XP Expert

Walmart no metaverso – 🌎RADAR GLOBAL

Reajuste da Netflix, cortes da Toyota e Walmart no mundo dos NFTs

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem negativos (EUA -1,1% e Europa -1,0%) com o avanço da taxa de juros dos títulos de 10 anos americanos para 1,83%, atingindo seu maior valor dos últimos 2 anos e pressionando, principalmente, as empresas de tecnologia (Nasdaq-100 -1,7%). Investidores agora aguardam a divulgação de novos resultados, ao longo da semana teremos nomes relevantes como Goldman Sachs, Bank of America e Netflix. Até o momento, das 26 companhias do S&P 500 que reportaram seus balanços, cerca de 77% superaram as projeções de lucro, segundo dados da Refinitiv. Na China, o índice CSI 300 (+1,0%) encerrou em alta, ainda reverberando a política monetária mais acomodativa anunciada pelo banco central chinês nesta segunda-feira. Por outro lado, o índice de Hang Seng (-0,4%) acompanhou a queda das empresas de tecnologia com o avanço das taxas de juros americanas. Por fim, o petróleo (+1,8%) amanhece em alta após atingir máxima dos últimos 7 anos, em virtude da escalada das tensões no Oriente Médio entre rebeldes do Yêmen e os Emirados Árabes Unidos.

Coronavírus: O número de casos de Covid-19 aumentou para uma média de 800 mil/dia nos EUA na semana passada, um volume quase 3x superior ao reportado no inverno passado, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Porém, em algumas cidades e estados, os casos parecem ter se estabilizado ou diminuído nos últimos dias, a cidade de Nova Iorque, por exemplo, registrou uma queda de 31% nas contaminações na semana passada.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Netflix (NFLX34) investe em crescimento: A Netflix aumentou os preços mensais de sua plataforma nos Estados Unidos e no Canadá, causando otimismo com suas ações, que por sua vez subiram cerca de +3% após anúncio na última sexta-feira. O custo mensal de seu plano básico subiu de US$8,99 para US$ 9,99 e o premium de US$ 17,99 para US$ 19,99. O aumento de concorrentes no mercado de streaming e o crescimento da produção de conteúdo para sua plataforma foram as justificativas da decisão dadas pela empresa. O plano atual será investir cada vez mais em conteúdo para manter e atrair novos consumidores para fazer frente aos serviços das concorrentes como o Disney+ (DISB34), HBO Max da AT&T (ATTB34) e Prime Vídeo da Amazon (AMZO34).

Analisando a Netflix, a companhia se destaca nos Estados Unidos e Canadá, registrando em setembro de 2021 um total de 74 milhões de clientes na plataforma. O número da região corresponde a quase 44% da sua receita no terceiro trimestre do ano passado, aproximadamente US$ 3,3 bilhões. Em adição, investidores estão acompanhando de perto as movimentações da empresa, uma vez que sua divulgação de resultados ocorrerá ainda nesta semana. Os analistas projetam que a empresa reportará 8,5 milhões de novas assinaturas, acumulando 222 milhões de clientes globalmente.  

Walmart (WALM34) no metaverso: O Walmart planeja criar sua própria criptomoeda e coleção de tokens não fungíveis, os NFTs, iniciando a sua atuação no metaverso. A gigante do varejo norte americano registrou, no mês passado, várias novas marcas no Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos, que sinalizam a intenção da companhia de produzir e vender produtos virtuais, sendo eles eletrônicos, brinquedos, artigos esportivos, entre outros. Em um comunicado, a companhia ainda afirma que está “explorando continuamente como as tecnologias emergentes podem moldar futuras experiências de compras”, demonstrando que o Walmart está disposto a explorar novos mercados e desenvolver uma oferta inovadora aos seus clientes.  

Embora o Walmart já esteja se posicionando para o mercado do metaverso, a empresa não é a única em busca da era virtual. Após a imersão do antigo Facebook, agora Meta (FBOK34), no setor de realidade aumentada, outras marcas como Nike (NIKE34) e Gap (GPSI34), também estão buscando se aventurar na criação. A Nike já apresentou diversos pedidos de marcas registradas, com o objetivo de vender tênis e roupas da marca virtualmente. Além disso, ela se juntou ao Roblox para criar a Nikeland, um mundo totalmente online para seus consumidores interagirem. A Gap também entrou no investimento, iniciando a venda de NFTs de seus moletons, com seus preços variando de US$ 8,30 a US$ 415.

white Toyota crew cab pickup truck on ground

Corte de produção da Toyota: A montadora de veículos japonesa anunciou que irá reduzir sua produção em 20% no próximo mês devido à escassez de semicondutores. Em termos absolutos, a companhia esperava produzir 900 mil unidades em fevereiro e, agora projeta cerca de 700 mil. Apesar do corte, a quantia a ser produzida ainda é superior ao mesmo período do ano passado, quando a montadora atingiu a marca de 668 mil unidades neste mês.

A companhia afirma que problemas persistentes com a cadeia de abastecimento têm causado gargalos em sua produção. O fornecimento de materiais, peças, semicondutores, além de paralisações na produção por conta do avanço dos casos de Covid-19 no sudeste da Ásia são alguns dos fatores. A Toyota deverá começar reduzindo sua produção na fábrica de Tahara, no Japão e posteriormente irá ampliar o corte para outras localizações. Com a nova notícia, a companhia ficará mais distante de atingir sua meta de produção anual de 9 milhões de unidades. Para que isso seja possível, a empresa necessitará produzir em torno de 1 milhão de carros em março.

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Tecnologia vs. mercados globais: O gráfico acima, do Goldman Sachs, mostra que os lucros por ação das empresas do setor de tecnologia apresentam um crescimento superior ao do índice global MSCI World, com essa diferença aumentando nos últimos 5 anos. Como observado no gráfico, desde 1985, as companhias do setor obtiveram um crescimento em torno de 275% em seus LPAs, enquanto o índice global obteve ~150% e, excluindo empresas de tecnologia do mesmo, este valor cai para ~135%. Segundo o banco, apesar do forte crescimento, os valuations destas empresas não estão tão esticados vs. o histórico, e nem perto de bolhas passadas. No agregado, as FAAMGs negociam hoje em um preço/lucro de 29x, sendo este inferior ao múltiplo da bolha da internet em 2000, quando negociaram com um P/L de 55x. A mais esticada seria a Microsoft (MSFT34), que hoje está com um P/L 31x. Vale ressaltar que em 2022, diversas empresas do setor vêm passando por fortes correções nos preços das ações. Estas quedas foram catalisadas pela indicação do Federal Reserve, que poderá aumentar as taxas de juros a partir de março. Empresas de tecnologia tendem a sofrer mais com essa alta, uma vez que, por conterem nomes de crescimento, a maior parte do valor dessas companhias está no futuro. Logo, mesmo que as FAAMGs não estejam negociando a múltiplos altamente elevados, é possível que ocorra algum tipo de contração nestes indicadores em 2022.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.