XP Expert

Um futuro abundante é possível

Apesar de os riscos que estamos enfrentando serem desestabilizadores, eles também são um incentivo para que soluções eficientes sejam criadas e rapidamente implementadas, como já visto repetidas vezes na História humana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Vivemos em um mundo de contrastes. Ao mesmo tempo em que a humanidade usufrui de uma era de abundância nunca vista, ainda lutamos contra doenças de efeitos globais, pobreza e miséria e destruição dos recursos naturais. Isso nos leva ao seguinte questionamento: no longo prazo, conseguiremos gerar riqueza para todos preservando o nosso planeta?

Somos bombardeados todos os dias por notícias assustadoras, que geram um catastrofismo desesperador. O senso de urgência é fundamental: chegamos ao ponto de que alguns danos causados ao nosso planeta, em breve, se tornarão irreversíveis e com impactos negativos inestimáveis. Para os céticos, a ausência de evidência não significa evidência de ausência.

Nassim Taleb baseia-se nessa constatação ao argumentar que a eventual materialização de riscos relacionados ao uso excessivo de recursos naturais, como as mudanças climáticas, pode levar ao imponderável, considerando que não há como reverter erros de tão grande magnitude.

Apesar de os riscos que estamos enfrentando serem desestabilizadores, eles também são um incentivo para que soluções eficientes sejam criadas e rapidamente implementadas, como já visto repetidas vezes na História humana.

Quando analisamos as últimas décadas, muito foi alcançado em termos de progresso e prosperidade. Andrew McAfee, em seu livro More From Less, argumenta, com base em dados, que o capitalismo e a evolução tecnológica estão levando a um progresso mais alinhado com a preservação dos recursos naturais.

“Realidades paradoxais são a regra, não a exceção. Talvez o necessário não seja lutar para que elas se tornem equivalentes, missão inalcançável em si mesma, mas para que cada realidade individual conte com o mínimo necessário para o exercício do potencial máximo de cada um.

McAfee demonstra, por exemplo, que nas últimas décadas o padrão de vida dos norte-americanos aumentou concomitantemente à diminuição do consumo de recursos naturais, como água, metais e materiais de construção.

A partir de uma perspectiva otimista para o futuro, ele acredita que essa tendência irá se espalhar para o resto do mundo. Afinal, os dados indicam que à medida em que ficamos mais ricos, os recursos naturais são utilizados de forma mais eficiente, usando menos energia, gerando menos poluição e, até mesmo, levando à compensação de externalidades negativas do passado, como a limpeza de áreas poluídas, o reflorestamento e a proteção de espécies da fauna e flora.

Em 2007, Peter Diamandis, Ray Kurzweil, Robert D. Richards e Michael Simpson fundaram a Singularity University, com o objetivo de estudar formas de utilizar tecnologias em crescimento exponencial na solução dos grandes desafios do mundo, transformando bens escassos em abundantes.

No livro Abundância: O Futuro é Melhor do que Você Imagina, Diamandis e Kotler trazem diversos exemplos, dentre os quais se destaca o da garrafa Lifesaver, que foi projetada para socorro em situações de desastres. Ela gera água potável por meio de uma solução de filtragem baseada em nanotecnologia e de baixo custo, capaz de produzir o equivalente a 6 mil litros de água própria para o consumo.

É inegável que o avanço tecnológico em uma economia de mercado com instituições inclusivas traz incontáveis benefícios ao ser humano.

Há inúmeros exemplos de tecnologias disruptivas que estão continuamente melhorando as nossas vidas: a internet democratizou o acesso à informação e à educação, impressoras 3D já constroem casas a um custo progressivamente mais baixo, a inteligência artificial está ajudando a identificar o desenvolvimento de doenças com antecedência, carros autônomos têm o potencial de diminuir o número de acidentes de trânsito, o blockchain poderá viabilizar o acesso à serviços financeiros a custos baixos para diversas pessoas.

No entanto, o progresso tecnológico ainda não resultou em uma situação de vida minimamente boa – e muito menos abundante – para toda a humanidade. Hoje, realidades paradoxais são a regra, não a exceção. Talvez o necessário não seja lutar para que elas se tornem equivalentes, missão inalcançável em si mesma, mas para que cada realidade individual conte com o mínimo necessário para o exercício do potencial máximo de cada um.

Como afirma o ilustre economista e professor indiano Amartya Sen, o desenvolvimento requer que sejam removidas as principais fontes de privação da liberdade: pobreza e tirania, carência de oportunidades econômicas e destituição social sistemática, negligência dos serviços públicos e intolerância ou interferência excessiva de Estados repressivos. Portanto, o desenvolvimento traduz-se na expansão das liberdades humanas.

Para que tal expansão seja abundante para todos no longo prazo, os recursos naturais devem ser preservados e utilizados com responsabilidade e eficiência, com apoio do progresso tecnológico, em direção a um futuro menos caótico.

Não basta apenas acreditarmos no potencial de um futuro maravilhoso com uma boa dose de otimismo, afinal a complexidade dos problemas globais é desafiadora. Nós precisamos trabalhar incansavelmente nas esferas individual e coletiva para que esse futuro se materialize o quanto antes no nosso presente.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

O conteúdo publicado não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/18, tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas nesta página foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP”) não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. O conteúdo também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As informações de terceiros disponibilizadas nesta página não refletem a opinião da XP, nem de nenhuma das empresas do Grupo XP Inc., de modo que ela não se responsabiliza pela veracidade, exatidão e correção das informações. Os instrumentos financeiros discutidos podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. É expressamente recomendada a leitura do Regulamento, prospecto, edital e demais materiais de divulgação antes da decisão de investimento, com especial atenção aos fatores de risco. A XP não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Esse material destinado a rede de relacionamento da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.