósito maior não apenas trás um maior bem-estar psicológico, mas também aumenta a expectativa de vida. 

Eu ainda adicionaria uma característica, a capacidade de pensar e planejar a nossa vida para o longo prazo. Se vivemos cada vez mais e cada vez melhor, é essencial que desde a juventude possamos ter a consciência de que uma vida longa necessita, por exemplo, de um bom planejamento financeiro. Isso significa desenvolver a habilidade de viver bem o presente, mas se preparando para o futuro. Com qual idade você pretende alcançar a sua independência financeira? Com as reservas de hoje, quantos anos você conseguiria viver se parasse de trabalhar?

Se a partir de agora você melhorar seus hábitos, desde alimentação e atividades físicas até à sua educação financeira, a chance de você viver uma vida próspera no curto, médio e longo prazo será muito maior.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Veja outras publicações da coluna "Na conta do Godoy"
Disclaimer:

O conteúdo publicado não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/18, tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas nesta página foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP”) não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. O conteúdo também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As informações de terceiros disponibilizadas nesta página não refletem a opinião da XP, nem de nenhuma das empresas do Grupo XP Inc., de modo que ela não se responsabiliza pela veracidade, exatidão e correção das informações. Os instrumentos financeiros discutidos podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. É expressamente recomendada a leitura do Regulamento, prospecto, edital e demais materiais de divulgação antes da decisão de investimento, com especial atenção aos fatores de risco. A XP não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Esse material destinado a rede de relacionamento da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.