Blue Chips: conheça as principais ações da Bolsa

Você já ouviu falar em Blue Chips? Elas são consideradas as maiores ações da Bolsa e podem ser uma opção para investir em empresas mais estáveis e consolidadas.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Blue Chips: conheça as principais ações da Bolsa

Se você já investe ou quer investir em ações vai se deparar com alguns termos específicos do mercado financeiro. Um deles é a expressão Blue Chips.

As ações Blue Chips, que nem sempre são conhecidas por esse nome, são ações de empresas muito conhecidas em seu mercado, em geral são empresas financeiramente estáveis  com altos volumes de negociação e de mercado na Bolsa.

O termo em inglês tem origem em alguns jogos de azar, como o pôquer, onde as fichas azuis são as que valem mais. Ou seja, até na origem do nome, já é indicado o alto valor das Blue Chips.

Continue a leitura para entender mais sobre esse tipo de ação, quais empresas se encaixam nessa categoria e como investir em Blue Chips.

O que são Blue Chips?

As Blue Chips são as ações de grandes empresas, que já são consolidadas no mercado e na Bolsa de Valores. Por isso, elas são o desejo de muitos investidores e marcam presença em suas carteiras.

Elas são consideradas ações mais seguras, pois são de empresas consolidadas em suas áreas de atuação, têm boas condições financeiras e são relativamente mais estáveis do que outras empresas.

Com essas condições, elas costumam pagar bons dividendos aos seus acionistas, o que atrai ainda mais novos investidores e interessados em viver de renda.

Outras características importantes das Blue Chips são:

  • Boa liquidez se quiser vender as ações
  • Distribuição recorrente de lucros
  • Boa relação com os acionistas
  • Gestão transparente da empresa
  • Finanças saudáveis e com crescimento estável

Um ponto importante é a liquidez dessas ações. Como elas sempre são muito procuradas pelos investidores, seja por quem está começando a investir e quer apostar em uma empresa sólida ou para quem é mais experiente e quer assegurar a carteira com as Blue Chips, têm bastante liquidez. Ou seja, provavelmente vai ser fácil negociá-las no mercado.

Ações de primeira linha

As Blue Chips são consideradas ações de primeira linha. Esse tipo de ação é classificado assim quando tem grande volume de negócios diários, liquidez alta e dão ao investidor mais segurança ao investir.

Geralmente, as ações de primeira linha são as que fazem parte do Índice Bovespa. E, grande parte dessas ações, são justamente as Blue Chips.

Porém, é importante lembrar que não existe uma lista oficial onde são classificadas ações Blue Chips. Essa classificação é especulativa. Ou seja, é feita por um consenso de mercado a partir de análises de especialistas e do comportamento das ações. Mas não existe um índice oficial.

Blue Chips do Mercado Brasileiro

Como falamos, não existe uma lista oficial de Blue Chips. Mas, analisando o mercado e o que caracteriza uma Blue Chip, pode-se considerar algumas ações de empresas brasileiras como Blue Chips, pois são empresas de grande porte, financeiramente estáveis e suas ações têm alta liquidez.

Portanto, as ações dessas empresas tendem a trazer mais segurança ao investidor. Claro que, como todos os investimentos de renda variável, o risco é alto. Contudo, se comparado a outras empresas da Bolsa, elas correm menos risco de quebrarem ou sofrerem impactos negativos em momentos de crises, por exemplo.

Conheça algumas Blue Chips Brasileiras:

Todas essas empresas são tradicionais em seus ramos e são referência no que fazem. Elas têm experiência acumulada e atuação importante em seus setores.

Blue Chips de Mercados Internacionais

Assim como no mercado brasileiro, existem também as grandes empresas em outros mercados. Se você tem interesse em investir fora do Brasil, é bom acompanhar quais são as Blue Chips que se destacam.

Separamos algumas empresas norte-americanas que se enquadram nessa categoria:

  • CocaCola
  • PepsiCo
  • Walmart
  • Procter & Gamble
  • Exxon Mobil
  • Unilever
  • Johnson & Johnson

Qual a importância das Blue Chips para o Mercado?

As Blue Chips têm uma importância alta no mercado financeiro. Além, claro, de serem opções mais seguras para os investidores diversificarem a carteira de ações, elas têm a capacidade de influenciar o rumo de muitas negociações.

Isso pois o Índice Bovespa, que é o principal índice da Bolsa de Valores, é composto por muitas dessas ações. Ou seja, se o preço de muitas Blue Chips cai, o índice provavelmente também vai cair.

Em muitos casos, quando o Índice Ibovespa tem oscilações isso está atrelado também a oscilações de grandes empresas brasileiras, como a Petrobras ou a Vale. Ou seja, elas têm alta capacidade de influenciar o próprio índice.

Termômetro da Bolsa

Outro ponto importante sobre essas ações é sobre sua liquidez. Como elas são muito negociadas, funcionam como um “termômetro” da bolsa brasileira. Portanto, mesmo que você não queira negociá-las, é interessante acompanhar suas variações para saber como está a movimentação do mercado.

Como falamos, elas podem influenciar diretamente no Índice Bovespa. Então, é importante sempre tê-las no radar.

Movimentam o mercado

Por serem mais seguras, elas atraem muitos investidores. Além de serem boas pagadoras de dividendos. Ou seja, pode ser uma maneira de ter bom retorno e ações mais seguras na carteira.

As Blue Chips são a “porta de entrada” de muitos investidores na Bolsa, já que são uma boa opção para quem procura retornos com mais segurança.

Outras classificações de ações

O mercado é composto por ações de empresas de diferentes tipos e em fases distintas em seu desenvolvimento. Embora não exista uma lista oficial que indique quais ações são consideradas Blue Chips, essas ações têm pontos em comum e, portanto, é possível categorizá-las assim.

Contudo, essa não é a única categoria de ações que existe. Conheça outros tipos de ações que existem no mercado:

Mid Caps

As ações desse grupo são consideradas de empresas de médio porte. O termo, em inglês, significa “média capitalização”.

Essas ações podem ter uma boa margem de crescimento. Porém, se comparadas com a Blue Chips, a liquidez tende a ser bem menor. Então, é um ponto para se atentar.

Small Caps

As Small Caps são as ações de empresas de pequeno porte. A vantagem dessas ações é que costumam ser bem mais baratas. Porém, por serem menos procuradas, a liquidez é baixa.

Então, por que investir em Small Caps? Por serem baratas, elas podem ter uma boa valorização. Se você apostar nas empresas certas, pode ter resultados bem positivos com a valorização dos papeis.

A dica é: diversificação

O segredo para ter uma carteira de ações equilibrada é a diversificação. Não invista todo o seu capital em Blue Chips ou em Small Caps. Vale sempre a pena sempre diversificar.

Assim, você fica mais protegido dos riscos e aumenta suas chances de ter uma carteira rentável.

Você pode conferir as carteiras recomendadas pelos analistas da XP. Conte com quem entende do mercado para te ajudar a escolher os melhores investimentos.

Se você ainda não tem conta na XP, abra a sua aqui.



Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.