XP Expert

Veículos elétricos da Sony – 🌎 RADAR GLOBAL

SUV elétrico da Sony, Bitcoin como reserva de valor e Walmart expande serviços de entrega.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem mistos (EUA +0,1% e Europa -0,9%) dando sequência a volatilidade catalisada pela ata do Federal Reserve, sinalizando um possível aumento da taxa de juros americana mais rápida que o esperado e uma eventual redução no seu balanço, o que resultaria em um aperto da política monetária mais estrito que o indicado anteriormente. Na China (-1,0%), o mercado encerrou em campo negativo, acompanhando a turbulência global. O Bitcoin (-1,6%)e o Ethereum (-7,9%) amanhecem em forte queda, seguindo o movimento de risk-off dos investidores globais. Por fim, o título de 10 anos americano amanhece em alta de 3 bps, pressionando ainda mais os mercados internacionais e, principalmente, as empresas de tecnologia Nasdaq 100 (-0,3%).

Coronavírus: A nova variante Ômicron atinge novo recorde e já representa 95% dos casos nos Estados Unidos, enquanto a variante delta, antiga dominante, representa apenas 4,6%, segundo o CDC (centro de controle e prevenção de doenças). A escalada das infecções preocupa, uma vez que no início de dezembro os casos da nova variante representavam apenas 1% das contaminações totais.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Sony é a nova montadora de veículos elétricos: A Sony Group (SNEC34) planeja lançar uma nova empresa, a Sony Mobility, que será focada em mobilidade e terá como objetivo explorar as possibilidades de investimento no mercado de carros elétricos e colocar em prática o uso de inteligência artificial e robótica em seus veículos. A nova montadora deverá iniciar suas operações ainda no primeiro semestre de 2022. A Sony também apresentou seu primeiro protótipo, o SUV Vision S, na conferência CES 2022, de terça-feira, possuindo 40 sensores dentro e fora do carro para o monitoramento efetivo de sua segurança, além de possuir 7 lugares e conexão à rede 5G. 

O presidente da Sony, Kenichiro Yoshida, acredita que com as tecnologias de processamento de imagem, nuvem e 5G, a empresa tende a redefinir mobilidade no setor automobilístico e possuir certa vantagem competitiva. Embora o foco da companhia sempre tenha sido produtos eletrônicos, o presidente acredita que o montante de tecnologias sofisticadas já desenvolvidas pela empresa impulsionarão também o desenvolvimento de software focado em direção autônoma.   

Bitcoin compete com o ouro como “reserva de valor”: O Bitcoin poderá capturar participação de mercado do ouro ao longo dos próximos anos à medida que os ativos digitais passam a ser amplamente adotados, segundo analistas do Goldman Sachs. O banco estima que a capitalização de mercado ajustada ao free float (moedas em circulação) do Bitcoin seja de pouco menos de US$ 700bi. Este valor representaria 20% do mercado de “reserva de valor”, considerando a soma da capitalização de mercado do ouro, de US$ 2,16tri, utilizado para investimentos com a capitalização do Bitcoin citada anteriormente.

Zach Pandl, co-chefe de estratégia global de FX e EM do Goldman, afirmou que um cenário hipotético em que a participação do Bitcoin no mercado de reserva de valor aumentasse para 50% nos próximos cinco anos, seu preço aumentaria para pouco mais de US$ 100mil, com um retorno anualizado composto de 17% ou 18%. Pandl também complementou que o Bitcoin pode ter aplicações além de simplesmente uma“ reserva de valor ”, mas que comparar sua capitalização de mercado com a do ouro pode ajudar a estabelecer parâmetros uma perspectiva da possível apreciação do ativo no futuro. Os defensores da criptomoeda afirmam que o Bitcoin, assim como o ouro, serve como proteção contra as o abuso de políticas monetárias e fiscais dos bancos centrais sobre as moedas tradicionais. E as críticas feitas ao ouro tendem a se aplicar também ao ativo: ela não paga juros ou dividendos e não imita o desempenho de ativos mais tradicionais.

Walmart expande suas modalidades de entrega (WALM34): A gigante varejista anunciou, nesta quarta-feira, que deverá quadruplicar a capacidade de seu serviço de entrega InHome, aumentando sua disponibilidade de 6 milhões para 30 milhões de residências. Este serviço permite que os funcionários, utilizando câmeras de monitoramento para fins de segurança e rastreamento, entrem na casa dos clientes para entregar mantimentos e outras compras, mesmo que o cliente não esteja presente. Para viabilizar essa expansão, a empresa vai contratar um volume superior a 3.000 funcionários.

O Walmart é a maior rede varejista em receita dos Estados Unidos, e utilizou-se da nova categoria de entregas para impulsionar não só as vendas de produtos alimentícios, mas também de roupas, eletrônicos e outros produtos oferecidos nos supermercados. O novo serviço custará cerca de US$ 19,95, levemente mais caro que o Walmart+ e o Amazon Prime, seus rivais diretos no setor de entregas. Atualmente há uma forte tendência e demanda pela modalidade de entregas “sob demanda” e a Insider Intelligence estima que o mercado de entrega de alimentos é de US$ 93 bilhões, e o de comércio rápido é de US$ 25 bilhões em vendas, segundo a Coresight Research, representando uma oportunidade bilionária para a companhia.

ANÁLISE

Fonte: J.P Morgan

Inflação nos Estados Unidos deverá atingir o pico no primeiro semestre de 2022: O gráfico acima, do JP Morgan, ilustra o possível pico da inflação que deverá ocorrer no primeiro semestre de 2022, além de exibir a forte correlação da inflação americana com o petróleo. Economistas do banco apontam que a inflação deverá continuar elevada, mas os fatores que corroboram para o seu aumento vem perdendo força e o CPI (medida de inflação ao consumidor americano) deverá desacelerar no primeiro semestre deste ano. Mesmo com o mercado projetando um aumento no preço do barril de petróleo para cerca de US$ 100 devido a maior demanda das usinas de energia na Europa e na Ásia por conta da escassez de carvão e gás natural, o banco afirma que o CPI cairá para aproximadamente 3% até o final de 2022.

A tese de desaceleração da inflação ocorre porque apesar da alta prevista para o petróleo, a alta de preços no país foi impulsionada principalmente pela recuperação dos valores de estadias em hotéis, roupas e aluguéis de carros. Além disso, a alta no preço de veículos, principalmente os usados, foi responsável por um terço do aumento do CPI durante o terceiro trimestre no ano passado. Isso pode ser explicado em grande parte pela escassez de semicondutores que limitou a produção de carros novos, e fez com que a demanda por veículos usados aumentasse. Em 2022, no entanto, a inflação ainda deve permanecer pressionada por problemas na cadeia de suprimentos e falta de semicondutores, mas este cenário deve melhorar gradualmente, ao passo que a situação já não é considerada mais tão grave quanto a apresentada durante o ano anterior.

Além disso, a ata do Federal Reserve publicada nesta quarta-feira, sinalizou que o banco central americano está preparado para apertar sua política monetária, o que irá contribuir para o controle da inflação no país.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.