XP Expert

Youtube alcança 1,5 bilhão de usuários ativos mensalmente no Shorts – 🌎Radar Global

Paypal avança no segmento de "compre agora e pague depois", Youtube Shorts vs. TikTok e JD.com decepciona em vendas.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem positivas (EUA +1,8% e Europa +1,1%) refletindo um tom mais otimista dos investidores após feriado nos EUA nesta segunda-feira. A leve virada de sentimento foi impulsionada pelo comentário do presidente, Joe Biden, reiterando que uma recessão americana não é inevitável. Além disso, o presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, afirmou que, apesar dos riscos, a economia americana deverá continuar em expansão ao longo de 2022. O foco dos investidores agora ficará por conta do pronunciamento do Jerome Powell no senado nesta quarta-feira. Na Europa, Christine Lagarde reforçou os planos do Banco Central Europeu de aumentar as taxas de juros duas vezes durante o verão. Na China, o índice de Hang Seng (+1,9%) encerra em alta pelo terceiro dia consecutivo à medida que as apostas em uma recuperação econômica no segundo semestre, catalisada pelo fim dos lockdowns e estímulos, ganham tração.

Coronavírus: Autoridades de Macau ordenaram o fechamento de um cassino com 700 pessoas dentro nesta terça-feira devido a um surto de infecções da Covid-19 na propriedade, informou a emissora local TDM. O bloqueio ocorre enquanto o governo local realiza testes em massa em sua população de mais de 600 mil habitantes, após o descobrimento de dezenas de casos localmente no fim de semana.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

PayPal foca na expansão do serviço de “compre agora, pague depois”: A companhia de serviços financeiros está ampliando sua gama de serviços na modalidade através da disponibilização de empréstimos para compras maiores. Os consumidores agora poderão financiar compras de US$ 199 a US$ 10.000 por até dois anos, disse o PayPal em comunicado. A taxa de juros anual a ser cobrada neste tipo de transação poderá chegar a 29,99% e, os clientes estarão sujeitos à uma avaliação de crédito previamente. Até o momento o Paypal oferecia apenas a opção do parcelamento de compras em 4 vezes e com um prazo de pagamento de até 6 semanas. A companhia acredita que a nova modalidade de financiamento dará ainda mais tração para esta linha de receita.

“Ficamos muito, muito satisfeitos com o progresso registrado pelo pagamento em 4 vezes, mas também ouvimos com bastante frequência que um tamanho não serve para todos”, disse Greg Lisiewski, vice-presidente de compras e pagamentos do PayPal, em um entrevista. “Há demanda de ambos os lados da rede – particularmente do lado do consumidor – para ter opções adicionais.” O novo produto marca um movimento importante do Paypal para capturar uma parcela da indústria que, segundo analistas, atingirá US$ 100 bilhões em pagamentos por ano até 2025.

Youtube alcança 1,5 bilhão de usuários no Shorts: A rede social afirmou que a sua modalidade de vídeos curtos atingiu 1,5 bilhão de usuários ativos mensalmente. O serviço foi lançado em 2020 para fazer frente à forte ascensão da rival chinesa TikTok e, desde então a Alphabet vem ampliando esforços para catalisar o crescimento desta modalidade em sua plataforma, além de incentivar grandes criadores à produzirem no novo formato. Por outro lado, vale lembrar que apesar do forte crescimento, esta divisão ainda não é tão lucrativa para a empresa quanto a modalidade de vídeos tradicional.

Na última temporada de resultados, a Alphabet acabou registrando uma margem de lucro inferior para o Youtube justamente por conta de uma maior porcentagem de usuários assistindo os vídeos do Short, que ainda não são monetizados de forma eficiente. Segundo a rede social, anúncios serão lançados nos vídeos curtos em um período breve. Ainda assim, mesmo com uma rentabilidade inferior, a nova modalidade mostra que as redes sociais americanas estão conseguindo criar produtos competitivos para rivalizar a forte concorrência chinesa. O Facebook recentemente também reportou que o Reels do Instagram já é responsável por mais de 20% do tempo gasto dos usuários na plataforma. Os dados animadores podem sugerir que estas empresas encontraram um novo nicho de crescimento e pode ser questão de tempo para que consigam tornar o novo negócio lucrativo.

JD.com registra crescimento mais lento de todos os tempos em um dos principais eventos do ano na China: JD.com (BDR: JDCO34)  informou, nesta última segunda-feira, que as as vendas totais da empresa durante o festival 618 aumentaram apenas 10,3% ano contra ano. O evento é um dos maiores festivais de compras da China, no qual as grandes empresas de e-commerce realizam diversas promoções. Embora tenha registrado crescimento, este foi o aumento mais lento para a gigante chinesa e muito abaixo da expansão de 27,7% do volume de vendas em 2021.

Segundo a consultoria Syntun as plataformas e-commerce, incluindo o mercado Tmall do Alibaba (NYSE:BABA, BDR: BABA34), JD.com e Pinduoduo, juntas alcançaram 582,6 bilhões de yuans em vendas este ano no festival, um valor quase estável em comparação com os 578,5 bilhões de yuans do ano passado. Vale lembrar que esses festivais são tradicionalmente populares na China, com muitos compradores concentrando suas compras nestas datas para tirarem proveito dos enormes descontos que as empresas oferecem. Logo, o resultado sugere que o apetite do consumidor na segunda maior economia do mundo foi atingido devido aos lockdowns para conter o avanço da Covid-19.

ANÁLISE

Fonte: Bloomberg

Queda do S&P500 foi potencializada por compressão de múltiplos: O gráfico acima, da Truist, mostra que a queda do S&P500 até agora no ano, foi catalisada principalmente por valuations mais baixos, com o múltiplo P/L recuando cerca de -18,7%. Com a inflação em alta e o Federal Reserve (Fed) comprometido com uma campanha agressiva de alta de juros, o cenário se torna cada vez mais ameaçador para o nível de valuation ações. Por outro lado, os analistas esperam que os lucros das empresas continuem crescendo cerca de +6,8%, de acordo com o gráfico. O Goldman Sachs, pontuou recentemente que as estimativas de LPA para o ano foram revisadas para cima em torno de 2% e que os analistas parecem relutantes em cortar adequadamente as previsões, apesar do alto grau de incerteza em torno das perspectivas econômicas.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.