Tereos: Resultado 4T18/19

Saiba mais sobre os resultados da Tereos na safra 2018/19.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A Tereos Brasil é a maior operação internacional do Grupo Tereos O grupo é sediado na França e o segundo maior produtor de açúcar do mundo.

A operação brasileira é a 4ª maior usina produtora do país em capacidade de moagem e a terceira maior produtora de açúcar. A Companhia possui capacidade para produzir cerca de 60% de açúcar, possuindo marca própria de refinado (Guarani).

Principais fatores de crédito

Mercado de açúcar e etanol

Esta nota de resultado engloba os resultados findos em 31/03/2019. A Tereos Açúcar e Energia Brasil divulga apenas um balanço anual, logo este comentário baseia-se no fechamento da Safra 18/19.

Quais são os destaques operacionais?

Na safra 18/19, a Companhia atingiu 17,9 milhões de toneladas de moagem, queda de 13% em relação à safra anterior. A produção de açúcar foi de 1,4 milhão de toneladas (-22%) e a de etanol, 676 m³ (+5%).

A produtividade agrícola média (TCH) da Tereos foi de 73 t/ha, em linha com a produtividade média da região Centro-Sul, onde está localizada, mas abaixo da safra anterior. Já o ATR ficou estável, em 141,4 kg/ton.

Como está a situação financeira?

Na safra 18/19, atingiu Receita Líquida de R$ 3,1 bilhões (-16% em relação à safra 17/18) e EBITDA ajustado de R$536 milhões (-44%), com 20% de Margem EBITDA. O resultado foi negativamente impactado por:

  • Estiagem sofrida durante a safra → queda na colheita de cana
  • Queda nos preços do açúcar e etanol

A Tereos traçou meta de atingir TCH de aproximadamente 100 t/ha nas terras que tem controle até 2021. Por isso, intensificaram o capex de renovação de canavial e demais investimentos na área agrícola nos últimos anos.

Estes fatores contribuíram para redução da dívida bruta da Companhia nas últimas 3 safras, que atingiu R$3,1 bilhões no fechamento da 2017/18.

O caixa da Tereos era de R$1,3 bilhão ao final de 18/19, representando 1,5x a dívida de curto prazo de R$1,3 bilhão (20% da dívida total). Ou seja, a empresa tinha conforto suficiente para pagar suas dívidas vincendas nos 12 meses seguintes.

A dívida líquida reportada foi de R$3 bilhões, o que se traduziu em uma alavancagem de 6,7x no fechamento da safra, aumento significativo em relação à safra anterior (2,4x).

O aumento da alavancagem foi efeito tanto do aumento de endividamento quando de queda do EBITDA. Não há covenants de endividamento, ou seja, não há risco de vencimento antecipado por aumento na alavancagem.

Acreditamos que, com os investimentos em recuperação do canavial e consequente melhora em produtividade, além de melhores condições na próxima safra, a Tereos possa reduzir novamente sua alavancagem.

Glossário

Cana Própria x Cana de Fornecedores: No setor, existem basicamente duas formas de obter matéria-prima. Na primeira, a Usina cultiva sua própria cana, sendo responsável por todo investimento no canavial e gastos na colheita. Na segunda modalidade, a usina compra a matéria-prima de um fornecedor, podendo ser no campo (usina faz a colheita) ou na esteira (usina recebe a cana na indústria).

Vale destacar que a Margem EBITDA é afetada segundo o percentual de cana própria e de fornecedores, uma vez que na primeira modalidade, a Companhia tem custos reduzidos, logo maior margem, entretanto possui investimentos maiores.

ATR (Açúcar Total Recuperável): Métrica que representa a qualidade da cana, isto é, sua capacidade de ser convertida em açúcar ou álcool através dos coeficientes de transformação de cada unidade produtiva. Segundo dados da Unica, a média do ATR região Centro-Sul foi de 136 kg ATR/ton na Safra 17/18.

Produtividade: Quantidade, em toneladas de cana-de-açúcar, produzida por hectare por ano. Segundo dados da Unica, a média da produtividade da região Centro-Sul foi de 76 ton/ha na Safra 17/18.

Dívida Líquida: Dívida bruta menos caixa e equivalentes de caixa.

EBITDA: Corresponde a: (i) receita operacional líquida, menos (ii) custos dos produtos e serviços prestados, excluindo impactos não-caixa da variação do valor justo dos ativos biológicos, menos (iii) despesas comerciais, gerais e administrativas, acrescidos de (iv) depreciação, amortização e consumo do ativo biológico, conforme fluxo de caixa apresentado nas demonstrações financeiras auditadas e acrescidos de (v) outras receitas e despesas operacionais, desde que recorrentes, em conformidade com as práticas contábeis vigentes, tudo determinado em conformidade com o International Financial Reporting Standards (“IFRS”).

Veja também

Fonte

Diário Oficial da União – Tereos

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.