Vantagens da portabilidade e do longo prazo na previdência aberta

Este artigo visa exemplificar as possibilidades do mecanismo de portabilidade como um poderoso instrumento para realocação de recursos que, aliado ao valor do dinheiro no tempo,  coloca os planos PGBL e VGBL entre as melhores opções de investimento de longo prazo. Mudar a posição dos investimentos sem custos é uma situação praticamente impossível de ser […]


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Este artigo visa exemplificar as possibilidades do mecanismo de portabilidade como um poderoso instrumento para realocação de recursos que, aliado ao valor do dinheiro no tempo,  coloca os planos PGBL e VGBL entre as melhores opções de investimento de longo prazo.

Mudar a posição dos investimentos sem custos é uma situação praticamente impossível de ser atingida. Quase todas as vezes que uma posição de investimento é desfeita para compra de novos ativos há incidência de custos ligados diretamente a transação como corretagens, emolumentos, taxas de saída, imposto de renda, imposto sobre operações financeiras… A lista pode ser quase sem fim. Além dos custos diretos há também os indiretos que são de difícil mensuração e em certos casos podem superar os custos diretos. Esses custos estão ligados aos processos e procedimentos necessários para arcar com os custos diretos. Para entender mais profundamente seguem alguns exemplos:

  1. Na venda de diversos ativos mobiliários (ações, cotas de fundo negociados em bolsa, futuros etc.)  onde ocorrer lucro será necessário arcar com o custo para calcular o imposto, preencher guias de recolhimento e o procedimento de pagar os impostos.
  2. É necessário manter um registro de ganhos e perdas dos investimentos considerando as possíveis combinações para compensação no pagamento de impostos.
  3. Anualmente será necessário preencher a declaração de imposto de renda com todas as operações realizadas num extenso e maçante relatório.

Tudo isso toma tempo e, portanto, gera-se um custo operacional para operar investimentos.

Quando falamos de investidores profissionais esses custos são controlados na ponta do lápis e constituem um importante fator a ser considerado na rentabilidade dos portfólios e carteiras de investimento, sendo que os custos indiretos justificam muitas vezes as taxas cobradas para a administração de carteiras mais complexas.

Porém quando falamos de investidores pessoa física esses custos muitas vezes são negligenciados e aparentes ganhos em determinadas operações podem ser anulados se não houver a devida dedicação e diligência que o assunto requer.

Quando pensamos em investimentos de longo prazo uma boa forma de evitar tais custos transacionais e de controladoria ligados a movimentação dos ativos é utilizarmos como veículos os Planos de Caráter Previdenciário, mais conhecidos como PGBL e VGBL. Tais produtos possuem a característica única da portabilidade. Conhecido como “Instituto da Portabilidade” ele é garantido pelo artigo 27 da Lei Complementar 109 de 29/05/2001 no caso de planos de previdência abertos (PGBL) e por diversas regulamentações do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) no caso de Produtos de Seguros de Vida por Sobrevivência (VGBL).

É muito importante aprofundar o entendimento desta característica para aproveitar o que ela oferece de melhor para a Pessoa Física: a possibilidade de movimentar recursos entre planos, fundos e seguradoras sem incidência direta ou indireta de custos transacionais.

Vamos olhar o seguinte exemplo comparativo:

Possibilidade 1 – Investimento de longo prazo sem uso da previdência:

Em janeiro de 2010 um Investimento foi realizado num fundo de ações da gestora fictícia AB  (FIA AB) no valor de 100 mil reais e foi resgatado em março de 2016 para na sequencia ser reaplicado em cotas de um outro fundo de ações da gestora também fictícia XY (FIA XY) sendo que em abril de 2018 os recursos foram resgatados do fundo FIA XY.

Nessa operação o rendimento bruto acumulado no FIA AB foi de 60% no período e o rendimento bruto acumulado no período de aplicação no FIA XY foi de 14%.

Em cada operação de resgate para realocação houve incidência de imposto de renda no valor de 15% sobre os rendimentos, ou seja, na prática o rendimento líquido resgatado do FIA AB foi de 51% enquanto que o rendimento líquido resgatado do FIA XY foi de 12%.

Se fizermos uma comparação em valores veremos que no primeiro resgate o cliente pagou um imposto de 9.000 reais e no segundo resgate 3.171 reais como mostram as tabelas abaixo:

Possibilidade 2 – Investimento de longo prazo usando previdência

Vamos supor agora que o mesmo valor de 100 mil reais tenha sido aplicado e reaplicado em fundos equivalentes aos Fundos de Ações (FIA AB e FIA XY) das mesmas gestoras, porém por intermédio de planos de previdência do tipo VGBL com o regime tributação regressiva (com alíquota de Imposto de Renda de 15% sobre o rendimento resgatado entre 8 e 10 anos).

Nesse exemplo vamos notar que os prazos e rendimentos foram iguais aos do exemplo anterior. Além disso para efeito comparativo o resgate do VGBL ocorreu após 8 anos de aplicação, forçando a alíquota de imposto de renda a ser igual ao de um fundo de ações.

Nesse exemplo a característica de não incidência de custos transacionais e de imposto de renda nas realocações por portabilidade faz com que os valores resgatados ao final sejam superiores aos dos FIAs em mais de 10 mil reais. Podemos fazer outros exemplos considerando várias outras modalidades de investimento para períodos de longo prazo (6 anos ou mais) e notaremos que dificilmente os valores resgatados na previdência serão superados. Na prática quanto mais realocações forem feitas ao longo do tempo mais esse efeito se manifestará pois além da não incidência de custos transacionais há o poderoso efeito da rentabilidade no tempo sobre os valores não consumidos com tais custos.

O que podemos concluir?

Para boa parte dos investidores pessoa física que desejam ter uma reserva de longo prazo os PGBLs e VGBLs individuais são as melhores opções. A simplicidade dos produtos, a liquidez que inspira disciplina com foco no futuro, bem como a característica de portabilidade sem custos transacionais somada às características tributárias específicas da previdência aberta, criam condições superiores para aproveitar as melhores oportunidades de investimento.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

As informações contidas nessa mensagem têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Corretora de Seguros Ltda. e qualquer outra empresa do grupo XP se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. Leia o prospecto, o formulário de informações complementares, lâmina de informações essenciais e o regulamento, quando aplicável, do fundo antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. Fundos de investimentos não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor De Créditos – FGC. Este fundo tem menos de 12 (doze) meses. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. As informações presentes neste material técnico são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Descrição do tipo ANBIMA disponível no formulário de informações complementares. Os produtos de seguros e previdência do grupo XP são comercializados pela XP Corretora De Seguros Ltda., com código SUSEP n° 10062846-8 e inscrita no CNPJ sob o n° 10.558.797/0001-09 (“XP SEGUROS”). Todos os produtos distribuídos pela XP Seguros proveem de seguradoras registradas na SUSEP. O segurado poderá consultar a situação cadastral desta corretora pelo site www.susep.gov.br, por meio do número de registro na SUSEP, razão social ou CNPJ. Os recursos dos planos de previdência são aplicados em fundos de investimento que não possuem garantia de rentabilidade podendo, inclusive, ter rentabilidade negativa. O registro do plano na SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização esta instituição é aderente ao código ANBIMA de regulação e melhores práticas para atividade de distribuição de produtos de investimento no varejo. Os dados mencionados neste material foram extraídos de fonte externa e podem apresentar distorções, não se comprometendo a XP Seguros. Com a veracidade dessas informações. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações aqui veiculadas. O presente material não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Seguros. Para informações, ligue para 4003-3710 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-880-3710 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4935-2701. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800 722 3710. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades).

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.