Curtas: Cemig não deverá comprar participação da Light na Renova


Compartilhar:


  • De acordo com o Valor Econômico, a Cemig decidiu não comprar a participação que a Light detém na Renova. Como faz parte do bloco de controle, a empresa mineira tinha direito de preferência na compra da participação e no acompanhamento da Light na venda da totalidade de sua fatia.
  • No entanto, a Cemig divulgou Fato Relevante a respeito da notícia veiculada, esclarecendo que o assunto não foi deliberado na Assembleia do dia 08/11 e destacou que tem até dia 13/11 para decidir sobre a compra ou não da fatia na Renova.
  • Com a saída da Light da Renova, no dia 14 de outubro, a Cemig manteve 45,83% do capital da empresa. Em 16 de outubro, a Renova entrou com pedido de recuperação judicial, com dívidas de R$3,1 bilhões.
  • Na reunião em que a Cemig decidiu por não comprar a participação da Light, laudo jurídico apontou que, independentemente do tamanho da participação da Cemig na Renova, ela será corresponsável por 100% do passivo na companhia.
  • A dívida bruta da Cemig ao final do 2T19 era de R$13,9 bilhões. Caso a empresa seja responsável por 50% do passivo da Renova, a dívida passaria a R$15,4 bilhões. A alavancagem, medida por dívida líquida / EBITDA, iria de 2,5x para 2,8x.
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM