XP Expert

🌎RADAR GLOBAL: Twitch hackeado

Google busca startups, novos serviços do Uber e vazamento do Twitch

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem positivas (EUA +0,7% e Europa +1,1%) após acordo para a suspensão temporária do teto da dívida americana, diminuindo o risco de um já improvável calote do país em suas dívidas. Na Europa, o sentimento melhora e mercados são impulsionados pela oferta da Rússia para o aumento do fornecimento de gás natural e a afirmação do Banco Central Europeu (ECB) pontuando que investidores não deverão esperar por uma elevação prematura das taxas de juros. O petróleo (-1,5%) sofre queda em consequência do inesperado aumento no inventário americano (+2,3 milhões vs. -418 mil das expectativas) na semana passada.

Coronavírus: O número de novas infecções por COVID-19 vem caindo no último mês nas Américas, embora apenas 37% das pessoas na América Latina e no Caribe estejam totalmente vacinadas, conforme a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). A instituição tem feito esforços para acelerar a vacinação na região, entregando doses por meio do COVAX – o programa da OMS de distribuição de vacinas para países subdesenvolvidos. Na semana passada, 875 mil doses de vacinas chegaram a países da América Latina e Caribe.

EMPRESAS

Problemas de segurança cibernética: O Twitch, rede social focada em gamers adquirida pela Amazon (AMZO34) em 2014 por US$ 1bi, sofreu vazamento de dados e informações em consequência de um ataque realizado por hackers. Ainda não se sabe ao certo se informações sensíveis como senhas, e-mails, dados bancários foram roubados e, até o momento, apenas dados sobre os pagamentos que a plataforma realiza aos produtores de conteúdos foram confirmados. Este episódio não foi o primeiro a ocorrer com a companhia, em 2015 a Twitch também sofreu um ataque que resultou no vazamento de dados sensíveis de múltiplos usuários.

Aumento no número de casos: De acordo com a empresa de segurança cibernética Check Point Software Technologies, os ataques cibernéticos ao redor do mundo aumentaram 40% neste ano vs. os primeiros 10 meses de 2020. Com a digitalização das empresas, acelerada pela pandemia, criou-se uma demanda cada vez maior por mecanismos de proteção contra ataques cibernéticos. Empresas como Google (GOGL34) e Microsoft (MSFT34) já anunciaram investimentos de US$ 10bi e US$ 20bi, respectivamente, nesta indústria ao longo dos próximos 5 anos. Com toda esta movimentação, o setor deverá passar por um forte crescimento em um futuro próximo.

Agendamentos do Uber: Uber (U1BE34) lança nova funcionalidade do aplicativo para tornar as viagens aéreas mais descomplicadas, tais como, 1) a possibilidade de reservar viagens em aeroportos, 2) solicitar uma viagem assim que pousar e 3) pedir comida com antecedência em restaurantes do aeroporto para coleta. O Uber Reserve at Airports permitirá que os usuários dos 20 principais aeroportos dos EUA reservem uma viagem com até 30 dias de antecedência. Como parte do lançamento de um novo recurso, o Uber também está oferecendo o serviço “Ready When You Are”, que fica entre um pedido de carona sob demanda e uma reserva antecipada, sem aumento da tarifa.

Mudança de estratégia: Essa mudança demonstra como o Uber está usando o reconhecimento de sua marca para se distanciar do serviço sob demanda e se direcionar para os serviços de reserva mais tradicionais. O anúncio ocorre em um momento em que o Uber está trabalhando para aumentar as receitas após grandes perdas no último trimestre (-US$ 509 milhões). Com as viagens aéreas lentamente subindo em direção aos níveis pré-pandêmicos de 2019, a empresa busca oferecer uma experiência mais rica aos passageiros.

Google em terras estrangeiras: O Google (GOGL34) anunciou seus planos nessa semana de injetar US$ 1 bilhão nos próximos 5 anos em iniciativas de tecnologia na África. Em startups, a companhia planeja investir até US$ 50 milhões por meio de seu Fundo de Investimento na África, aumentando os esforços para apoiar mais empresas no continente. Assim, o Google irá adquirir participações em pequenas empresas com alto potencial de crescimento numa região ainda pouco desenvolvida. A companhia não mencionou quando irá iniciar os investimentos, mas espera divulgar novas informações “em breve“.

Embora a África já possua países que se destacam em termos de atividade de startup e capital de risco (África do Sul e Egito), o projeto acelerador do Google também aceitará inscrições de startups em países menos relevantes, como Argélia, Costa do Marfim, Etiópia, Gana, Marrocos, etc. Nas palavras do diretor do Google: “Não estamos nos restringindo a determinados setores. Estamos nos concentrando em investimentos onde acreditamos que o Google pode agregar valor e se houver fundadores construindo produtos interessantes e resolvendo desafios reais na África, isso se encaixaria perfeitamente em nossa tese de investimento.”

ANÁLISE

Fonte: MS Research

Novo normal? De acordo com o gráfico acima, do Morgan Stanley, 50% das companhias possuem planos para o retorno de seus funcionários aos escritórios, mesmo que de forma híbrida, até o final de 2021. De acordo com o banco, este número sofreu uma leve queda desde a pesquisa prévia realizada em maio devido ao aumento de casos de COVID-19 globalmente. Antes, 61% das empresas reportaram planos de retorno. Ainda assim, o levantamento revelou que 82% de todas as empresas participantes já possuem planos definidos para uma estrutura de trabalho presencial ou híbrido, sugerindo que o trabalho 100% remoto deverá perder força.  

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.