XP Expert

Samsung otimista com resultados – RADAR GLOBAL

Projeções da Samsung, performances do Google e Microsoft, incêndio na ASML.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem mistos (EUA 0% e Europa -0,1%) enquanto investidores aguardam novos dados sobre a inflação americana a serem divulgados a partir desta quarta-feira. Ainda nos EUA, a temporada de resultados começará oficialmente nesta sexta-feira com J.P. Morgan, Citigroup e Wells Fargo reportando os seus balanços. Na Europa, o destaque fica por conta da divulgação dos dados sobre o desemprego na zona do euro. Na China, o índice de Hang Seng (+1,1%) fecha em alta pelo terceiro dia consecutivo, impulsionado pelos valuations atrativos das empresas de tecnologia, Alibaba (+2,5%) e Tencent (+2,5%). No campo das commodities, ambos o petróleo (+0,2%) e o gás natural (+5,4%) estendem seus ganhos. Por fim, a taxa de juros do título de 10 anos americano amanhece em alta de 1,1 bps após encerrar a semana anterior no seu patamar mais alto desde janeiro de 2020.

Coronavírus: A variante Ômicron, além de afetar as empresas aéreas, agora começa a prejudicar as operações do varejo americano em função da sua rápida disseminação. O número crescente de funcionários doentes tem afetado as grandes varejistas, como Macy’s, Starbucks e Chipotle que reduziram seus horários de funcionamento e até mesmo fecharam algumas unidades até o final do mês.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Demanda por semicondutores segue em alta: A Samsung projeta que seu lucro operacional do quarto trimestre irá aumentar em 52% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado foi impulsionado principalmente pela alta demanda por chips de memória e contratos de fornecimento mais rentáveis. Apesar do forte crescimento, a empresa de smartphones espera ter um total de US$ 11,4 bilhões de lucro para o trimestre que se encerrou no dia 31 de dezembro, sendo um este resultado abaixo das expectativas do mercado, que foi justificado por bônus anual pagos aos funcionários. Outro ponto a se destacar, foram as US$ 64,5bi em vendas registradas pela companhia, um salto de 24% ano contra ano.  

A fabricante de dispositivos obteve forte expansão em seu faturamento à medida que o período pandêmico estimulou a necessidade da população por dispositivos que necessitam de semicondutores, como smartphones e computadores e, catalisou um choque de oferta com as restrições de atividade globais para conter o ritmo de contaminações. Por isso, a indústria encontra-se aquecida e a Samsung pretende investir mais de US$205 bilhões nos próximos três anos para aumentar a sua capacidade produtiva, priorizando seu segmento de fabricação de chips.

Microsoft e Alphabet registram a pior semana desde o início da pandemia: As ações da Microsoft (MSFT34) e a Alphabet (GOGL34) continuam sofrendo com a venda generalizada das ações de tecnologia. As ações da Microsoft caíram cerca de 1%. nessa sexta-feira, resultando em seu sétimo pregão negativo consecutivo, a sequência mais longa já registrada desde agosto de 2017. A empresa acumulou cerca de 7% de baixa na semana anterior, ocasionando também a sua maior queda semanal desde março de 2020.  A Alphabet, controladora do Google, caiu 1,2% na sexta-feira em seu quarto pregão negativo consecutivo. A ação caiu cerca de 6% esta semana, também sofrendo sua pior baixa semanal desde março de 2020.

O declínio destes ativos ocorreu em meio a uma alta das taxas dos títulos de dívida americanos, que foram impulsionadas por conta da postura mais contracionista dos integrantes do Federal Reserve, o que pressionou nomes de empresa de alto crescimento. O rendimento dos títulos de 10 anos subiu para cerca de 1,77% na sexta-feira, seu maior valor desde janeiro de 2020. Além disso, as negociações de sexta-feira também foram afetadas pelo último relatório de empregos dos Estados Unidos, que mostrou uma queda na taxa de desemprego e um aumento nos salários, indicando que o mercado de trabalho americano está apertado, o que pode dar suporte para uma retirada de estímulos mais acelerada por parte do banco central. Para a Microsoft e a Alphabet, o início turbulento de 2022 ocorre depois de um ano em que as duas empresas tiveram um desempenho muito forte. A Alphabet ganhou 65% ao longo de 2021, superando o retorno de 27% do índice Nasdaq 100. A Microsoft subiu mais de 50% no ano passado, seu décimo ano consecutivo positivo, bem como seu nono ano consecutivo com uma performance de dois dígitos.

Incêndio na ASML pode prejudicar produção: A ASML Holding sofreu com um incêndio em sua fábrica em Berlim e teve a sua produção prejudicada ao passo que algumas de suas principais máquinas foram danificadas. A companhia realiza a fabricação de máquinas litográficas ultravioleta, que realizam o desenvolvimento dos chips mais avançados e eficientes da indústria. A empresa é a única fornecedora de máquinas EUV para o mercado de semicondutores, tendo como principais clientes as gigantes do setor, Taiwan Semiconductor e Samsung. 

No comunicado desta sexta-feira, a companhia afirmou ainda estar no plano de recuperação para a área de produção, buscando minimizar os impactos aos clientes EUV, no campo produtivo. Os analistas do Citigroup Global Markets afirmam que poderá haver uma queda de até 1% do EBIT, caso a ASML não entregue um dos 55 sistemas EUV planejados, mas que esta queda poderia ser recompensada em 2023 em virtude da alta demanda pelo seu maquinário. Além disso, se a ASML reduzir suas entregas em torno de 10%, o fornecimento global de ferramentas de litografia seria reduzido em 8,4%, já que a companhia detém 84% de participação no mercado. Dessa forma, o acidente poderia estender a escassez global de fornecimento de chips, afirma o analista Masahiro Wakasugu, da Bloomberg.  

ANÁLISE

Fonte: Goldman Sachs

Pesquisa do Goldman Sachs mostra perspectiva forte para o setor de energia tradicional: O gráfico acima apresenta os dados da pesquisa conduzida pelo banco e, indicou uma forte perspectiva de alta para energia tradicional em 2022, podendo ser o seu maior aumento dos últimos 6 anos. A pesquisa contou com mais de 200 participantes, que demonstraram otimismo com o XLE (Um ETF composto pelas principais empresas de óleo e gás, equipamentos e serviços de energia) para 2022, com 73% dos entrevistados esperando um desempenho superior ao SPX (S&P 500, principal índice do mercado americano). Além disso, os participantes indicaram um sentimento menos favorável em relação ao ICLN (ETF representativo das empresas de energia limpa), apenas 36% dos votos apostaram em um desempenho para o índice acima do mercado em 2022. A pesquisa também indicou que 73% dos entrevistam acreditam numa performance superior do XLE frente ao ICLN, sugerindo uma reversão de tendência dos últimos anos.

Mas qual o motivo desse otimismo? O XLE permanece subvalorizado em relação ao S&P 500 com base nos preços atuais do petróleo. O dividend yeld de cerca de 3,9% do ETF é altamente atraente no momento e os pagamentos provavelmente continuarão a aumentar no longo prazo, em linha com os preços do petróleo, já que 82% dos participantes esperam que o preço do barril permaneça na faixa de US$ 75-95, enquanto alguns analistas do mercado já estimam que o preço do barril irá ultrapassar US$ 100 ao longo de 2022. Entre os riscos para o setor estão eventuais restrições causadas pela pandemia de coronavírus e uma demanda menor do que a esperada pelo mercado.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.